- •

Ana Rita Silva, Dra.

Consultas específicas nas seguintes áreas:

Aconselhamento Psicológico (Adultos)

Consulta de aconselhamento psicológico a adultos em sofrimento psicológico de vária ordem, através de intervenções cognitivo-comportamentais.

Consulta de Psicologia Sénior (+ de 60 anos)

Consulta para questões associadas ao processo de envelhecimento e que podem gerar sofrimento psicológico, ex: luto; reforma; doenças; perda de capacidades e/ou ocupação. Intervenção no sentido de melhorar o bem -estar psicológico.

Consulta de Apoio ao Cuidador

Consulta destinada a cuidadores de pessoas com doenças incapacitantes (ex: demências, acidente vascular cerebral, traumatismo crânio encefálico), no sentido de promover comportamentos que aliviem a sobrecarga associada ao cuidado, através de psicoeducação, aconselhamento psicológico e articulação com estruturas de apoio na comunidade.

Consulta de Adaptação à Reforma

Consulta destinada a pessoas que estão na pré-reforma ou recém-reformados, no sentido de auxiliar a definição de um projeto de vida pós-reforma, promovendo o sentido de integridade e valorização pessoal e social.

Avaliação Neuropsicológica (para suporte a diagnóstico médico e/ou validação para processos de reforma)

Consulta de avaliação, que pode ter uma ou duas sessões, no sentido de examinar o funcionamento neurocognitivo e dar pistas para auxiliar o diagnóstico médico, bem como informar em relatório para processos de reforma ou de atribuição de incapacidade. Avaliação igualmente necessária para definição de protocolos de reabilitação cognitiva ou treino cognitivo.

Reabilitação cognitiva (Adultos)

Após avaliação, esta valência consiste num conjunto de 5 sessões de reabilitação com recurso ao computador e a tarefas de papel e lápis com vista a otimizar o funcionamento cognitivo que tenha sido avaliado como estando deteriorado, mas com potencial de recuperação.

Treino Cognitivo (Idosos)

Após avaliação, esta valência consiste num conjunto de 5 sessões de treino, que pode incluir o ensino de estratégias compensatórias (utilização de agendas, calendários, etc) e/ou o treino através do computador ou de tarefas de papel e lápis, com a finalidade de melhorar o funcionamento da memória e da atenção, melhorando o funcionamento diário do idoso.

Especialidades:

Unidades onde está disponível: