Artigos •

Sara Ramos, Dra.

- Reconstrução Mamária

– Contorno Corporal (abdominoplastia, mamoplastia de redução/mamoplastia de aumento)

– Cirurgia Reconstrutiva da Mão e Membro Inferior

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Ana Rita Silva, Dra.

Consultas específicas nas seguintes áreas:

Aconselhamento Psicológico (Adultos)

Consulta de aconselhamento psicológico a adultos em sofrimento psicológico de vária ordem, através de intervenções cognitivo-comportamentais.

Consulta de Psicologia Sénior (+ de 60 anos)

Consulta para questões associadas ao processo de envelhecimento e que podem gerar sofrimento psicológico, ex: luto; reforma; doenças; perda de capacidades e/ou ocupação. Intervenção no sentido de melhorar o bem -estar psicológico.

Consulta de Apoio ao Cuidador

Consulta destinada a cuidadores de pessoas com doenças incapacitantes (ex: demências, acidente vascular cerebral, traumatismo crânio encefálico), no sentido de promover comportamentos que aliviem a sobrecarga associada ao cuidado, através de psicoeducação, aconselhamento psicológico e articulação com estruturas de apoio na comunidade.

Consulta de Adaptação à Reforma

Consulta destinada a pessoas que estão na pré-reforma ou recém-reformados, no sentido de auxiliar a definição de um projeto de vida pós-reforma, promovendo o sentido de integridade e valorização pessoal e social.

Avaliação Neuropsicológica (para suporte a diagnóstico médico e/ou validação para processos de reforma)

Consulta de avaliação, que pode ter uma ou duas sessões, no sentido de examinar o funcionamento neurocognitivo e dar pistas para auxiliar o diagnóstico médico, bem como informar em relatório para processos de reforma ou de atribuição de incapacidade. Avaliação igualmente necessária para definição de protocolos de reabilitação cognitiva ou treino cognitivo.

Reabilitação cognitiva (Adultos)

Após avaliação, esta valência consiste num conjunto de 5 sessões de reabilitação com recurso ao computador e a tarefas de papel e lápis com vista a otimizar o funcionamento cognitivo que tenha sido avaliado como estando deteriorado, mas com potencial de recuperação.

Treino Cognitivo (Idosos)

Após avaliação, esta valência consiste num conjunto de 5 sessões de treino, que pode incluir o ensino de estratégias compensatórias (utilização de agendas, calendários, etc) e/ou o treino através do computador ou de tarefas de papel e lápis, com a finalidade de melhorar o funcionamento da memória e da atenção, melhorando o funcionamento diário do idoso.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Gina Rubino, Drª.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Reabilitação Vestibular

- Optocinéticos

– Cadeira Rotatória

– Treino em Plataforma

– Treino Personalizado

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Potenciais Evocados Auditivos

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Otoemissões Acústicas

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Posturografia Dinâmica Computorizada

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Videonistagmografia

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Avaliação do ganho de prótese auditiva

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Diamantino Santos, Dr.

Terapia Familiar

A terapia familiar é um método clinico que aborda a família enquanto contexto fundamental do ciclo de vida humano. A família constitui o contexto onde inicialmente aprendemos a dar sentido e significado às nossas experiências, mas é também o contexto onde damos mais valor ao sentimento de pertença e de segurança. Por este facto, qualquer perturbação na dinâmica das relações familiares tem consequências nas múltiplas dimensões da vida dos seus elementos.

Em função da sua relevância no desenvolvimento humano, a família pode constituir um contexto fundamental de afeto, suporte e de transformação, como um contexto de sofrimento pessoal, génese de sintomas e perturbações.

Analisar as dinâmicas e trabalhar a qualidade das relações familiares, a forma de abordar os obstáculos que se colocam às famílias nas diferentes fases do seu desenvolvimento/ciclo de vida, desenvolver o potencial individual e familiar, são os objectivos primordiais da terapia familiar.

 

Terapia de Casal

A terapia de casal é o método clinico que avalia e intervém nas dificuldades da conjugalidade. Uma relação a dois constitui um desafio múltiplo, cuja exigência relacional impõe uma comunicação franca, clara, aberta, uma enorme capacidade de respeito e de negociação entre os parceiros, numa base de imprescindível afeto.

Trabalhar estes aspetos, redescobrindo como conjugar a qualidade da vida afetiva, os objetivos individuais e comuns nas diferentes dimensões da vida conjugal, deve possibilitar ao casal organizar e tomar decisões refletidas e sentidas acerca da vida em conjunto.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Filipa Nunes, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Nuno Oliveira, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Atividades Aquáticas para Bebés e Crianças

Escola de Atividades Aquáticas para Bebés/Crianças dos 6 meses aos 7
anos todos os sábados a partir de Setembro

VENHA EXPERIMENTAR!

1ª AULA GRÁTIS!

Atividade Aquáticas bebés

Video Head Impulse Test – VHIT

Novo Exame da área da vertigem.

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Neuropediatria

Corpo Clínico:

Unidades onde está disponível:

Nuno Lobo Antunes, Dr. Prof.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Pedopsiquiatria

Corpo Clínico:

Unidades onde está disponível:

Graça Milheiro,Dra

Especialidade
Psiquiatria da Infância e da adolescência

Grau Académico
Licenciada em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra (1990-1996)
Grau de Especialista em Psiquiatria da Infância e da Adolescência pelo Hospital Pediátrico de Coimbra (2000-2006)

Formações Diferenciadas
Formação e Supervisão em Terapia Familiar e Sistémica (2000-2003)
Pós Graduação em Psicoterapia Cognitivo Comportamental em Crianças e Adolescentes (2015-2016)

Carreira e Funções Profissionais
Assistente Hospitalar de Pedopsiquiatria no Centro Hospitalar de Leiria (2006 – 2015)
Assistente Hospitalar Graduada de Pedopsiquiatria no Centro Hospitalar de Leiria desde 2016
Coordenadora da Unidade de Pedopsiquiatria do Centro Hospitalar de Leiria desde 2006
Membro da Direcção da APPIA (Associação Portuguesa de Psiquiatria da Infância e da Adolescência) desde 2014.

Áreas de Intervenção
Perturbações emocionais e comportamentais na Infância e na Adolescência

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Endoscopia Digestiva Alta com Anestesia

PREPARAÇÃO

Deve fazer jejum de, pelo menos, 6 horas (sem comer nem beber);

Pode tomar a sua medicação habitual (exceto Antidiabéticos Orais) com um gole de água;

Se tiver exames anteriores deve trazê-los consigo;

Traga a medicação que se encontra a tomar;

Traga a prescrição do exame;

Deve fazer-se acompanhar pelos seguintes exames:
– Análises (hemograma, plaquetas, protrombinémia)
– Eletrocardiograma
(Estes exames têm 6 meses de validade)

Terá necessidade de permanecer algum tempo na unidade de recobro (+/- 30 minutos) até que lhe seja dada alta clínica;

Deve vir acompanhado e não poderá conduzir após a realização do exame.

Se toma anticoagulantes ou antiagregantes plaquetares deve consultar o anexo “Medicamentos”.

SE FOR DIABÉTICO

Deve controlar a glicemia e saber ajustar a insulina;

Pode fazer insulina de ação lenta na véspera do exame à noite;

Na manhã do exame NÃO deve tomar insulina ou antidiabéticos orais;

No período de jejum se tiver valores de glicemia baixos deve colocar açúcar debaixo da língua ou chupar um rebuçado.

Em caso de dúvida, consulte o seu médico assistente.

Em caso de dúvida, contacte-nos através de 962 045 066

>Clique aqui para download e impressão do documento.

Unidades onde está disponível:

Rectosigmoidoscopia

A retosigmoidoscopia consiste na introdução do colonoscópio de forma a observar o seu reto e ampola retal, podendo progredir até ao cólon sigmoide.

Este exame permite ainda a observação e eliminação de algumas lesões, tal como pólipos.

Assim, é fundamental a limpeza adequado desta área do intestino.

Adquira, para esta preparação, ENEMA FLEET® ou CLYSS GO®

Deverá fazer o enema escolhido de acordo com as instruções do folheto informativo.

Regra geral, deve:
1. inserir o aplicador no reto;

2. comprimir a embalagem;

3. conter a solução durante cerca de 20 minutos;

4. eliminar as fezes no WC.

Esta preparação deverá ser feita 20 a 30 minutos antes do exame.

Em caso de dúvida, contacte-nos através de 962 045 066

Unidades onde está disponível:

Assembleias Gerais

Assembleia Extraordinária de 24/08/2016

Informações Preparatória da Assembleia Extraordinária de 24/08/2016

Assembleia Extraordinária de 31/10/2016

Informações Preparatória da Assembleia Extraordinária de 31/10/2016

Relatório de Contas 2015

Anexos Relatório de Contas 2015

CENTRO DE DESENVOLVIMENTO

O Centro Hospitalar de São Francisco tem um Novo Centro de Desenvolvimento.

Tem ao seu dispor uma equipa multidisciplinar especialista na área do desenvolvimento infantil.

A criação deste Centro de Desenvolvimento vem trazer à região uma maior oferta nas especialidades de Neuropediatria (consulta assegurada pelo Dr. Nuno Lobo Antunes nas primeiras quartas-feiras de cada mês), Pediatria Geral, Pediatria do Desenvolvimento, Pedopsiquiatria, Psicologia do Desenvolvimento, Terapia da Fala, Terapia Ocupacional, Fisioterapia Infantil, Nutrição Infantil e Educação Especial.

A este Centro juntou-se à equipa na especialidade de Pedopsiquiatria a Drª Graça Milheiro com intervenção na àrea de perturbações emocionais e comportamentais na Infância e na Adolescência.

Para mais informações contactar: 244 819 300 ou pediatria@chsf.pt

Equipa de Vertigem e Perturbação do Equilíbrio do CHSF Leiria premiada

A equipa de Vertigem e Perturbação do Equilíbrio do CHSF Leiria, nomeadamente as Audiologistas Tânia Couceiro e Marta Branco e a médica ORL Sandra Costa, foi distinguida com o Prémio de Melhor Poster Científico, na Reunião Anual da Associação Portuguesa de Otoneurologia 2016, que decorreu no Luso nos dias 27 e 28 de Maio. Este evento de relevo na área contou com a presença de prestigiados profissionais nacionais e internacionais.

A investigação científica apresentada, com o tema “Vertigem e Desequilíbrio após Traumatismo Crânio-Encefálico”, foi motivada pelo aumento do número de acidentes rodoviários e /ou de trabalho, bem como dos feridos associados, sendo considerado um problema de saúde pública com grande impacto socioeconómico. Na maioria destes acidentes resultam Traumatismos Crânio-Encefálicos estando associadas queixas de vertigem e/ou desequilíbrio com frequência. Neste estudo foi possível constatar a existência de alterações vestibulares e/ou de equilíbrio na maioria dos doentes, justificando assim os sintomas referidos.

Este prémio vem reconhecer o trabalho de qualidade e rigor clínico praticado neste serviço, enaltecendo o empenho dos profissionais envolvidos.

Consulta de Oclusão – ALCOBAÇA

Já existe consulta de Oclusão na unidade de Alcobaça a nível Particular, consulta efectuada pelo Dr. Joaquim Reis.

David Sanz Lopez, Dr.

Untitled

Dedica-se à cirurgia maxilo facial estética-funcional da face ( Cirurgia Ortognática, rinoplastia), e medicina estética facial. Abordagem da articulação temporo-mandibular.
Mantém atividade em Cirurgia Maxilo-Facial geral: Glândulas salivares, Traumatologia cervico-facial , medicina e cirurgia oral.
Licenciado em Medicina pela-Universidad Rovira i Virgili – Espanha em 2005
Especializou se em Cirurgia Maxilo-Facial – no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) – 2014
Assistente de Cirurgia Maxilofacial – Centro Hospitalar e Universitaário de Coimbra
Professor Assistente Convidado da Faculdade Medicina de Coimbra (FMUC).
Fundador e Presidente de SPDOF – Sociedade Portuguesa de Disfunção Temporomandibular e Dor Orofacial.
Membro da European Association for Cranio-Maxilo-Facial Surgery.

Palestrante nacional e internacional nas áreas de Cirurgia Ortognática, estética facial e articulação temporo-mandibular

Conselheiro da Camara de Comércio Europeia no Brasil para asuntos da saúde e da ciência na Europa e África.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

João Oliveira, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Tiago Ribeira, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Pedro Eufrásio, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Gastroenterologia

Corpo Clínico:

Unidades onde está disponível:

Acordos gerais:

Confirme com o nosso call center se:
. o seu sistema de saúde cobre a totalidade desta especialidade ou se existem excepções;
. se o médico pretendido está incluido no acordo;
. se a unidade de saúde onde pretende a consulta ou exame está incluída no acordo.

ORIENTAÇÃO VOCACIONAL

ORIENTAÇÃO VOCACIONAL

Responsável: Dra Sílvia Santos Ruivo

COMO ESCOLHER O MEU FUTURO?

O FUTURO ESCOLAR (CURSOS, DISCIPLINAS)…

O FUTURO PROFISSIONAL (PROFISSÕES)…

Antes de fazer uma escolha é fundamental saber o que se quer e para isso há que recordar e avaliar tudo o que se fez, pensar no que se gosta, no que se sabe fazer bem, no que é importante, no que se aprende com facilidade e nas tarefas que se realizam com entusiasmo”.

(Manual de Exploração Vocacional, ANQ, Maio 2009)

 

Para quem?

  • Adolescentes/jovens estudantes que frequentam o 3º ciclo ou secundário e necessitam de orientação e informação.

O que é?

  • A orientação vocacional é um processo que permite melhorar o conhecimento acerca de si e desenvolver capacidades de tomada de decisão no que ao futuro escolar e profissional diz respeito.

Quem faz?

  • O Programa de Orientação Vocacional do Serviço de Pediatria do CHSF é feito pelas psicólogas da Equipa Multidisciplinar de Desenvolvimento que atua em perturbações do neurodesenvolvimento como: perturbações do espectro do autismo, perturbações da aprendizagem escolar (ex. dislexia), défices intelectuais, perturbações comportamentais (ex. perturbação de hiperatividade/défice de atenção), perturbações da comunicação…

Como?

  • Pode ser feito individualmente ou em grupos de 2 ou 3 estudantes.

O que se faz?

  • Análise do percurso escolar e exploração dos projetos vocacionais do jovem…
  • Exploração de profissões, valores e interesses profissionais…
  • Aplicação de testes psicotécnicos…
  • Exploração do Sistema Educativo e de Formação, cursos, médias, Universidades…
  • Devolução dos resultados e apoio na tomada de decisão.

Importância

Num mundo cada mais competitivo, as decisões vocacionais dos adolescentes têm um impacto crescente na sua vida profissional futura.

  • O sucesso no secundário passa em grande parte pela opção acertada do curso e das disciplinas.
  • O sucesso pessoal e profissional depende muito da profissão que exercemos.

Para mais informações por favor entrar em contacto para 244 819 374.

Sandra Ferreira, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Lorenzo Marconi, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Carlos Bilreiro,Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Estefânia Maia,Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Diana Fernandes, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Joana Saraiva, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Marco Rego, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Bárbara Campos, Dra.

IMG_3744Dedica-se principalmente à cirurgia artroscópica e artroplástica do ombro, nomeadamente no tratamento da coifa dos rotadores, instabilidade do ombro, traumatologia desportiva e no tratamento da artrose do ombro.

Realiza igualmente ecografia diagóstica e terapêutica do ombro em ambiente de consulta

Licenciada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas de Lisboa em 2006.

Especialização em Ortopedia e Traumatologia no Hospital de São Francisco Xavier, CHLO em Lisboa.

Visiting Fellowship em 2012, 2014 em Bordeus, França, no Centre Chirurgicale du Libournais junto do Dr. Thierry Joudet onde se diferenciou na área do ombro.

Presença em vários cursos internacionais da área da cirurgia avançada do ombro.

Coordenadora de tese de mestrado na área de investigação em Biomecânica do ombro.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Mariana Almeida, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Carlos Pina, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

João Paulo Castro e Sousa, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Paulo Castro e Sousa, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

PT – ACS

pt

 

Confirme com o nosso call center se:
. o seu sistema de saúde cobre a totalidade desta especialidade ou se existem excepções;
. se o médico pretendido está incluido no acordo;
. se a unidade de saúde onde pretende a consulta ou exame está incluída no acordo.

Frederico Furriel, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

NOTA INFORMATIVA SOBRE CIRCULAR INFORMATIVA N.º 171/CD/550.20.001 DA INFARMED

Na sequência da circular informativa n.º 171/CD/550.20.001, da INFARMED e das notícias que têm sido trazidas a público pelos meios de comunicação social, referentes a dispositivos médicos da marca SILIMED INDUSTRIA DE IMPLANTES LTDA, o grupo SANFIL MEDICINA informa o seguinte:

  1. Não temos conhecimento de qualquer efeito adverso da utilização de dispositivos médicos da marca SILIMED.
  2. A INFARMED determinou a suspensão da utilização de dispositivos médicos da SILIMED, apenas como medida de precaução, na sequência da suspensão do certificado CE.
  3. Na referida informação da INFARMED não há qualquer indicação para substituição de dispositivos médicos implantados da SILIMED.
  4. Mantemo-nos a acompanhar as informações da INFARMED quanto ao presente assunto e cumpriremos escrupulosamente as suas determinações.

 

MAIS INFORMAÇÕES: LINK Eslováquia mapas de satélite

Filipa Januário, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Carlos Coimbra, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Nádia Moreira, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Marisa Violante, Dra.

Especialidades:

Rita Dória, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Sónia Campos, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Ana Dantas Russo,Dra.

A Dra. Ana Dantas Russo, nova médica na especialidade de Oftalmologia em Leiria e Pombal , tem acordo com vários subsistemas e seguros de saúde, exceto SNS, PT/ACS, ALLIANZ SAÚDE, MEDIS CTT e MULTICARE.

Para mais informações contacte-nos por email ou junto do nosso contact-center

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Novo exame de avaliação do ganho auditivo de prótese (Otorrinolaringologia)

O Centro Hospitalar S. Francisco tem um novo exame na especialidade de Otorrinolaringologia.

O exame de avaliação do ganho auditivo de prótese.

Para mais informações contacte-nos por email ou junto do nosso contact-center

Ana Faustino,Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Abel Nascimento, Dr.

É cirurgião ortopedista dos HUC desde 1984.

Efectuou a residência de Cirurgia da Mão / Microcirurgia / Investigação em Anatomia Cirúrgica e Cirurgia Experimental na Universidade René Descartes, Paris (França), em 1981-82.

Efectuou igualmente a residência de Cirurgia da Mão / Microcirurgia em Londres (Reino Unido), Lausanne (Suiça) e Louisville (Estados Unidos da América), em 1983.

Bolseiro do Governo Francês, da Junta Nacional de Investigação Científica, Fundação Calouste Gulbenkian e Fundação Luso Americana para efectuar a investigação científica em Portugal, França e Estados Unidos da América.

Iniciou e é responsável pela Unidade de Cirurgia da Mão / Microcirurgia dos HUC desde 1984.

Doutorado pela Universidade René Descartes, Paris (França) e Doutoramento Europeu em Ortopedia e Cirurgia Plástica Reconstrutiva em 1994.

Responsável pela Equipa de tratamento de Tetraplégicos dos HUC desde 1997.

Cooperação cirúrgica com Espanha e vários países de expressão portuguesa.

Consultor do Centro de Medicina Física e Reabilitação da Tocha e Centro de Medicina Física e Reabilitação do Alcoitão.

Membro de dezanove sociedades científicas, nacionais e estrangeiras.

Desempenhou os cargos de Secretário, Vice-Presidente e Presidente da Sociedade Portuguesa de Cirurgia da Mão.

Membro Fundador da Sociedade Europeia de Cirurgia da Mão, desempenhou os cargos Delegado à Federação Europeia de Sociedades de Cirurgia da Mão (FESSH) e à Federação Internacional das Sociedades de Cirurgia da Mão (IFSSH).

Membro Fundador do Clube Narakas (Plexo Braquial) e Clube Tubiana (Cirurgia da Mão).

Membro de Júris de graduação hospitalar de Ortopedia em Portugal e Membro do Júri Europeu para obtenção do Diploma de Cirurgia da Mão.

Participou em inúmeros congressos e reuniões científicas, tendo apresentado conferências como convidado e publicado cerca de duzentos trabalhos científicos em Portugal e no estrangeiro.

Membro do Comité Científico da revista francesa “La Main”.

Recebeu vários prémios científicos nacionais e estrangeiros no âmbito da Cirurgia da Mão e Microcirurgia.

Pertence à Equipa de implantação do FreeHand System, tendo aplicado vários sistemas electrónicos, em Portugal e no estrangeiro, para recuperação do membro superior dos tetraplégicos.

Integra igualmente a Equipa europeia de investigação da recuperação da marcha através de sistema electrónico dos paraplégicos (SUAW 2).

Faz parte da rede europeia de Centros de acolhimento e Formação de Fellows de Cirurgia da Mão.

Integra o projecto europeu Leonardo da Vinci – formação para o conhecimento do sistema linfático e tratamento das suas patologias.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Microcirurgia

Sendo considerada uma verdadeira especialidade em vários países do mundo, a Cirurgia da Mão exige uma investigação anatómica, experimental animal, domínio de ortopedia, cirurgia plástica, cirurgia vascular e nervosa. A sua verdadeira dimensão não se delimita pela região anatómica, pois o especialista é chamado a intervir ao nível do membro superior e inferior.

O cirurgião da mão intervém tanto na reparação de uma lesão óssea do carpo como numa reimplantação ou numa reconstrução tumoral, traumática, malformação congénita (ex: transplante do dedo do pé para a mão), cirurgia do plexo braquial ou de qualquer nervo periférico.

Corpo Clínico:

Unidades onde está disponível:

Liliana Eliseu, Dra.

SINOPSE CURRICULAR

Assistente Hospitalar de Gastrenterologia

Áreas de actividade: assistência a doentes internados; consulta de Gastrenterologia Geral; técnicas endoscópicas diagnósticas/terapêuticas; urgência de Gastrenterologia, em regime de presença física e prevenção (abordagem clínica de doentes no serviço de Urgência e realização de técnicas endoscópicas).

Colaboração como revisora do GE – Jornal Português de Gastrenterologia.

Publicações científicas, incluindo 5 artigos em revistas com peer-review. Comunicações em reuniões científicas nacionais e internacionais. Participação em projectos de investigação multicêntricos.

Formadora em diversas acções de formação dirigidas a profissionais de saúde.

Colaboração na formação de internos de Gastrenterologia.

Orientadora de internos de outras especialidades e do Ano Comum do internato médico em estágios opcionais.

Colaboração na formação pré-graduada de alunos dos cursos de Medicina das Universidades de Coimbra e do Algarve.

Membro das Sociedades Portuguesas de Gastrenterologia e Endoscopia Digestiva, da United European Gastroenterology, da World Gastroenterology Organisation, da European Society of Gastrointestinal Endoscopy, da Associação Portuguesa para o Estudo do Fígado, do Grupo de Estudo da Doença Inflamatória Intestinal e do Núcleo de Gastrenterologia dos Hospitais Distritais.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Certificado de Qualidade

O Centro Hospitalar S. Francisco encontra-se certificado pela norma ISO 9001 no Serviço de Internamento e Bloco Operatório.

O CENTRO HOSPITALAR S. FRANCISCO obteve uma estrela em todos os parâmetros avaliados no SINAS 2014

A Entidade Reguladora da Saúde (ERS) classifica os estabelecimentos prestadores de cuidados de saúde através do Sistema Nacional de Avaliação em Saúde (SINAS).

Para receber uma estrela o prestador tem que cumprir com todos os parâmetros de qualidade exigidos.

Na avaliação de 2014, cujos dados foram recentemente divulgados, a Centro Hospitalar S. Francisco obteve uma estrela em todos os parâmetros avaliados:

– Excelência Clínica

– Segurança do Doente

– Adequação e Conforto das Instalações

– Focalização no Utente

– Satisfação do Utente

Este reconhecimento da excelente qualidade da nossa Unidade de Saúde enche-nos de orgulho. É, sem dúvida, o resultado do empenho permanente de todos os profissionais de saúde que aqui trabalham no sentido de prestar um serviço de excelência a todos os níveis.

No futuro, continuaremos, sem hesitações nem desvios, a caminhar no sentido da nossa visão de prestar serviços de Excelência em Medicina.

Só assim continuaremos a ser 5 estrelas.

Sílvia Ruivo, Dra.

Cédula Profissional nº 10372 da Ordem dos Psicólogos Portugueses

Licenciada em Psicologia Aplicada, área Clínica

Pós-Graduada em Avaliação Psicológica Clínica e Forense

Pós-Graduada em Neuropsicologia de Intervenção

Membro da Assembleia de Representantes da Ordem dos Psicólogos Portugueses (Aprovação e Discussão de Planos de Atividades, Regulamentos e Especialidades)

Formadora Certificada pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP).

Experiência Profissional:

– Responsável pela consulta de Psicologia na Junta de Freguesia da Maceira com intervenção na área da Psicologia Comunitária, Avaliação e Aconselhamento individual e Familiar.

– Psicóloga da Liga dos Combatentes – Núcleo de Leiria

– Consultora Técnica do Tribunal de Leiria na área de Psicologia Forense, em processos de Regulação Das Responsabilidades Parentais.

– Prática clínica no acompanhamento psicoterapêutico de crianças, adolescentes e adultos.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Nutrição Clínica

Nutrição Clínica não é apenas o tratamento da obesidade, que é um processo inflamatório com alto grau de risco para situações clínicas graves. Esta é, aliás, uma atividade tanto mais importante quanto a publicidade enganosa, a auto prescrição e as más práticas lhe acentuam a severidade.

Nutrição Clínica é a área da nutrição pela qual são tratadas através da alimentação e vida saudável diversas doenças que acometem o ser humano. Em Nutrição Clínica atua-se também pela mesma forma, nutricional e terapêutica, ao prevenir o aparecimento doutras doenças e no controle de doenças crónicas.

O atendimento de Nutrição Clínica é realizado pelo profissional ao nível ambulatório ou hospitalar. Ao médico graduado em Nutrição Clínica, compete uma maior interação entre o processo nutricional e a avaliação e prescrição clínica.

São diversas as doenças que necessitam de acompanhamento nutricional rigoroso para evolução e melhoria do seu quadro clínico. Dentre elas podemos destacar: todos os graus de obesidade, intolerâncias ao glúten e à lactose, desnutrição, diabetes, hipercolesterolémia e hipertrigliceridémia, fenilcetonúria, cirrose hepática, várias doenças reumáticas, gota, insuficiência renal aguda e crónica, hipertensão arterial, cardiopatias e obstipação crónica, anorexia nervosa e bulimia, entre outras. Também os grandes traumas como queimaduras e cirurgias precisam de atenção nutricional, uma vez que, estes doentes correm o grande risco de apresentarem desnutrição.

No atendimento em Nutrição Clínica o cliente/paciente é examinado individualmente, sendo observada a sua situação fisiopatológica, história clínica pregressa, atual e familiar, estado nutricional, físico e bioquímico (análises quando necessário), podendo assim ser formulado o diagnóstico nutricional e instituídas conduta e terapêutica de raiz nutricional. O atendimento ambulatório em Nutrição Clínica visa ainda o controle de peso e o aconselhamento e educação nutricional para indivíduos sadios ou doentes. A dietoterapia (tratamento através dos alimentos) é a ferramenta mor usada para a recuperação dos clientes/enfermos. Para cada doença existe uma prescrição de dietoterapia específica, cabendo ao profissional em Nutrição Clínica fazer a seleção dos alimentos que comporão a prescrição.

Corpo Clínico:

Unidades onde está disponível:

Novo Médico de Nutrição Clínica

O Centro Hospitalar S. Francisco tem um novo médico de Nutrição Clínica.

O Dr. Henrique Pinto é licenciado em Medicina pela Universidade de Coimbra. Médico, docente universitário, Consultor e Formador Internacional, diplomado em Saúde Pública e especialista desta matéria pela Universidade Nova de Lisboa. Mestre em Saúde Pública por esta Universidade, é demais graduado pela Universidade Nova de Lisboa, Universidad de León (Espanha), London School of Hygene and Tropical Medicine (Inglaterra) e Instituto das Ciências da Saúde. É ainda pós graduado em Nutrição Clínica.

Para mais informações contacte-nos por email ou junto do nosso contact-center

Podologia

Estamos equipados com os mais avançados meios humanos e tecnológicos, proporcionando uma abordagem segura às diversas patologias do pé.

Corpo Clínico:

Unidades onde está disponível:

Jorge Anjos, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Manuel Fonseca, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Cirurgia Vascular

O que é?

A Cirurgia Vascular é a especialidade médica que faz o diagnóstico e tratamento da patologia do sistema vascular que inclui a patologia arterial, venosa e linfática.

Corpo Clínico:

Unidades onde está disponível:

Andreia Antunes, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Luís Teixeira, Dr.

Especialidade consulta coluna.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Henrique Manuel Correia Pinto, Dr.

Henrique Manuel Correia Pinto, de nome clínico Henrique Pinto, filho de Cândido Pinto e de Maria Lopes Correia, tem 64 anos e é natural de Sesimbra (Corredora, Castelo), onde completou a instrução primária e o primeiro ano do então liceu (Colégio Costa Marques). Viveu a adolescência em Cascais estudando na Escola Salesiana de Stº António do Estoril e no Liceu Nacional de Oeiras. É licenciado em Medicina pela Universidade de Coimbra. Médico, docente universitário, Consultor e Formador Internacional, diplomado em Saúde Pública e especialista desta matéria pela Universidade Nova de Lisboa. Mestre em Saúde Pública por esta Universidade, é demais graduado pela Universidade Nova de Lisboa, Universidad de León (Espanha), London School of Hygene and Tropical Medicine (Inglaterra) e Instituto das Ciências da Saúde. É ainda pós graduado em Nutrição Clínica. Em 1979 foi bolseiro da Organização Mundial de Saúde (OMS) em Londres. Tem colaborado profissionalmente com a OMS, o UNICEF e o Centers for Diseases Control and Prevention (EUA) em muitos países à volta do mundo. Desde sempre exerceu Clínica Geral. Tem exercido cumulativamente a Nutrição Clínica. Desenvolve atividade internacional intensa a nível científico e social. Foi pessoalmente distinguido pelo Governo com a Medalha de Mérito Cultural. No ano 2000 foi distinguido pela Ordem dos Médicos. Em 2005 foi distinguido em Chicago, EUA, pelas entidades parceiras da Iniciativa Global da Polio com o International Service Award for a Polio – Free World. Neste mesmo ano a Rádio Central FM distinguiu-o na sua Gala com o troféu Por um Mundo Melhor. Foi homenageado pelo Hospital Central de Brasília (Brasil) pelo envolvimento na Campanha de Correção Cirúrgica de Lábio Leporino em crianças. Para além doutras distinções recebeu a Medalha de Prata da Cidade de Leiria (2010). Presidiu ao Rotary Club de Leiria (1998 – 99). Foi Governador de Rotary International (RI) e Presidente da Assembleia Geral da Fundação Rotária Portuguesa em 2002-03 e desde então Coordenador de RI para vastas zonas do planeta em múltiplas áreas, nomeadamente a Literacia. É Advocacy Advisor for Polio Eradication do Board de RI (2002-16) e como tal tem tido intervenções de aconselhamento em fóruns importantes e no terreno um pouco por todo o mundo. Música e escrita são seus «hobbies», com 9 livros e mais de dois milhares e meio de artigos na imprensa e em revistas científicas, internet, «lectures» de congressos e conferências sobre matérias diversas. Foi Autoridade de Saúde em Leiria. Teve várias funções dirigentes, clínicas e técnicas na Saúde ao nível da administração local, regional e nacional. Como a escrita a música foi desde sempre um dos seus hobbies. Membro do Coral dos Estudantes da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra e seu diretor (1973-76). Foi então membro do Conselho de Administração do Teatro Académico Gil Vicente (Coimbra). Foi primeiro cofundador (pelo Orfeão de Leiria) com o Ministério da Cultura (1993) da Orquestra Filarmonia das Beiras e sempre seu dirigente, incluindo a presidência. Integrou Corpos Sociais de diversas Instituições como o Jornal de Leiria, a ENSEMBLE, Associação de Escolas de Música, a Associação de Escritores e Artistas Médicos da Ordem dos Médicos, a Liga dos Amigos do Hospital de Santo André (Leiria) e o Conselho Geral do Instituto Politécnico de Leiria. Presidente da Direção do Orfeão de Leiria Conservatório de Artes (fundador das Escolas de Música, EMOL, e dança, EDOL, Conservatório Sénior, CSOL, e responsável pela construção do atual Edifício Sede), janeiro de 1983 – Julho de 2013. Presidiu desde a criação ao Executivo do Festival Música em Leiria (fundador) em 31 edições consecutivas.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Anabela Madama, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Consulta de vertigem e equilibrio (Otorrinolaringologia)

A consulta de vertigem e equilibrio é realizada pela Dra. Sandra Costa, médica especialista em Otorrinolaringologia com competências especificas neste campo.

Para mais informações contacte-nos por email ou junto do nosso contact-center.

TAC na Unidade de Pombal convencionado com o SNS

Já está disponível a realização de TAC na unidade de CHSF de Pombal através do Sistema Nacional de Saúde.

 

Outros exames convencionados com o SNS na unidade de Pombal:

Ecocardiografia;

Ecodoppler;

Ecocardiografia;

Ortopantomografia;

Raios X;

Densitometria.

Exames de Otorrinolaringologia em Leiria

Fazemos os seguintes exames:

Videonistagmografia (VNG)

Posturografia Dinâmica Computorizada

Reabilitação Vestibular

Potenciais evocados auditivos

Otoemissões acústicas

Avaliação do ganho auditivo de prótese

Avaliação do ganho de prótese auditiva

Videonistagmografia

Posturografia Dinâmica Computorizada

Otoemissões Acústicas

Potenciais Evocados Auditivos

 

Realizamos também os seguintes exames de audição:

Audiograma tonal Simples

Audiograma Infantil

Audiograma Vocal

Acufenometria

Avaliação de ganho de prótese Auditiva

Timpanograma

Impedancimetria;

Reabilitação Vestibular

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

João Alberto Cardoso, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Arminda Neves, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Sandra Coelho, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Sandra Costa, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Sofia Laranjo, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Marco Bruno Lucas, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Exames Colonoscopia Virtual e TAC Cardíaco

Efectuamos agora na unidade de Leiria os Exames Colonoscopia Virtual e Tac Cardíaco.

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

 

 

Unidades onde está disponível:

Colonoscopia Virtual

Pode realizar este exame na unidade de Leiria.

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

TAC Cardíaco

Pode realizar este exame na unidade de Leiria.

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Miguel Namora, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Nuno Martelo, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Jorge Miguel Araújo, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Carriere Momplé, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Luís Seabra, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Barbara Lemos, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

joão Pedro Marcelino, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Silvio Bollini, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Pedro Monteiro, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

António Campos, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Miguel Pimenta Castro, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Paulo Castro Sousa, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Paulo Silva Guerra, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Carla Gomes, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Dulce Pascoal, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Luís Raposo, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

João Rebelo Almeida, Dr.

Consulte o site www.comi.pt, onde encontra toda a informação sobre o historial e sobre a especialidade.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Maria João Serpa Oliva, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Zita Romão, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Novo horário da urgência pediátrica

O novo horário da urgência pediátrica, passa a ser das 16h até às 21h todos os dias da semana.

Ao sábado é das 09:00 h às 13:00 horas.

Radiologia de lntervenção (Ecografia; TAC)

Pode realizar este exame na unidade de Leiria.

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Rogélio Andrés Luna, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Senologia | Patologia da Mama

 

O que é?

A senologia é a especialidade que estuda e trata as doenças mamárias. Existem diversas doenças que podem afetar a mama, sendo que o cancro é aquela que mais preocupa a mulher uma vez que afeta a uma de cada oito mulheres ao longo da sua vida.

No entanto as doenças benignas devem ser avaliadas corretamente pelo senologista e dessa forma tratadas atempadamente. É importante realçar que, tanto o aparecimento de qualquer alteração da mama encontrada pela mulher (nódulo, dor, corrimento mamilar, alterações da pele ou da forma da mama, alterações no mamilo, etc.) assim como alterações visualizadas nos exames de rastreio (mamografia) devem ser objeto de avaliação pelo senologista que poderá orientar eficazmente a conduta a adotar.

A deteção precoce é a chave para um bom resultado, pois não só permitirá tratar eficazmente a doença como na grande maioria dos casos, conservar a mama. A mamografia/ ecografia mamária permite a deteção precoce de lesões muito pequenas ainda antes de serem palpáveis.

Consulta de Senologia

Atualmente existe no CHSF em Leira uma consulta de Senologia ao seu dispor onde serão realizados:

  • Controlos mamários anuais
  • Diagnóstico e tratamento das lesões benignas da mama : fibroadenoma, quistos (exerese e biopsia para um diagnóstico rápido), mastite, etc
  • Diagnóstico precoce e tratamento das lesões malignas da mama.

Tratamento cirúrgico das alterações da forma e tamanho da mama:

  • Hipoplasia mamaria (mastoplastia de aumento)
  • Hipertrofia mamaria (mastoplastia de reducção)
  • Asimetria mamaria (simetrização)
  • Reconstrução mamaria imediata ou diferida após mastectomia
  • Ginecomastia (adenomastectomia)
  • Mamas tuberosas (remodelação mamaria com colocação de próteses)

No CHSF são oferecidas técnicas mais recentes usadas na cirurgia da mama, tais como a biopsia do gânglio sentinela, técnicas de cirurgia oncoplástica (o que permite a remoção do tumor com o mínima alteração da morfologia mamária), remoção de lesões impalpáveis guiadas por ecografia.

Para isto contamos com um grupo de especialistas que trabalha com o objetivo de oferecer o seu melhor cuidado.

 Se tem alterações mamárias ou são encontradas alterações na mamografia ou ecografia mamária, deve esclarecer as suas preocupações com os especialistas nesta área no CHSF.

Unidades onde está disponível:

Consulta de Senologia

As consultas de Patologia Mamária  – especialidade senologia, serão asseguradas pelo Dr. Rogélio Andrés Luna.

Estas consultas abrangem todo o tipo de patologia benigna ou maligna associada à mama.

As consultas são à 4ª feira, com  inicio às 16.00h e a terminar às 18.30h, apenas uma vez por mês.

Conveções de Exames de Cardiologia em Pombal

Já estão disponíveis Convenções com o Sistema Nacional de Saúde para exames de Cardiologia na Unidade de Pombal. Os exames abrangidos são os seguintes:

HOLTER

PROVA DE ESFORÇO

ELECTROCARDIOGRAMA

ECOCARDIOGRAMA

Nuno Sousa, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Edgar Rebelo, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Raquel Marques, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Jose Portela, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Acordos gerais:

Confirme com o nosso call center se:
. o seu sistema de saúde cobre a totalidade desta especialidade ou se existem excepções;
. se o médico pretendido está incluido no acordo;
. se a unidade de saúde onde pretende a consulta ou exame está incluída no acordo.

Braz Cardoso, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Acordos gerais:

Confirme com o nosso call center se:
. o seu sistema de saúde cobre a totalidade desta especialidade ou se existem excepções;
. se o médico pretendido está incluido no acordo;
. se a unidade de saúde onde pretende a consulta ou exame está incluída no acordo.

Isabel Faria, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Pedro Figueiredo, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Luis Fernandes, Dr

Exerce Medicina Chinesa desde 2010, na sua consulta realiza um diagnóstico energético ao paciente e integra várias terapias da Medicina Chinesa, não só a Acupuntura, mas também a Fitoterapia, a Moxabustão, a Eletro-acupuntura e a massagem Tuiná. Tem experiência no tratamento de várias patologias, nas quais se destacam Ansiedade, Depressão, Insónia, Enxaquecas, Cercicalgias, Lombalgias,Gonalgias, Dor Ciática, Perda de Peso, Asma, Urticária, entre outras.

Terminou o Curso Superior de Medicina Chinesa – Acupuntura e Fitoterapia em 2011, pela Universidade de Medicina Chinesa, em Lisboa.

Licenciado em Estudos de Medicina Tradicional Chinesa – Acupuntura e Fitoterapia pela ChengduUniversityofTraditionalChinese Medicine, no ano de 2012, em Chengdu, China, onde também realizou um estágio no ChengduUniversity Hospital.

Licenciado em Enfermagem no ano de 2006, pela Escola Superior de Enfermagem Dr. Ângelo da Fonseca, em Coimbra.

Especializou-se em Enfermagem de Reabilitação, na Escola Superior de Enfermagem S. Francisco das Misericórdias, em 2011.

Especialidades:

Medicina Chinesa

MEDICINA TRADICIONAL CHINESA

A Medicina Tradicional Chinesa (MTC) também conhecida como medicina chinesa é a denominação usualmente dada ao conjunto de práticas de Medicina Tradicional em uso na China, desenvolvidas ao longo dos milhares de anos da sua história.

A MTC fundamenta-se numa estrutura teórica sistemática e abrangente, de natureza filosófica. Ela inclui entre seus princípios o estudo da relação de yin/yang, da teoria dos cinco elementos e do sistema de circulação da energia pelos meridianos do corpo humano.

 

            ACUPUNTURA
A acupunctura (do latim acus – agulha e punctura – colocação) é um ramo da medicina tradicional chinesa e, de acordo com a nova terminologia da OMS – Organização Mundial da Saúde, um método de tratamento complementar. Foi também declarado Patrimônio Cultural Intangível da Humanidade pela United Nations Educational, Scientific and Cultural Organization (Unesco) em 19 de novembro de 2010.

A Acupunctura consiste na aplicação de agulhas em pontos definidos do corpo, chamados de “Pontos de Acupuntura” ou “Acupontos” que se distribuem principalmente sobre linhas chamadas “meridianos chineses” e “canais”, para obter diferentes efeitos terapêuticos conforme o caso tratado. Também são utilizadas outras técnicas alternativas ou complementares, sendo as mais conhecidas a moxabustão (aplicação de calor sobre os acupontos ou meridianos), a auriculoterapia e, mais recentemente, a eletroacupuntura.

 O Tuiná emprega técnicas de massagem para estimular ou sedar os pontos dos meridianos do paciente, visando o equilíbrio do fluxo de energia por estes canais.

O Tuiná é definido da seguinte forma pela The English-Chinese Encyclopedia Of Practical Traditional Chinese Medicine – Tuina Therapeutics: “O Tuiná chinês é uma das matérias médicas abrangidas pelas teorias da Medicina Tradicional Chinesa – MTC, na qual, manipulações são usadas para estimular os pontos ou outras partes da superfície do corpo, para corrigir o desequilibrio fisiológico do mesmo e alcançar efeitos curativos. É uma parte muito importante da MTC. Na China antiga, a terapia era classificada em: medicina interna e medicina externa; o Tuiná está incluído na primeira.”

 

A Moxabustão significa “longo tempo de aplicação do fogo”, é uma espécie de acupuntura térmica, feita pela combustão da erva Artemisia sinensis e Artemisia vulgaris.

Ventosoterapia é um tipo de terapia adotado em diversas correntes da medicina tradicional que emprega ventosas.

A fitoterapia chinesa ou medicina herbal é uma das modalidades de tratamento adotadas pela medicina tradicional chinesa. São fórmulas chinesas que potenciam e complementam todas as outras áreas da Medicina Chinesa. Nos problemas crónicos estas consistem em mais de 60% do efeito terapêutico.

Eletroacupuntura é uma forma de acupuntura, em que pares de agulhas de acupuntura são ligados a um dispositivo que gera pulsos elétricos contínuos entre eles. Normalmente é utilizada para potenciar os efeitos da acupuntura.

 

Corpo Clínico:

Unidades onde está disponível:

Teresa Martins, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Maria Zita Marto, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Maria da Luz Carvalho, Dra

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Luísa Pinto, Dra

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

José Mendes Ribeiro, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

José de Oliveira Pedreiro, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Ciro Costa, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Claudia Sofia Santos, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

António Pinto Curado, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Filipa Nunes, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Amilcar Valverde, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Luís Rebelo, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Emilia Cardoso, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Carla Diogo, Dra.

” A Cirurgia Plástica e Reconstrutiva é uma especialidade muito abrangente, cujo campo de atuação inclui as malformações congénitas, anomalias do desenvolvimento, patologia traumática e pós traumática (incluindo queimados e as suas sequelas) e patologia tumoral e a sua reconstrução.

Um exemplo desta última é a cirurgia da reconstrução mamária, onde se podem aplicar técnicas de expansão tecidular, retalhos miocutaneos e até retalhos livres.
Engloba ainda a cirurgia estética que trata de correção de alterações morfológicas em todo o corpo (cirurgia da silhueta) e a cirurgia do envelhecimento, que deve ser executada por Cirurgiões Plásticos e realizada num hospital com a segurança que qualquer ato cirúrgico exige.”
A Dra. Carla Diogo é certificada pelo European Board of Plastic, Reconstructive and Aesthetic Surgery.  Nas patolgias que a trata : Mamoplastia de redução, Mamoplastia de aumento, Reconstrução Mamária, Abdominoplastia, Blefaroplastia, Otoplastia, Microcirurgia.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Sílvia Neves, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Inês Judice Peliz Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Gustavo Mota, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Maria Jose Gomes Teixeira, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Luis Valença, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Mendes Ribeiro, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Armando Lopes, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Ricardo Velasco, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Alexandra Vieira, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Tac Mediastino

Deverá permanecer em jejum nas 6 horas que antecedem a realização do exame.

Os objectos metálicos podem interferir com as imagens, pelo que deverá retirar piercings colocados na parte do corpo a examinar.

Deverá fazer-se acompanhar pelos exames anteriores já realizados, relacionados com a situação a analisar.

Se ainda tiver dúvidas pode consultar-nos por email ou junto do nosso contact-center.

Tac Cavum

Deverá permanecer em jejum nas 4 horas que antecedem a realização do exame.

Os objectos metálicos podem interferir com as imagens, pelo que deverá retirar piercings colocados na parte do corpo a examinar.

Deverá fazer-se acompanhar pelos exames anteriores já realizados, relacionados com a situação a analisar.

Se ainda tiver dúvidas pode consultar-nos por email ou junto do nosso contact-center.

Testes psicotécnicos para condutores

De acordo com o Decreto-Lei 138/2012 de 5 de Julho, é obrigatória a realização de Exames de Avaliação Psicológica de Condutores, para Obtenção e ou Renovação da Habilitação Legal para conduzir, para os condutores das seguintes categorias:

  • Automóveis Pesados de Mercadorias e de Passageiros: categorias C, CE, D e DE;
  • Automóveis Ligeiros e/ou Pesados de Transporte de Mercadorias Perigosas: ADR;
  • Automóveis Ligeiros de Transporte de Passageiros: Táxis;
  • Automóveis Ligeiros e/ou Pesados de Transporte Coletivo de Crianças: Transporte Escolar;
  • Veículos Prioritários: Ambulâncias, carros de Bombeiros e Transporte de Doentes: Averbamento do Grupo 2.

Que instrumentos / técnicas de avaliação são utilizados?

A Avaliação Psicológica recorre a instrumentos e técnicas psicométricas (Sistema de Testes de Viena), reconhecidos e certificados pelo IMTT (Instituto de Mobilidade dos Transportes Terrestres).

Em que consiste o exame?

O exame psicológico destina-se a avaliar as áreas percetivo-cognitiva, psicomotora e psicossocial, relevantes para o exercício da condução ou suscetíveis de influenciar o seu desempenho.

Qual a validade do certificado de avaliação psicológica?
Finda a avaliação psicológica, é emitido um certificado de avaliação psicológica que tem a validade de seis meses contados da data da sua emissão.

Quais os documentos necessários?

Fotocópia da carta de condução
Fotocópia do Cartão de Cidadão (ou do Bilhete de Identidade e Cartão de Contribuinte)

Quem são os profissionais que realizam o processo de avaliação Psicológica de Condutores?

Psicólogos, com cédula profissional da Ordem dos Psicólogos Portugueses.

João Matos, Dr.

Licenciado e Mestrado pelo Instituto Superior de Psicologia Aplicada em Psicologia Clínica e especializado em Psicoterapia Clínica pela Sociedade Portuguesa de Psicologia Clínica.

Investigador de teoria psicanalítica, autor de livros e artigos científicos.

Tem desenvolvido a sua pratica clínica no acompanhamento de doentes oncológicos, em pacientes com dificuldades motoras e no acompanhamento psicoterapêutico de crianças, adolescentes e adultos.

Técnicas terapêuticas:

A intervenção psicológica utilizada será decidida consoante o pedido do cliente. Inicialmente é realizada uma consulta de psicologia clínica para determinar a necessidade de um acompanhamento psicoterapêutico. O recurso ao método de avaliação psicológica poderá aqui ter lugar, quando solicitada por terceiros.

No caso da intervenção com crianças, a avaliação psicológica é uma prática mais frequente. O resultado dessa avaliação determinará a pertinência de um acompanhamento psicológico, embora que muitas vezes este último decorra sem a necessidade de uma avaliação.

Consulta de Psicologia – Trata-se de uma intervenção centrada no pedido do cliente, de menor profundidade da que a que ocorre num acompanhamento psicoterapêutico. É nesta primeira abordagem que se determina a necessidade em se dar início a um processo psicoterapêutico.

Acompanhamento Psicoterapêutico – É um processo que visa o conhecimento mais amplo da subjectividade interna do sujeito. Através de encontros regulares, cuja longevidade dependerá de cada caso, o paciente é convidado a trazer os seus pensamentos e fantasias para o setting psicoterapêutico, onde poderá adquirir um melhor entendimento de si-mesmo e consequentemente o bem-estar psicológico.

Esta terapêutica serve a todas as problemáticas do forro psíquico.

Avaliação Psicológica – Quando se apresenta como uma necessidade ou quando requisitada, a avaliação permite o conhecimento de alguns dos dados psicológicos inerentes à pessoa avaliada. A lista de possíveis avaliações é bastante ampla. Vai desde a comum medida do QI, ao conhecimento da dinâmica psíquica do sujeito. Para estes fins, são utilizados testes específicos, variando a sua duração entre três a quatro sessões.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Catarina Paiva, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Incontinência Urinária

A Incontinência Urinária (I.U.) define-se como qualquer perda involuntária de urina.

Pode distinguir-se em três tipos: Incontinência Urinária de Esforço (quando se realizam esforços como levantar pesos, rir ou espirrar e em casos mais graves o simples caminhar); Incontinência Urinária de Urgência (quando se verifica uma súbita vontade de urinar); ou ainda incontinência urinária mista (existem perdas com o aumento da pressão abdominal e também se verifica urgência). Por menos frequentes que sejam os episódios ocasionais de perda de urina, estes originam alterações significativas na qualidade de vida da mulher e do homem, provocando situações de desconforto, e originando, assim, um problema social e/ou higiénico.

Uma das causas principais, refere-se ao enfraquecimento dos músculos do pavimento pélvico (MPP). Estes músculos são responsáveis pelo suporte dos órgãos pélvicos e pelo controlo da micção.

A Unidade de Leiria do CHSF disponibiliza um tratamento, realizado através de sessões de Fisioterapia na área da Uroginecologia, para prevenir ou minimizar estas situações.

Estas sessões consistem, essencialmente, no tratamento e prevenção das disfunções da Musculatura do Pavimento Pélvico, dentro das quais se destaca, principalmente, a Incontinência Urinária, incontinência fecal, prolapso dos órgãos pélvicos (quando a vagina, bexiga, uretra, recto, intestino saem da sua posição normal por fraqueza dos tecidos de suporte da região pélvica), dor e disfunções sexuais.

O tratamento é composto por sessões individuais, realizadas por uma Fisioterapeuta com especialização na área, que, utilizando procedimentos indolores e com recurso a exercícios de propriocepção e fortalecimento, por meio da electroterapia, biofeedback e trabalho manual, reeduca a postura do utente e fortalece os MPP. Também o aconselhamento e esclarecimento para alterações do comportamento e hábitos de vida é essencial no sentido de prevenir ou minimizar situações de incontinência.

Na primeira sessão, através de um breve inquérito e avaliação dos utentes, a Fisioterapeuta avalia o grau de incontinência e traça o plano de tratamento bem como a duração prevista.

Estes tratamentos são indicados para todo o tipo de mulheres, em qualquer idade e/ou momentos das suas vidas (desde a gravidez à menopausa); praticantes de desportos de alto impacto e homens que tenham sido submetidos a prostatectomias.

Hidroginástica

O Centro Hospitalar de S. Francisco proporciona aulas de hidroginástica, a partir do próximo mês de setembro a decorrer, habitualmente, às terças e quintas-feiras entre as 19.00 e as 19.45.

Trata-se de exercício físico realizado em meio aquático, ou seja, dentro da piscina sendo composto por três fases:

  • Aquecimento geral – ativação do sistema cárdio-respiratório e do sistema termo-regulador.
  • Parte fundamental – onde é efetuado trabalho específico e/ou localizado, dependendo do objetivo de cada aula.
  • Retorno à calma – neste período da aula é efetuado o trabalho de alongamento dos grupos musculares mais solicitados na atividade.

A prática deste exercício está associada a inúmeras vantagens destacando-se:

  • diminuição do peso corporal;
  • diminuição da sobrecarga de esforço sobre as articulações;
  • a água com o seu efeito relaxador facilita a amplitude articular e por sua vez a facilidade de execução dos exercícios;
  • diminuição do impacto e das lesões desportivas;
  • diminuição das dores lombares;
  • melhora a circulação sanguínea;
  • melhora a respiração;
  • melhora dos níveis de força e desenvolvimento dos principais grupos musculares;
  • aumenta a resistência do sistema cárdio-respiratório.

A inscrição para a aula de hidroginástica deverá ser feita junto no Serviço de Medicina Física e de Reabilitação (piso -1 do Ed. Sede).

Ana Rita Nobre, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Isabel Cotrim, Dra.

SINOPSE CURRICULAR

A 28 de Fevereiro de 1996 foi-lhe conferido o grau de Assistente de Gastrenterologia.

Admitida no Colégio da Especialidade da Ordem dos Médicos a 14 de Março de 1996.

 

Nomeada Assistente Hospitalar de Gastrenterologia do Hospital Distrital de Leiria a 1 de Agosto de 1997, após concurso de provimento em que ficou classificada em 1º lugar com 17,6 valores.

 

No Hospital de Santo André, onde trabalha desde Julho de 1996:

Assiste doentes no internamento de Gastrenterologia

É responsavel pela consulta de Hepatologia, realizando 2 sessões semanais

Efectua consulta de Gastrenterologia Geral uma vez por semana

Executa várias técnicas diagnósticas e terapêuticas no sector da Endoscopia Digestiva.

É a médica responsável pela CPRE desde 1999.

Realiza urgência de Gastrenterologia em regime de prevenção

Foi responsável pela implementação de diversas técnicas e consultas neste hospital.

Foi Directora do Serviço de Gastrenterologia desde Outubro de 1998 a Abril de 2008.

Foi adjunta do Director Clínico do Hospital de Santo André, para as áreas de Internato Médico e Exames Complementares, de Agosto de 1998 a Fevereiro de 2000.

Fez parte da Comissão do Serviço de Urgência desse hospital.

Frequentou um curso de Gestão Hospitalar.

Fez parte da Comissão de Farmácia e Terapêutica entre 2010-2011

 

Nomeada Assistente Graduada de Gastrenterologia em Dezembro de 2005.

Está inscrita na Sub-Especialidade de Hepatologia desde Setembro de 2008.

Fez exame para Assistente Graduada Senior em Março de 2010 tendo sido aprovada com 20 valores.

 

Foi membro da Direcção do NGHD entre 2004 e 2011.

Integra o Conselho Científico do NGHD desde 2012

Integrou a Direcção da Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia no biénio 2005-2007.

É secretária do Conselho Fiscal da SPG desde Setembro de 2013.

 

Participou no ensino da cadeira de Gastrenterologia dos alunos de Medicina dos HUC.

Colaborou na formação de médicos do Internato Geral e Complementar de Gastrenterologia e Medicina Familiar.

Foi orientadora de formação de internos de Gastrenterologia.

 

É autora de 71 artigos publicados, sendo primeiro autor em 7 deles.

É autora de 219 apresentações em reuniões científicas, em 51 como primeiro autor.

Quatro dos trabalhos em que é co-autora foram premiados

Frequentou múliplas reuniões científicas, no âmbito da Gastrenterologia e Hepatologia

Colaborou em vários trabalhos de investigação.

Integrou páineis de discussão e mesas redondas.

Foi júri, para atribuição de prémios, de várias sessões clínicas

Colaborou na organização de reuniões científicas.

Colaborou na realização de uma base de dados para consulta de hepatologia.

Integrou o Grupo de Trabalho para as Hepatites da responsabilidade do NGHD e o Grupo de Hepatologia da Zona Centro.

Faz parte da comissão coordenadora do Liver.pt (programa para consulta de hepatologia)

Integra o corpo editorial, como revisora, do GE- Jornal Português de Gastrenterologia.

 

Participou em 4 concursos de Avaliação Final do Internato Complementar de Gastrenterologia

Integrou o júri para 2 concursos de Provimento para Assistente Hospitalar .

Foi vogal do concurso para Assistente Graduado de Gastrenterologia em 2011.

Foi presidente do júri da ARS Centro, para recrutamento de pessoal médico para Assistente Hospitalar de Gastrenterologia da 1º e 2º época de 2013

 

É Membro da Ordem dos Médicos, Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia, Sociedade Portuguesa de Endoscopia Digestiva, Associação Portuguesa para Estudo do Figado, do Grupo Português de Ultra-Sons em Gastrenterologia, do Núcleo de Gastrenterologia dos Hospitais Distritais e da Sociedade Portuguesa de Coloproctologia.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

CHSF disponibiliza tratamento para Incontinência Urinária

A Incontinência Urinária (I.U.) define-se como qualquer perda involuntária de urina.

Pode distinguir-se em três tipos: Incontinência Urinária de Esforço (quando se realizam esforços como levantar pesos, rir ou espirrar e em casos mais graves o simples caminhar); Incontinência Urinária de Urgência (quando se verifica uma súbita vontade de urinar); ou ainda incontinência urinária mista (existem perdas com o aumento da pressão abdominal e também se verifica urgência). Por menos frequentes que sejam os episódios ocasionais de perda de urina, estes originam alterações significativas na qualidade de vida da mulher e do homem, provocando situações de desconforto, e originando, assim, um problema social e/ou higiénico.

Uma das causas principais, refere-se ao enfraquecimento dos músculos do pavimento pélvico (MPP). Estes músculos são responsáveis pelo suporte dos órgãos pélvicos e pelo controlo da micção.

A Unidade de Leiria do CHSF disponibiliza um tratamento, realizado através de sessões de Fisioterapia na área da Uroginecologia, para prevenir ou minimizar estas situações.

Estas sessões consistem, essencialmente, no tratamento e prevenção das disfunções da Musculatura do Pavimento Pélvico, dentro das quais se destaca, principalmente, a Incontinência Urinária, incontinência fecal, prolapso dos órgãos pélvicos (quando a vagina, bexiga, uretra, recto, intestino saem da sua posição normal por fraqueza dos tecidos de suporte da região pélvica), dor e disfunções sexuais.

O tratamento é composto por sessões individuais, realizadas por uma Fisioterapeuta com especialização na área, que, utilizando procedimentos indolores e com recurso a exercícios de propriocepção e fortalecimento, por meio da electroterapia, biofeedback e trabalho manual, reeduca a postura do utente e fortalece os MPP. Também o aconselhamento e esclarecimento para alterações do comportamento e hábitos de vida é essencial no sentido de prevenir ou minimizar situações de incontinência.

Na primeira sessão, através de um breve inquérito e avaliação dos utentes, a Fisioterapeuta avalia o grau de incontinência e traça o plano de tratamento bem como a duração prevista.

Estes tratamentos são indicados para todo o tipo de mulheres, em qualquer idade e/ou momentos das suas vidas (desde a gravidez à menopausa); praticantes de desportos de alto impacto e homens que tenham sido submetidos a prostatectomias.

Paula Brum, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Rosa Mascarenhas, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

João André Silva, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Guilherme Castela, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Oscar Belo, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Novos exames de Imagiologia em Pombal com convenção com o SNS

O Centro Hospitalar de S. Francisco dispõe de uma nova área para realização de exames de Imagiologia, na sua unidade de saúde de Pombal.

Neste novo espaço, caracterizado por um ambiente de serenidade e conforto, uma equipa de profissionais experientes e dedicados, apoiada por modernos equipamentos disponibiliza os seguintes exames:

  • Radiologia Convencional
  • Ortopantomografia;
  • Densitometria;
  • Ecografia
  • Ecodoppler
  • Ecocardiografia.

Os referidos exames têm acordo com o Sistema Nacional de Saúde e com diversos subsistemas e seguros de saúde.

A TAC e MAMOGRAFIA já são exames que disponibilizamos.

Esta nova área de Imagiologia situa-se no piso -1 do Ed. Alto Cabaço (o mesmo edifício onde já se encontram alocados os restantes serviços do CHSF- Unidade de Pombal), e o contacto telefónico é o 236 212 115.

Alexandre Pena, Dr.

ACTIVIDADE PROFISSIONAL

Psicólogo Clínico com formação na área Clínica Hospitalar e na área Criminal e de Comportamentos Desviantes.

A sua experiência tem como especial enfoque a patologia da infância e da adolescência, embora também trabalhe com a adultícia.

Exercendo funções de Psicólogo Clínico/Psicólogo Criminal em instituições públicas (actualmente a trabalhar em meio hospitalar).

 

CARACTERIZAÇÃO DA CONSULTA

Promoção e prevenção da saúde mental;

Tem como objectivo o auto-conhecimento, orientação e tratamento;

Avaliação psicológica e psicoterapia;

Confidencialidade, privacidade e relação empática são factores presentes neste atendimento, bem como o favorecimento do equilíbrio psicoemocional.

 

ALGUMAS DAS ÁREAS E DIFICULDADES ABRANGENTES

Alterações do comportamento;

Problemas de ansiedade;

Estados depressivos;

Dificuldade de aprendizagem;

Agressividade/Violência;

Disfunções familiares e escolares (intervenção psicopedagógica aos progenitores);

Comportamentos de risco e dependências;

Avaliação Psicológica/Psicométrica;

Outras problemáticas…

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Fisiatria em Pombal e Alcobaça

A consulta de Fisiatria, até há pouco tempo apenas existente na Unidade de Saúde de Leiria, foi recentemente disponibilizada nas Unidades de Alcobaça e Pombal. Esta valência, em que o CHSF se pretende continuar a assumir como uma referência, é responsável pelo diagnóstico e tratamento de diversas patologias, nomeadamente:
Patologias traumática, do sistema nervoso central e periférico, orto-traumatológica, cardio-respiratória, reumatológica, vascular periférica, pediátrica entre outras.

São candidatos à consulta de Fisiatria os utentes encaminhados por outras especialidades médicas (por exemplo de Medicina Geral e Familiar, Ortopedia, Neurologia, entre outras), mas também os utentes que:

  •   Apresentem queixas da coluna,
  •   Sofram de tendinites,
  •   Tenham sofrido uma fractura,
  •   Tenham sofrido um AVC,
  •   Tenham sofrido uma pneumonia,
  •   Crianças em que se verifique um atraso do desenvolvimento,
  •   Crianças que apresentem um desvio da coluna.

podem recorrer às consultas de MFR, afim de serem avaliados e orientados em termos de tratamento.

O alargamento da consulta de Fisiatria às unidades de Alcobaça e Pombal, surge como resposta à crescente procura desta especialidade. Agora, será possível ao utente realizar a consulta de Fisiatria e os tratamentos (Fisioterapia) na mesma unidade de saúde.

Desta forma, encontram-se asseguradas as condições necessárias para a prestação de um serviço de excelência no domínio da Medicina Física e de Reabilitação.

Henrique Oliveira, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

António Oliveira, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

António Filipe, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Jacinta Santos, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Paulo Almeida, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Paula Avidago, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

José Tiago Filho, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Olga Vaz, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Olga Brito, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Maria Jose Clemente, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Margarida Vilela, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Margarida Martins, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Maria Conceição Sanches, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Luisa Teixeira, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Luis Cruz, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Jorge Reis, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Egídio Machado, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Cristina Marques, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Assuncao Dionisio, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Alves Diniz, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Medicina dentária no CHSF Alcobaça

A especialidade de Medicina Dentária já está disponível na unidade de Alcobaça do Centro Hospitalar de S. Francisco.

O corpo clínico desta especialidade é integrado pelos Médicos Dentistas: Dr. Joaquim Reis; Dra. Maria João Rebola e Dra. Rita Carvalho.

Com agenda disponível diariamente, as consultas de Medicina Dentária realizam-se no piso -1, do mesmo edifício onde está instalada esta unidade de Saúde, num novo espaço preparado para o efeito.

Rita Carvalho, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Joaquim Reis, Dr.

Formação em  Implantologia, Cirurgia Oral e Oclusão

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Use o seu vale de cirurgia no CHSF

O Centro Hospitalar de S. Francisco é uma Unidade de Saúde privada que integra a Rede de Hospitais Convencionados com o Sistema Integrado de Gestão de Inscritos para Cirurgia (SIGIC).

O seu vale de cirurgia é válido nesta Unidade de Saúde para as seguintes especialidades:

Para mais informações contacte-nos:

Tel: 244 819 393
Fax: 244 819 390
E-mail: sigic@chsf.pt // celinef@chsf.pt

Colonoscopia Total com Anestesia

PREPARAÇÃO

1. Dieta nos 2 dias que antecedem o exame:

Pode comer
Líquidos transparentes sem gás ou álcool (água, chá açucarado, sumos de fruta sem polpa)
 Pão branco;
 Carnes brancas, peixe e ovos;
 Batatas e massas;
 Canja ou caldo de carne;
 Bolos, sobremesas doces, gelatina (exceto vermelha ou roxa);
 Iogurte sem pedaços nem cereais.

Não pode comer

Qualquer tipo de fruta;
 Frutos secos (nozes, avelãs, figos, pinhões, etc.);
 Legumes (cebola, tomate, cenoura, nabo, etc.);
 Leguminosas secas (feijão, grão, milho, etc.);
 Qualquer tipo de cereais;

– Caso sofra de obstipação pode optar por fazer esta dieta até 5 dias antes do exame.
– Pode ainda tomar um laxante de forma a otimizar a preparação.

Adquirir Klean-prep ou Endofalk ou Moviprep ou Citrafleet ou Picoprep

OPÇÃO 1: MOVIPREP, ENDOFALK OU KLEAN-PREP

1- Preparar o produto de acordo com as instruções do folheto informativo respetivo;
2- Dividir em duas partes iguais.
 Se o exame for de manhã: beber metade do produto entre as 16h e as 18h e outra metade entre as 21h e as 23h na véspera dia do exame .
 Se o exame for de tarde: beber metade do produto entre as 20h e 22h na véspera e outra metade entre as 8h e as 10h no dia do exame.
Nota: Caso opte pelo Moviprep deve, após cada litro de preparado, ingerir imediatamente pelo menos1 litro de líquidos (água, chá, ou sumos sem polpa), no espaço de 30 minutos.

OPÇÃO 2: CTREFLEET OU PICOPREP

1- Tomar um comprimido laxante (ex. dulcolax, pursenide ou similar) ao deitar nos dois dias anteriores ao exame
2- Preparar o produto de acordo com as instruções do folheto informativo respetivo (beber 2L de líquidos após cada embalagem do preparado escolhido).
 Se o exame for de manhã: beber metade do produto cerca das 17h e a outra metade cerca das 22h, na véspera do exame;
 Se o exame for de tarde: beber metade do produto cerca das 20h na véspera e outra metade cerca das 8h, no dia do exame

EM TODAS AS OPÇÕES
A preparação está concluída quando beber todo o conteúdo e evacuar água completamente limpa.
Se tiver vómitos deve interromper a preparação e retomar após algum tempo de pausa.
Deve tomar a sua medicação de rotina, mesmo no dia do exame, exceto Antidiabéticos Orais
Se toma medicamentos deve consultar o anexo “Medicamentos”.

DEPOIS DE COMEÇAR A TOMAR A PREPARAÇÃO NÃO PODE COMER ALIMENTOS SÓLIDOS MAS PODE INGERIR LÍQUIDOS (chás, sumos sem polpa, gelatinas) ATÉ 6 HORAS ANTES DO EXAME
PROVIDENCIE OS EXAMES COMPLEMENTARES NECESSÁRIOS

 Análises (hemograma, plaquetas, protrombinémia)
 Eletrocardiograma
(Estes exames têm 6 meses de validade)

SE FOR DIABÉTICO

 Deve controlar a glicemia e saber ajustar a insulina;
 Pode fazer insulina de ação lenta na véspera do exame à noite;
 Na manhã do exame NÃO deve fazer insulina ou Antidiabéticos Orais;
 Deve “picar o dedo ” durante o dia da preparação e pode beber líquidos açucarados se obtiver valores baixos;
 No período de jejum, se tiver valores de glicemia baixos, deve colocar açúcar debaixo da língua ou chupar um rebuçado.
Em caso de dúvida consulte o seu médico assistente.

NO DIA DO EXAME

 Deve terminar a ingestão de líquidos 6 horas antes do exame e, depois disto, manter jejum (sem comer nem beber);
 Deve trazer toda a medicação que está a tomar;
 Traga a prescrição do exame;
 Se tiver exames anteriores deve trazê-los consigo;
 Venha acompanhado;
 Não pode conduzir após a realização do exame
 Deve fazer-se acompanhar pelos seguintes exames:
– Análises (hemograma, plaquetas, protrombinémia)
– Electrocardiograma
(Estes exames têm 6 meses de validade)

Terá necessidade de permanecer algum tempo na unidade de recobro (+/- 30 minutos) até que lhe seja dada alta clínica.

Em caso de dúvida, contacte-nos através de 962 045 066

>Clique aqui para download e impressão do documento.

Unidades onde está disponível:

Tratamento de Acupunctura disponível na consulta de Reumatologia

acupuntura

A acupunctura é uma forma de tratamento com indicação aprovada em situações clínicas bem definidas, como por exemplo a dor miofascial, a dor associada à osteoartrose, a fibromialgia ou outras formas de dor crónica, como por exemplo a lombalgia ou a cervicalgia comum crónica.

A acupunctura é reconhecida actualmente em Portugal como uma competência médica atribuída pela Ordem dos Médicos, segundo requisitos de formação bem definidos.

A sua eficácia tem sido demonstrada em diversos trabalhos científicos publicados em revistas médicas internacionais conceituadas e o modo como actua tem sido objecto de imensos estudos desde há décadas. Estão cada vez mais demonstrados, quer em modelos animais, quer em humanos, os mecanismos neurofisiológicos pelos quais a acupunctura modula e inibe a transmissão da dor.

Embora esta técnica tenha outras indicações, para além da dor, como por exemplo as náuseas, o excesso de peso e as dependências de substâncias, no âmbito da consulta de Reumatologia realizada no Centro Hospitalar de S. Francisco a acupunctura contemporânea (ou seja, planeada e executada segundo o raciocínio científico e tendo em conta o funcionamento neuromuscular e do sistema nervoso autonómico) é utilizada como tratamento adjuvante nas patologias acima referidas: dor miofascial (contracturas, dor muscular politópica), osteoartrose, algoneurodistrofia, fibromialgia e outras situações de dor crónica (lombalgia ou cervicalgia, por exemplo).

Porque cada tratamento depende de uma história clínica detalhada e de um exame objectivo cuidadoso e por vezes exaustivo, a forma de ter acesso a estes tratamentos no Centro Hospitalar de S. Francisco, em Leiria, passa pala marcação de uma consulta de Reumatologia, para elaboração do diagnóstico, exclusão de algumas patologias e avaliação da necessidade ou pertinência do tratamento em cada caso concreto.

Geralmente a acupunctura em Reumatologia é usada como tratamento adjuvante de outros tratamentos convencionais, embora em certas situações possa ser o tratamento mais indicado, sem haver necessidade de medicamentos (por exemplo em síndromes miofasciais ou contracturas recentes, sem dor crónica associada).

Os tratamentos são realizados pela médica Reumatologista, que tem a formação exigida pela Ordem dos Médicos, com electroacupunctura e duram cerca de meia a uma hora (cada tratamento).

Acupuntura

acupuntura

A acupunctura é uma forma de tratamento com indicação aprovada em situações clínicas bem definidas, como por exemplo a dor miofascial, a dor associada à osteoartrose, a fibromialgia ou outras formas de dor crónica, como por exemplo a lombalgia ou a cervicalgia comum crónica.

A acupunctura é reconhecida actualmente em Portugal como uma competência médica atribuída pela Ordem dos Médicos, segundo requisitos de formação bem definidos.

A sua eficácia tem sido demonstrada em diversos trabalhos científicos publicados em revistas médicas internacionais conceituadas e o modo como actua tem sido objecto de imensos estudos desde há décadas. Estão cada vez mais demonstrados, quer em modelos animais, quer em humanos, os mecanismos neurofisiológicos pelos quais a acupunctura modula e inibe a transmissão da dor.

Embora esta técnica tenha outras indicações, para além da dor, como por exemplo as náuseas, o excesso de peso e as dependências de substâncias, no âmbito da consulta de Reumatologia realizada no Centro Hospitalar de S. Francisco a acupunctura contemporânea (ou seja, planeada e executada segundo o raciocínio científico e tendo em conta o funcionamento neuromuscular e do sistema nervoso autonómico) é utilizada como tratamento adjuvante nas patologias acima referidas: dor miofascial (contracturas, dor muscular politópica), osteoartrose, algoneurodistrofia, fibromialgia e outras situações de dor crónica (lombalgia ou cervicalgia, por exemplo).

Porque cada tratamento depende de uma história clínica detalhada e de um exame objectivo cuidadoso e por vezes exaustivo, a forma de ter acesso a estes tratamentos no Centro Hospitalar de S. Francisco, em Leiria, passa pala marcação de uma consulta de Reumatologia, para elaboração do diagnóstico, exclusão de algumas patologias e avaliação da necessidade ou pertinência do tratamento em cada caso concreto.

Geralmente a acupunctura em Reumatologia é usada como tratamento adjuvante de outros tratamentos convencionais, embora em certas situações possa ser o tratamento mais indicado, sem haver necessidade de medicamentos (por exemplo em síndromes miofasciais ou contracturas recentes, sem dor crónica associada).

Os tratamentos são realizados pela médica Reumatologista, que tem a formação exigida pela Ordem dos Médicos, com electroacupunctura e duram cerca de meia a uma hora (cada tratamento).

Protegido: Documentação Curso Pré-Parto

Este conteúdo está protegido com uma senha. Para o visualizar, por favor insira a sua senha abaixo:

Psiquiatria disponível em Alcobaça

A unidade de Alcobaça do Centro Hospitalar de S. Francisco disponibiliza uma nova especialidade médica: Psiquiatria.

 As consultas desta especialidade, a cargo do Dr. Rui Seco, estão disponíveis às segundas-feiras no período da manhã.    

As principais indicações para recorrer a esta especialidade, são, entre outras:

– Distúrbios afectivos – depressões, doença bipolar

– Distúrbios da ansiedade – ansiedade generalizada, pânico, fobias, N.O.C.

– Psicoses – esquizofrenia, doença esquizoafectiva

– Adicções – alcoolismo, toxicodependência

Rui Seco, Dr.

Rui Emanuel Tavares Seco, natural de Aveiro, nascido a 4 de Outubro de 1974

Licenciado em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra em 1999, com a classificação final de 15 valores

Portador da Cédula Profissional nº 39229 da Ordem dos Médicos

Concluiu a Especialidade de Psiquiatria em Fevereiro de 2007 com a classificação final de 19 valores

Exerceu as funções de Assistente Hospitalar de Psiquiatria entre Junho de  2007 e Fevereiro de 2010 no Hospital de Santo André, E. P. E, trabalhando actualmente no Hospital Distrital de Santarém, E.P.E.

No Serviço de Psiquiatria do Hospital de Santo André era responsável pela Enfermaria, fazia a sub-consulta de obesidade (dirigida a potenciais candidatos a colocação de banda gástrica) e a avaliação pericial de eventuais portadores de Distúrbio de Stress Pós-Traumático, além das normais funções no internamento, serviço de urgência e consultas de Psiquiatria Geral.

Actualmente faz consulta de Psiquiatria Geral e de Psicoses no Hospital de Santarém onde exerce também actividade de enfermaria.

Tem formação em Psicoterapias, realçando o estágio e o Curso de Terapia Cognitiva-Comportamental que realizou nos H.U.C. e a formação em Psicodrama e Terapia Familiar.

Apresentou e publicou vários trabalhos científicos, ministrou diversas acções de formação no Hospital de Santo André e, mais recentemente, fez parte da Comissão Organizadora do 1º Encontro do Serviço de Psiquiatria e Saúde Mental do H.S.A.

Complementa a actividade hospitalar com o exercício de clínica privada de Psiquiatria, predominantemente no distrito de Leiria.

 

Como possíveis indicações para recorrer a minha consulta posso indicar:

– Distúrbios afectivos – depressões, doença bipolar

– Distúrbios da ansiedade – ansiedade generalizada, pânico, fobias, N.O.C.

– Psicoses – esquizofrenia, doença esquizoafectiva

– Adicções – alcoolismo, toxicodependência

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Medicina Interna

Medicina Interna é uma especialidade médica do Centro Hospitalar de S. Francisco.

As consultas desta especialidade, a cargo da Dra. Diana Fernandes realizam-se às quartas-feiras, na Unidade de Saúde de Leiria.

As consultas podem ser marcadas através do formulário ou pelo nosso contact-center.

Para que serve um Carrinho de Oportunidades

carrinho_oportunidades

A Psicomotricidade é uma prática de mediação corporal que permite que a criança estabeleça uma relação mais precisa com o seu corpo, os outros, os objectos, o tempo e o espaço.

É uma prática unificadora no sentido que veicula os laços entre o corpo e a actividade mental, o real e o imaginário, o espaço e o tempo, melhorando a adaptação da criança e a possibilidade de realizar trocas com o meio.

Para isso existe necessidade de ter material que nos ajude nesta prática. O Kit que apresentamos pode ser utilizado com todas as idades, é fácil de transportar e adaptável a muitos exercícios e actividades que nos permitiram desenvolver na criança uma melhor relação com o corpo e o espaço.

Vote no nome da mascote da Pediatria do CHSF e ajude a APPC Leiria a conseguir este equipamento!

Mascote da Pediatria precisa de nome

O Centro Hospitalar de S. Francisco (CHSF) lançou uma votação on-line, para atribuição de um nome à mascote do S. de Pediatria.
Esta mascote, que se caracteriza por ser uma personagem alegre, simpática e corajosa, que adora praticar desporto, e que, apesar de gostar de gelados, tem muito cuidado com a sua alimentação.
A sua missão é ser o amigo cúmplice e companheiro dos meninos e meninas que o rodeiam e orienta-los para um estilo de vida saudável.
Mas, esta figura precisa de um nome… e, tendo em vista esse objectivo, foi lançada uma votação, no blogue de pediatria do CHSF (http://pediatria.chsf.pt/mascote), com as várias sugestões previamente recolhidas junto dos colaboradores do CHSF.
Esta votação reveste-se, também, de um cariz solidário: a mascote da Pediatria quer alertar-nos para as necessidades especiais de algumas crianças e por esse motivo associa-se à APPC de Leiria (Associação Portuguesa de Paralisia Cerebral, núcleo de Leiria) na aquisição de um equipamento de intervenção terapêutica para crianças com paralisia cerebral e outras patologias raras.
E SÃO NECESSÁRIOS APENAS 2000 VOTOS para conseguir adquirir o equipamento!
As aventuras desta personagem serão publicadas no blogue de Pediatria do CHSF em http://pediatria.chsf.pt/.
Neste blogue, dedicado, também aos pais, é possível aceder e comentar os conselhos da Dra. Eugénia Capela, Pediatra deste Centro Hospitalar que publica textos de opinião, dicas e conselhos no referido blogue.

mascote_pediatria

O Centro Hospitalar de S. Francisco (CHSF) lançou uma votação on-line, para atribuição de um nome à mascote do Serviço de Pediatria.

Esta mascote, que se caracteriza por ser uma personagem alegre, simpática e corajosa, que adora praticar desporto, e que, apesar de gostar de gelados, tem muito cuidado com a sua alimentação.

A sua missão é ser o amigo cúmplice e companheiro dos meninos e meninas que o rodeiam e orienta-los para um estilo de vida saudável.

Mas, esta figura precisa de um nome… e, tendo em vista esse objectivo, foi lançada uma votação, no blogue de pediatria do CHSF com as várias sugestões previamente recolhidas junto dos colaboradores do CHSF.

Esta votação reveste-se, também, de um cariz solidário: a mascote da Pediatria quer alertar-nos para as necessidades especiais de algumas crianças e por esse motivo associa-se à APPC de Leiria (Associação Portuguesa de Paralisia Cerebral, núcleo de Leiria) na aquisição de um equipamento de intervenção terapêutica para crianças com paralisia cerebral e outras patologias raras.

E SÃO NECESSÁRIOS APENAS 2000 VOTOS para conseguir adquirir o equipamento!

Neste blogue, dedicado também aos pais, é possível aceder e comentar os conselhos da Dra. Eugénia Capela, Pediatra deste Centro Hospitalar que publica textos de opinião, dicas e conselhos.

Endocrinologia em Pombal

A Unidade de Saúde de Pombal  tem a especialidade Endocrinologia.

Esta especialidade médica, actua nas áreas da diabetes, obesidade, doenças da tiróide, doenças do metabolismo, entre outros distúrbios hormonais.

As consultas desta especialidade estão a cargo da Dra. Jacinta Santos  e tem acordo com diversos sub-sistemas e seguros de saúde.

A unidade de Saúde de Pombal disponibiliza duas Especialidades Médicas: Pneumologia, cujas consultas são asseguradas pela Dr.ª Ana Luísa Fonseca e Neurocirurgia cujas consultas são asseguradas pelo  Dr. António Peliz à quarta-feira no período da manhã.

Nuno Almeida, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Pinto dos Santos, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Endocrinologia

O que é?

A Endocrinologia é uma especialidade médica, que estuda o funcionamento das hormonas no organismo humano.

A especialidade, a nível Europeu é denominada Endocrinologia, Diabetes e Metabolismo porque o seu âmbito de acção é vasto, ultrapassando o conceito clássico de hormona.

O que trata?

As principais áreas de actuação do especialista, que é denominado de Endocrinologista, são:

  • Diabetes
  • Doenças da tiróide
  • Doenças do metabolismo
  • Menopausa
  • Osteoporose
  • Hipertensão arterial
  • Dislipidemias (colesterol e/ou triglicerídeos)
  • Infertilidade e contracepção
  • Baixa estatura/alterações do crescimento
  • Tumores benignos e malignos das glândulas
  • outros distúrbios hormonais

As consultas podem ser marcadas através do formulário ou pelo nosso contact-center.

Corpo Clínico:

Unidades onde está disponível:

Ressonância Magnética

Os objectos metálicos podem interferir com as imagens pelo que deverá retirar brincos e piercings colocados na parte do corpo a examinar. Recomenda-se, também, que não utilize maquilhagem no dia da realização do exame.

As próteses metálicas não são uma contraindicação.

Algumas situações podem impedir a realização deste exame, como por exemplo:

  • Pacemaker ou desfibrilhadores cardíacos internos
  • Implantes cocleares
  • Neuroestimuladores
  • Aneurismas intracraneanos operados ( dependendo do material utilizado)
  • Corpos metálicos intra-oculares

A RM é geralmente evitada nos primeiros 3 meses de gravidez, por precaução.

Deverá fazer-se acompanhar pelos exames anteriores já realizados, relacionados com a situação a analisar.

Para a realização do exame, o doente, já no Centro Hospitalar, veste um fato adequado antes da realização do exame e não pode levar para a sala objectos metálicos, cartões de crédito ou relógio.

Por vezes necessário sedação ou anestesia geral, dependendo da colaboração do doente e do tipo de lesões a estudar.

Em alguns exames, como nos abdominais ou quando se prevê a administração endovenosa de contraste é aconselhável o jejum, embora não seja imprescindivel.

Se ainda tiver dúvidas pode consultar-nos por email ou junto do nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Ecografia Prostática Transrectal com exame pré e pós-miccional

Deverá beber 1.5lt de água, uma hora antes da realização do exame.

Deverá fazer-se acompanhar pelos exames anteriores já realizados, relacionados com a situação a analisar.

Se ainda tiver dúvidas pode consultar-nos por email ou junto do nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

RX – Estômago e Duodeno

Deverá permanecer em jejum nas 6 horas que antecedem a realização do exame.

Os objectos metálicos podem interferir com as imagens, pelo que deverá retirar piercings colocados na parte do corpo a examinar.

Se ainda tiver dúvidas pode consultar-nos por email ou junto do nosso contact-center.

RX – Esófago

Deverá permanecer em jejum nas 6 horas que antecedem a realização do exame.

Os objectos metálicos podem interferir com as imagens, pelo que deverá retirar e piercings colocados na parte do corpo a examinar.

Se ainda tiver dúvidas pode consultar-nos por email ou junto do nosso contact-center.

RX – Trânsito Intestinal

Deverá vir levantar a preparação ao Centro Hospitalar de S. Francisco, quatro dias antes da realização do exame.

RX – Intestino Delgado (Trânsito)

Deverá vir em jejum, para a realização deste exame.

 Já no Centro Hospitalar de S. Francisco irá tomar um preparado, antes da realização do exame.

 Dependendo da forma como decorrer o exame poderá ter que permanecer no Centro Hospitalar de S. Francisco até cerca das 16 horas.

Ressonância Magnética – Abdómen

Deverá permanecer em jejum nas 6 horas que antecedem a realização do exame.

Os objectos metálicos podem interferir com as imagens, pelo que deverá retirar piercings colocados na parte do corpo a examinar.

Deverá fazer-se acompanhar pelos exames anteriores já realizados, relacionados com a situação a analisar.

Se ainda tiver dúvidas pode consultar-nos por email ou junto do nosso contact-center.

Anuscopia

No dia do exame não deverá almoçar. Pode, no entanto, beber chá açucarado ou outros líquidos transparentes, até à hora da realização do mesmo.

Cerca de uma hora antes de realizar o exame deverá colocar um “Clyss-Go” (adquirido previamente na farmácia), seguindo as instruções.

Endoscopia Digestiva Alta

PREPARAÇÃO

Deve fazer jejum de, pelo menos, 6 horas (sem comer nem beber);

Pode tomar a sua medicação habitual (exceto Antidiabéticos Orais) com um gole de água;

Se tiver exames anteriores deve trazê-los consigo;

Traga a medicação que se encontra a tomar;

Traga a prescrição do exame.

Se toma anticoagulantes ou antiagregantes plaquetares deve consultar o anexo “Medicamentos”.

SE FOR DIABÉTICO

Deve controlar a glicemia e saber ajustar a insulina;

Pode fazer insulina de ação lenta na véspera do exame à noite;

Na manhã do exame NÃO deve tomar insulina ou antidiabéticos orais;

No período de jejum se tiver valores de glicemia baixos deve colocar açúcar debaixo da língua ou chupar um rebuçado.

Em caso de dúvida, consulte o seu médico assistente.
Em caso de dúvida, contacte-nos através de 962 045 066

>Clique aqui para download e impressão do documento.

Unidades onde está disponível:

Ecografia Endovaginal, Dra. Conceição Sanches

Deverá beber 1.5lt de água, uma hora antes da realização do exame.

Deverá fazer-se acompanhar pelos exames anteriores já realizados, relacionados com a situação a analisar.

Unidades onde está disponível:

Ecografia Bexiga

Deverá beber 1.5lt de água, uma hora antes da realização do exame.

Deverá fazer-se acompanhar pelos exames anteriores já realizados, relacionados com a situação a analisar.

Unidades onde está disponível:

Eunice Girão Monteiro, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Seja qual for o exame a realizar

Deverá fazer-se acompanhar pelos exames anteriores já realizados, relacionados com a situação a analisar.

Colonoscopia Total

PREPARAÇÃO

1. Dieta nos 2 dias que antecedem o exame:

Pode comer
Líquidos transparentes sem gás ou álcool (água, chá açucarado, sumos de fruta sem polpa)
Pão branco;
Carnes brancas, peixe e ovos;
Canja ou caldo de carne;
Bolos, sobremesas doces, gelatina (exceto vermelha ou roxa);
Iogurte sem pedaços nem cereais.

Não pode comer

Qualquer tipo de fruta;
Frutos secos (nozes, avelãs, figos, pinhões, etc.);
Legumes (cebola, tomate, cenoura, nabo, etc.);
Leguminosas secas (feijão, grão, milho, etc.);
Qualquer tipo de cereais;

– Caso sofra de obstipação pode optar por fazer esta dieta até 5 dias antes do exame.

– Pode ainda tomar um laxante de forma a otimizar a preparação.

2. Adquirir Klean-prep ou Endofalk ou Moviprep ou Citrafleet ou Picoprep

OPÇÃO 1: MOVIPREP, ENDOFALK OU KLEAN-PREP

1- Preparar o produto de acordo com as instruções do folheto informativo respetivo;
2- Dividir em duas partes iguais.
 Se o exame for de manhã: beber metade do produto entre as 16h e as 18h e outra metade entre as 21h e as 23h na véspera dia do exame .
 Se o exame for de tarde: beber metade do produto entre as 20h e 22h na véspera e outra metade entre as 8h e as 10h no dia do exame.

Nota: Caso opte pelo Moviprep deve, após cada litro de preparado, ingerir imediatamente pelo menos1 litro de líquidos (água, chá, ou sumos sem polpa), no espaço de 30 minutos.

OPÇÃO 2: CTREFLEET OU PICOPREP

1- Tomar um comprimido laxante (ex. dulcolax, pursenide ou similar) ao deitar nos dois dias anteriores ao exame
2- Preparar o produto de acordo com as instruções do folheto informativo respetivo (beber 2L de líquidos após cada embalagem do preparado escolhido).
 Se o exame for de manhã: beber metade do produto cerca das 17h e a outra metade cerca das 22h, na véspera do exame;
 Se o exame for de tarde: beber metade do produto cerca das 20h na véspera e outra metade cerca das 8h, no dia do exame

EM TODAS AS OPÇÕES

A preparação está concluída quando beber todo o conteúdo e evacuar água completamente limpa.
Se tiver vómitos deve interromper a preparação e retomar após algum tempo de pausa.
Deve tomar a sua medicação de rotina, mesmo no dia do exame, exceto Antidiabéticos Orais
Se toma medicamentos deve consultar o anexo “Medicamentos”.

DEPOIS DE COMEÇAR A TOMAR A PREPARAÇÃO NÃO PODE COMER ALIMENTOS SÓLIDOS MAS PODE INGERIR LÍQUIDOS (chás, sumos sem polpa, gelatinas) ATÉ 4 HORAS ANTES DO EXAME

SE FOR DIABÉTICO

 Deve controlar a glicemia e saber ajustar a insulina;
 Pode fazer insulina de ação lenta na véspera do exame à noite;
 Na manhã do exame NÃO deve fazer insulina ou Antidiabéticos Orais;
 Deve “picar o dedo ” durante o dia da preparação e pode beber líquidos açucarados se obtiver valores baixos;
 No período de jejum, se tiver valores de glicemia baixos, deve colocar açúcar debaixo da língua ou chupar um rebuçado.

Em caso de dúvida consulte o seu médico assistente.

NO DIA DO EXAME

 Não ingerir alimentos sólidos; Pode apenas beber água, sumos sem polpa ou chá açucarado;
 Deve trazer toda a medicação que está a tomar;
 Traga a prescrição do exame;
 Se tiver exames anteriores deve trazê-los consigo;
 Preferencialmente deve fazer-se acompanhar por Análises (hemograma, plaquetas, protrombinémia) , sobretudo se tem história/indicação de remoção de pólipos.

Em caso de dúvida, contacte-nos através de 962 045 066

>Clique aqui para download e impressão do documento.

Unidades onde está disponível:

Eco-Döppler Abdominal

Deverá permanecer em jejum,nas 6 horas que antecedem a realização do exame.

Deverá fazer-se acompanhar pelos exames anteriores já realizados, relacionados com a situação a analisar.

Se ainda tiver dúvidas pode consultar-nos por email ou junto do nosso contact-center.

Colangiografia

Deverá permanecer em jejum nas 6 horas que antecedem a realização do exame.

Os objectos metálicos podem interferir com as imagens, pelo que deverá retirar piercing’s colocados na parte do corpo a examinar.

Deverá fazer-se acompanhar pelos exames anteriores já realizados, relacionados com a situação a analisar.

Se ainda tiver dúvidas pode consultar-nos por email ou junto do nosso contact-center.

Angio-TAC Cervical

Deverá permanecer em jejum nas 6 horas que antecedem a realização do exame.

Deverá fazer-se acompanhar pelos exames anteriores já realizados, relacionados com a situação a analisar.

Se ainda tiver dúvidas pode consultar-nos por email ou junto do nosso contact-center.

Otorrino com sub-especialização em Cirurgia Facial

O Médico Otorrinolaringologista Dr. José Carlos Neves, integra desde Março, o quadro clínico de prestadores do CHSF.

Especializado em Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervico-Facial, o Dr. José Carlos Neves tem dedicado a sua actividade à cirurgia facial, com Sub-especialização em Cirurgia Plástica Facial pela International Federation of Facial Plastic Surgery Societies (IFFPSS).

Entre as suas áreas de interesse destaca-se a cirurgia facial estética e reconstrutiva (rinoplastia, otoplastia, blefaroplastia, cirurgia de rejuvenescimento facial endoscópica – face lift cervico-facial, do terço médio e frontal -, reconstrução facial) e medicina estética (Botox®, preenchimento e peelings faciais).

Realiza consultas, na Unidade de Saúde de Leiria, à quinta-feira das 15h00 às 19h00.

As consultas podem ser marcadas através do formulário ou pelo nosso contact-center.

Electroencefalograma

O que é?

O Electroencefalograma (EEG) é um exame auxiliar de diagnóstico, não invasivo, que avalia a actividade eléctrica cerebral, através da diferença de potencial entre dois pontos no escalpe.

Ao realizar uma análise correcta dos sinais eléctricos cerebrais, torna-o importante no auxílio de diagnóstico de diversas patologias do foro cerebral.

Para que serve?

Associado a outro tipo de exames ajuda no diagnóstico de epilepsias, algumas cefaleias, dificuldades escolares ou atrasos intelectuais, depressões ou ansiedade, alterações de comportamento, défices cognitivos ou motores, sequelas de traumatismos cranianos ou de infecções meníngeas, perda de conhecimento, e demências.

É sobretudo utilizado em estudos de Epilepsia, cefaleias, e em patologias do sono, como hipersonolência diurna. Associado a sensores cardiorespiratórios faz uma melhor caracterização dos quadros de apneias que fragmentam o sono, e perturbações intrinsecas do sono como a Narcolepsia.

Normalmente, no estudo da Epilepsia, os doentes são Monitorizados com Video-EEG, isto é, realizam um electroencefalograma mas com registo de Video, assim permite estabelecer conexão entre as alterações eléctricas do encéfalo e as manifestações clínicas.

Como é realizado o exame?

O paciente fica deitado numa marquesa.

Durante a preparação são limpos uns pontos estratégicos, homologados Internacionalmente no couro cabeludo onde são colocados eléctrodos de disco com uma pasta condutora.

Ao iniciar o exame, a actividade cerebral é captada pelos eléctrodos, registada no computador, e analisada mais tarde por um profissional de saúde capacitado para tal.

Este exame requer provas de activação, ou seja, certos “exercícios” realizados durante o exame pelo paciente que podem alterar a actividade cerebral e mostra-las no registo. As provas de rotina são a Hiperpneia (HPP), uma prova de respiração de 3 minutos, e a Estimulação Luminosa Intermitente (ELI), que é um conjunto de flashs de frequência variável. Além destas, existem outras como por exemplo a prova de sono.

Tipos de Electroencefalograma

No nosso hospital pode realizar os seguintes exames de EEG:

Unidades onde está disponível:

Colonoscopia, sem anestesia, realizada no CHSF Pombal

 

Clique aqui para download e impressão da preparação para o exame “KLEAN PREP” a realizar da parte da manhã.

Clique aqui para download e impressão da preparação para o exame “KLEAN PREP” a realizar da parte da tarde.

Clique aqui para download ou impressão do consentimento informado para o exame colonoscopia no CHSF unidade de Pombal.

Se for intolerante a este medicamento por favor contacte os nossos serviços.

Endoscopia Alta – CHSF Pombal

  • O seu estômago deve estar vazio, pelo que não deve comer ou beber durante as 8 horas anteriores à realização do exame.
  • Se necessitar de tomar comprimidos, (na manhã do dia em que realiza o exame) poderá fazê-lo com um pouco de água.
  • Não tome medicamentos líquidos de cor branca ou outra (por exemplo anti-ácidos).

Clique aqui para download e impressão do consentimento informado.

Já disponíveis as aulas de Pós-Parto

O que é?

No período pós-parto, o corpo deve adaptar-se à perda repentina de peso, à alteração do centro de gravidade e ajustes posturais associados. O exercício no período pós-parto é a chave para o retorno rápido e máximo da função muscular para a restauração da saúde da mãe.

Objectivos das aulas de recuperação Pós-Parto

Iniciar um programa de recuperação pós-parto ajuda a fortalecer as regiões do corpo que ficaram mais vulneráveis com a gravidez e o parto. As áreas mais sensíveis e afectadas são o pavimento pélvico, os músculos abdominais e a postura corporal.

Um programa completo de exercícios feito neste período, pode geralmente evitar problemas futuros, como:

  • Disfunção do soalho pélvico;
  • Má postura;
  • Mutilidade gastrointestinal reduzida;
  • Desconforto nas costas e pescoço;
  • Pouca força abdominal;
  • Fadiga;
  • Dificuldade em amamentar;
  • E, possivelmente uma auto-imagem negativa.

Assim, o programa tem como objectivos:

  • Correcção postural;
  • Tonificação muscular;
  • Fortalecimento da musculatura abdominal e do pavimento pélvico;
  • Alongamentos;
  • Relaxamento;
  • Esclarecimento de dúvidas.

Inscrição no curso

As aulas de pós-parto devem ter início por volta da 4ª a 6ª semana pós-parto, sendo que a inscrição deverá ser realizada junto da recepção do Serviço de Medicina Física e Reabilitação, entre as 8h30 e as 19h00.

Existe acordo/ protocolo para diversos sub-sistemas de saúde.

As aulas realizam-se, habitualmente, às Terças e Quintas -feiras das 14.00h às 15.00h.

Escolha roupa confortável para a prática de exercício, o soutien e as sapatilhas devem também ser confortáveis. Pode trazer consigo o seu bebé se assim o desejar.

Acordos gerais:

Confirme com o nosso call center se:
. o seu sistema de saúde cobre a totalidade desta especialidade ou se existem excepções;
. se o médico pretendido está incluido no acordo;
. se a unidade de saúde onde pretende a consulta ou exame está incluída no acordo.

O preenchimento dos sulcos e rugas

O preenchimento dos sulcos e rugas da face é um método pouco invasivo, de resultados imediatos e segurança elevada de rejuvenescimento facial. Ele é muitas vezes associado ao uso de Toxína Botulínica – Botox ®.

O ácido hialurónico, actualmente o preenchimento mais utilizado, é uma macromolécula encontrada no nosso organismo que se acredita ser o principal componente responsável pela manutenção da hidratação cutânea. Ao reter água ela é também importante na preservação da volume tecidular.

Antes da aplicação do ácido hialurónico procede-se a uma anestesia local, que pode ser feita através de um bloqueio troncolar (da região a tratar) ou utlizando, apenas, um creme anestésico.  O tratamento  demora cerca de 15 a 20 min. Podem observar-se algumas equimoses (nódoas negras) e algum hematoma nas 48 horas posteriores.

O ácido hialurónico pode ser usado para preencher os sulcos naso-genianos (ao lado do nariz), o código de barras do lábio superior (com o preenchimento do lábio), as maças do rosto e os sulcos do rebordo orbitário (responsável pelas olheiras).

Em complemento a esta informação pode ver a página do Dr. José Carlos Neves e ler outros artigos sobre Cirurgia Plástica Facial.

A Bioplastia

A Bioplastia é uma nova técnica que permite a remodulação da volumetria da face sem necessidade de incisões. Ela é essencialmente útil na reposição do volume perdido durante o processo de envelhecimento.

As regiões mais vezes tratadas com esta técnica são as maçãs do rosto e área sub-orbitária, a bordo e ângulo da mandíbula e o mento.

Podem ser usados dois tipos de preenchimentos: o Ácido Hialurónico, cuja durabilidade se situa entre os 12 e os 18 meses, e o PMMA (Polimetilmetacrilato), de características mais definitivas.

Em complemento a esta informação pode ver a página do Dr. José Carlos Neves e ler outros artigos sobre Cirurgia Plástica Facial.

O Botox®

O Botox® (toxina botulínica)  é uma proteína purificada obtida a partir do Clostridium botulinum. Quando injectada no tecido muscular, ela actua relaxando-o reduzindo assim os efeitos da mímica  facial recorrente evitando o aparecimento e aprofundamento das rugas de expressão. Não se trata de um preenchimento, como tantas vezes erradamente se descreve, não tendo por isso qualquer indicação para aumento de lábio.

É uma molécula já usada desde os anos 80 por oftalmologistas no tratamento de estrabismo e por neurologistas para tratar distonias musculares com excelentes resultados. A sua segurança está, por isso, bem comprovada. A dose tóxica é superior a mais de 100 vezes a dose usada num tratamento padrão.

Os resultados do Botox ® são particularmente extraordinários no terço superior da face, na região da fronte e dos pés de galinha. Além disso, uma elevação da sobrancelha pode ser conseguida com a aplicação estratégica no terço externo do supracilio de unidades controldas, simulando-se um efeito de lifting daquela região, conferindo ao olhar uma expressão mais jovem e feminina, quando desejado. Na primeira aplicação os efeitos durarão apenas cerca de 4 meses. Com a aplicação continuada o período de acção da proteína poderá estender-se até mais de 9 meses.

Apesar de os efeitos secundários serem extremamente infrequentes, a administração deve ser realizada por um médico especializado, dada a complexidade da estrutura muscular responsável pela mímica. Alguns dos efeitos indesejáveis são a assimetria facial, a ptose da pálpebra superior (queda da pálpebra superior) e o ectrópion da pálpebra inferior (insuficiência e inversão da pálpebra inferior). Qualquer destes efeitos será evitado pelo clínico experiente. Após a administração da molécula, podem surgir pequenos hematomas ou uma ligeira cefaleia.

A filosofia em torno do Botox ® baseia-se sobretudo na prevenção do aparecimento de rugas de expressão. Por isso, é a partir dos 30 anos que se recorre á sua aplicação, evitando-se os sinais do envelhecimento ao preservar a pele com uma anatomia livre das típicas fracturas, as rugas, causadas pela contracções musculares repetidas pela mímica facial.

Em complemento a esta informação pode ver a página do Dr. José Carlos Neves e ler outros artigos sobre Cirurgia Plástica Facial.

A Mentoplastia

A Mentoplastia é o procedimento que aumenta o queixo. O mento retraido cria uma desarmonia facial com a ilusão de um nariz maior. É a reposição desse volume que proporciona o  equilibrio do perfil do rosto.

O aumento do mento pode ser realizado através da Bioplastia ou através da implantação de uma prótese (por exemplo de silicone). A prótese pode ser introduzida de duas formas: através de uma incisão sub-mentoniana, imediatamente por baixo do queixo, ou através de uma incisão oral, por trás do lábio inferior.

A cirurgia pode ser realizada em regime de ambulatório.

Em complemento a esta informação pode ver a página do Dr. José Carlos Neves e ler outros artigos sobre Cirurgia Plástica Facial.

O Mid-Face Lift

O Mid-Face Lift consiste na reposição do volume da região malar (maça do rosto) e infra-orbitária através da suspensão do terço médio da face.

A queda do terço médio facial, região compreendida entre duas linhas horizontais que passam pelos olhos e pelos lábios, é das primeiras alterações que podem ser observadas durante o processo de envelhecimento. Este movimento de descida vai condicionar uma diminuição do volume das maças do rosto, aparecimento do rebordo ósseo orbitário e das bolsas de gordura infra-orbitárias. Além disso, o sulco naso-geniano (ao lado do nariz) vai-se pronunciando.

O reposicionanto do terço médio facial pode associar-se a outros procedimentos: Blefaroplastia, Frontoplastia e Face Lift.

Em complemento a esta informação pode ver a página do Dr. José Carlos Neves e ler outros artigos sobre Cirurgia Plástica Facial.

O Face Lift

O Face Lift (Ritidoplastia) é a cirurgia que rejuvenesce o rosto, melhorando o contorno facial e eleminando as rugas da região cervical (pescoço) e da face.

O processo de envelhecimento torna-se visível a partir dos 30 anos, quando aparecem as primeiras rugas lateralmente aos olhos (os pés de galinha) e os sulcos naso-genianos se aprofundam (lateralmente ao nariz).

Na decada seguinte começam a mostrar-se as bolsas de gordura por baixo dos olhos, as rugas na testa pronunciam-se e as sobrancelhas vão descaindo. A gordura da face vai descendo recobrindo a mandibula perdendo esta definição. Em alguns sectores do rosto há absorção de gordura, que condiciona um aspecto mais cansado e envelhecido.

A partir dos 50 anos todos estes processos se acentuam assumindo o rosto e o pescoço um aspecto mais enrugado, as sobrancelhas insinuam-se sobre os olhos com estes mais afundados. Associado a este processo mecânico de envelhecimento ha a progressiva alteração da qualidade da pele.

O conceito do Face Lift actual centra-se na suspensão dos tecidos sub-cutâneos que vão cedendo ao efeito da gravidade ao longo do anos cujo vector é dirigido verticalmente. Por seu lado a pele adapta-se sobre estes tecidos agora reposicionados sem a evidencia de qualquer tensão, conferindo-se um aspecto natural e não cirúrgico. A incisão é, geralmente, iniciada na linha do cabelo na região das têmporas e prolonga-se contornando a orelha, à frente e atrás. Ela pode ser associada a blefaroplastia, frontoplastia e mid-face lift.

O pós-operatório não é doloroso, mas o paciente deve estar preparado para o edema e as equimoses que se observam durante as primeiras semanas. A cirurgia pode ser realizada em ambulatório ou necessitar de um dia de internamento.

Em complemento a esta informação pode ver a página do Dr. José Carlos Neves e ler outros artigos sobre Cirurgia Plástica Facial.

Frontoplastia

A frontoplastia é a cirurgia que corrige a posição caída das sobrancelhas e as rugas da testa envelhecida. É muitas vezes associada á blefaroplastia.

A endoscopia veio revolucionar a velocidade de recuperação e a redução drástica de incisões necessárias. Na verdade trata-se de um procedimento com 3 a 5 incisões com cerca de 15 mm cada, escondidas no couro cabeludo. Depois do descolamento dos tecidos realizado é aplicado uma fixação com vector vertical que reposiciona a sobrancelha no nível e na forma desejados.

É um procedimento realizado sob anestesia local ou geral em regime de ambulatório. A recuperação acompanha a da blefaroplastia em cerca de 1 semana.

Em complemento a esta informação pode ver a página do Dr. José Carlos Neves e ler outros artigos sobre Cirurgia Plástica Facial.

Blefaroplastia

A blefaroplastia é a cirurgia das pálpebras superiores e inferiores. O objectivo desta cirurgia é remover o excesso de pele e o excesso de gordura, rejuvenescendo a expressão do olhar.

Na pálpebra superior vai-se observando um excesso de pele que acompanha a queda da sobrancelha. Esse excesso de pele pode ser removido sob anestesia local ou geral, deixando-se uma linha cicatricial que fica escondida no sulco criado na pálpebra superior pela abertura dos olhos.

Geralmente a blefaroplastia superior é acompanhada pela Frontoplastia Endoscópica (reposicionamento das sobrancelhas).

A blefaroplastia inferior trata as bolsas de gordura e as rugas sob os olhos, que conferem um ar cansado e pesado ao olhar. A incisão é realizada imediatamente abaixo das pestanas, sendo a cicatrização quase imperceptivel. Este procedimento pode ser acompanhado pelo reposicionamento de volume das regiões malares e dos sulcos naso-jugais, conferindo-se um aspecto bastante rejuvenescido (ver Bioplastia, Preenchimento e Mid-Face Lift).

A cirurgia pode ser realizada em regime de ambulatório. Por vezes são observados alguns hematomas, sendo por isso a recuperação de cerca de 1 semana.

Em complemento a esta informação pode ver a página do Dr. José Carlos Neves e ler outros artigos sobre Cirurgia Plástica Facial.

Otoplastia

A otoplastia é a cirurgia que corrige defeitos do pavilhão auricular (orelhas), em especial as orelhas de abano. Esta cirurgia é geralmente realizada durante a infância, altura em que o aspecto da orelha começa a afectar psicologicamente a criança, que se torna um alvo fácil de piadas dos colegas.

O objectivo da cirurgia é aproximar o pavilhão auricular da cabeça e proporcionar uma definição exacta das curvas auriculares. A unica incisão usada é retro-auricular (atrás do pavilhão auricular) ficando, então, protegida pela orelha. A cirurgia pode ser realizada sob anestesia local ou geral não necessitando de internamento.

O período de recuperação, com dor muito ligeira respondendo a analgésicos, é de geralmente 1 semana.

Em complemento a esta informação pode ver a página do Dr. José Carlos Neves e ler outros artigos sobre Cirurgia Plástica Facial.

Septoplastia

A septoplastia é a cirurgia que corrige desvios da estrutura central do nariz, o septo nasal. Ela é realizada quando existem problemas funcionais, causados pela obstrução das cavidades nasais, que resultam em insuficiência respiratória nasal e/ou fenómenos de sinusite, e quando existem problemas estéticos, se o desvio do septo nasal condiciona o posicionamento da pirâmide nasal.

O septo nasal é uma estrutura osteo-cartilaginosa recoberto por mucosa. Para se adereçar a estrututa esquelética é necessaria uma incisão vertical na mucosa no vestibulo nasal (á entrada do nariz) que não será visivel. A cirurgia é, geralmente, realizada em regime de ambulatório, sendo, por isso, necessário permanecer na clinica apenas as primeiras 4 horas após a cirurgia.

O pós-operatório é geralmente indolor. O desconforto pós-operatório deve-se sobretudo ao tamponamento nasal (quando necessário) que se mantém por 1 ou 2 dias. De realçar  que o destamponamento é um momento perfeitamente tranquilo e sem dor já que usamos um tampão personalizado, delicado e plastificado, o que permite um deslizamento atraumático.

A recuperação pós-operatória é de 5 a 7 dias.

Em complemento a esta informação pode ver a página do Dr. José Carlos Neves e ler outros artigos sobre Cirurgia Plástica Facial.

Rinoplastia

A Rinoplastia é a cirurgia facial mais realizada em todo o mundo. Tem como objectivo um aperfeiçoamento estético, nunca, porém, esquecendo a  vertente funcional. Na verdade, o nariz é uma estrutura única que não pode ser encarada como um elemento estético central da face sem se considerar que estamos perante o primeiro órgão do aparelho respiratório. O cirurgião deve, por isso, dominar a anatomia e os conceitos cirúrgicos do nariz como um todo e não por secções.

Na primeira consulta, um candidato a rinoplastia é sujeito a uma avaliação completa de toda a estrutura nasal, desde a pirâmide exterior e a sua relação com a restante anatomia facial, até ás estruturas endo-nasais, tais como o septo e os cornetos nasais e os seios peri-nasais. Quando é diagnosticada patologia naso-sinusal, esta pode ser corrigida durante o mesmo procedimento cirúrgico.

A análise do resultado desejado é feita em função da globalidade da face, procurando-se um nariz harmonioso inserido no contexto particular do individuo sem estigmas de “nariz operado”.

Como ferramentas de ajuda a essa programação e discussão utiliza-se simulação informatizada e pré e pós operatórios de outros casos similares. São sempre realizadas fotografias antes e depois da cirurgia. A confidencialidade das mesmas é uma garantia dada pelos nossos serviços.

Na consulta pré-operatória é dada especial atenção a esclarecimentos anatómicos globais e individuais e de todo o processo cirúrgico.

A rinoplastia sofreu ao longo das últimas décadas avanços em conceitos e técnicas, assim como a cirurgia facial no geral. Na maior parte dos casos nenhuma cicatriz exterior é utilizada.  Quando é imprescindível a sua realização, ela é colocada na columela (porção central que separa as 2 narinas) onde a visibilidade é diminuída e a cicatrização é favorável. Os hematomas faciais, principalmente peri-oculares, apenas estão presentes quando se efectuam osteotomias (fracturas dos ossos nasais para reposicionamento). No entanto, e apesar da aparente agressividade, a cirurgia é praticamente indolor. O desconforto pós-operatório deve-se sobretudo ao tamponamento nasal (quando necessário) que se mantém por 6 dias. De realçar  que o destamponamento é um momento perfeitamente tranquilo e sem dor já que usamos um tampão personalizado, delicado e plastificado, o que permite um deslizamento atraumático.

A cirurgia é realizada em regime de ambulatório, isto é, ao fim de 4 horas após a cirurgia o paciente terá alta, não sendo necessário, portanto, pernoitar na clínica cirúrgica.

Em complemento a esta informação pode ver a página do Dr. José Carlos Neves e ler outros artigos sobre Cirurgia Plástica Facial.

Preenchimento do lábio

O preenchimento do lábio é usado em lábios com pouco volume e pouca definição bem como em lábios envelhecidos que perderam volume levando ao aparecimento do código de barras, enrugamento vertical do lábio superior.

Nestas situações pode ser usado o ácido hialurónico (ver Preenchimento de Rugas e Sulcos).

Em complemento a esta informação pode ver a página do Dr. José Carlos Neves e ler outros artigos sobre Cirurgia Plástica Facial.

Peelings

Os peelings são produtos químicos, na maioria das vezes ácidos, que são passados sobre a pele com o objectivo de causar uma descamação (peel do inglês quer dizer descascar).

A pele ao regenerar-se apresenta um aspecto mais jovial e liso, perdendo algumas das suas rugas e manchas.

Os peelings superficiais são compostos químicos que agem superficialmente na pele causando uma aceleração no processo de formação de uma nova camada superficial.

Consequentemente, lesões como manchas que se encontrem superficialmente podem melhorar com a aplicação destes tipos de peelings. O número de aplicações varia de pessoa para pessoa.

Os mais utilizados são os peelings de ácido glicólico, ácido retinóico e ácido salicílico. São peelings que causam descamação moderada, que pode ser camuflada com o uso de maquiagem. Não causam muita dor e a aplicação é rápida.

Os peelings médios causam uma abrasão e uma descamação mais acentuada, atingindo até a camada média da pele (derme superficial). São indicados para manchas mais profundas ou para rugas mais intensas. Os mais utilizados são os ácido tricloroacético (ATA). Causam formação de crosta mais acentuada que os superficiais.

O peeling profundo é o peeling de fenol. Atinge a camada mais profunda da pele (início da derme reticular) e causa descamação intensa. Não é usado por nós na actualidade.

Todos os peelings são realizados em consultório.

Em complemento a esta informação pode ver a página do Dr. José Carlos Neves e ler outros artigos sobre Cirurgia Plástica Facial.

Cirurgia Plástica Facial

Dedicamo-nos a refinar e a rejuvenescer o seu rosto

A cirurgia plástica facial constitui um desafio para o cirurgião  e para o paciente. Por ser o nosso cartão de visita, a cirurgia da face exige, mais do que qualquer outra, resultados previsíveis e harmoniosos.

Na última década assistiu-se a um incremento significativo da procura de procedimentos faciais de rejuvenescimento e de restruturação, idealizando um aspecto jovial e atractivo. De facto, a segurança e o aparecimento de novos conceitos veio facilitar  uma resposta bastante apreciada e estável.

A cirurgia da face, cirurgia plástica facial, é uma área de confluência de várias especialidades tendo nos últimos anos merecido dedicação exclusiva de vários cirurgiões em todo o mundo.

O objectivo desta diferenciação é a prestação de cuidados qualificados, com a obtenção dos melhores resultados funcionais e estéticos. A face deve, portanto, ser tratada como um todo e não por segmentos.

Com o desenvolvimento das Academias de Cirurgia Plástica Facial em todo o mundo (a European Academy of Facial Plastic Surgery) foi conseguida uma uniformização de conceitos, que permite compreender quais as melhores soluções terapêuticas e as melhores técnicas cirúrgicas para os objectivos pretendidos.

Procedimentos Cirúrgicos

Medicina Estética

Pediatria

O Centro Hospitalar de S. Francisco, dispõe de um serviço de Pediatria dedicado ao atendimento de crianças e jovens dos 0 até aos 18 anos, na Unidade de Saúde de Leiria.

As consultas desta especialidade são asseguradas pelos pediatras António Filipe, João MonteiroLuís Seabra, Gina Rubino e Estefânia Maia e decorrem de segunda a sexta-feira. O Centro Hospitalar de S. Francisco dispõe de acordo para a Consulta de Pediatria com vários Acordos e Sub-Sistemas de Saúde.

A ala de Pediatria, situada no piso zero do edificio poente, foi concebida à medida dos mais novos, desde o imobiliário à decoração da sala de espera e área para brincar. Além de três consultórios, o novo espaço conta ainda com salas de observação e tratamento.

No blog da pediatria pode ler e comentar alguns artigos da responsabilidade dos Pediatras deste Centro Hospitalar destinados aos futuros e actuais pais.

As consultas podem ser marcadas através do formulário ou pelo nosso contact-center.

Corpo Clínico:

Unidades onde está disponível:

Cuide do seu coração

Sabia que a Doença Coronária ou Doença Cardiovascular (DCV) constitui a principal causa de morte nos países desenvolvidos?

Sabe-se hoje que uma intervenção atempada, nomeadamente com o controle dos chamados factores de risco CV, comprovadamente diminui a mortalidade e doença (morbilidade) por DCV.

Os principais factores de risco CV são a Hipertensão arterial (HTA), Hábitos tabágicos, Diabetes e Dislipidemia (níveis sanguíneos elevados de Colesterol ou Triglicerídeos).

A Cardiologia trata estes problemas para prevenir as manifestações da DCV (angina de peito ou enfarte do miocárdio).

No Centro Hospitalar de S. Francisco dispomos de um espaço que se dedica à prevenção, diagnóstico e tratamento das doenças do coração!

Para marcar uma consulta, use o formulário ou fale com o nosso contact-center.

Temos acordo com vários sub-sistemas de saúde, incluindo o Serviço Nacional de Saúde.

ECG Holter

O que é e para que serve?

O Holter é o registo contínuo de 24 horas do seu ritmo cardíaco durante a sua actividade diária normal. Destina-se a detectar anomalias intermitentes e a correlacionar os seus sintomas com eventuais alterações do electrocardiograma.

É necessária alguma preparação?

Não é necessária qualquer preparação. Deve levar roupas largas de
preferência com botões à frente o que facilitará a aplicação do equipamento
assim como o seu transporte durante o dia.

Como é feito?

A ligação é efectuada por um técnico especializado. O tórax é desengordurado com álcool podendo ser necessário rapar alguns pêlos nos homens. Os eléctrodos são aplicados e ligados através de fios a um registador que será transportado à cintura numa bolsa apropriada. É fornecido um diário para preenchimento e durante as 24 horas deve fazer a sua vida normal excepto tomar banho e seguir as instruções dadas pelo técnico. Após as 24 horas deve voltar à clínica para lhe ser retirado o equipamento. O registo será analisado pelo técnico com o auxilio de um programa de computador e revisto pelo médico cardiologista.

Quanto tempo demora?

Demora aproximadamente 10 a 15 minutos a colocar o registador e menos de 5
minutos a removê-lo. O relatório no entanto só estará pronto após alguns dias pois o registo gravado das 24h terá que ser analisado cuidadosamente.

Envolve algum risco?

É um exame completamente seguro sem qualquer risco. Alguns doentes são
sensíveis ao adesivo dos eléctrodos mas não é habitual haver reacções alérgicas
importantes.

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Acordos gerais:

Confirme com o nosso call center se:
. o seu sistema de saúde cobre a totalidade desta especialidade ou se existem excepções;
. se o médico pretendido está incluido no acordo;
. se a unidade de saúde onde pretende a consulta ou exame está incluída no acordo.

Carla Gapo, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

José Carlos Neves, Dr.

Dr. Jose_Carlos_Neves

Dedica-se a cirurgia facial estética e reconstrutiva (rinoplastia, otoplastia, blefaroplastia, cirurgia de rejuvenescimento facial endoscópica - face lift cervico-facial, do terço médio e frontal -, reconstrução facial) e medicina estética (Botox®, preenchimento e peelings faciais).

Mantém actividade em Otorrinolaringologia geral.

Licenciado em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra, 1998.

Especializou-se em Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervico-Facial nos Hospitais da Universidade de Coimbra, 2006.

Foi Assistente de aula práticas da Cadeira Otorrinolaringologia da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra, 2001 a 2006; Assistente de aula práticas das Cadeiras de Anatomo-Fisiologia e de Vestibulogia II da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra, 2001 a 2005.

Sub-especialização em Cirurgia Plástica Facial pela International Federation of Facial Plastic Surgery Societies (IFFPSS).

Nos anos de 2007 e 2008 realizou o Fellowship em Cirurgia Plástica Facial nos Estados Unidos da América: Johns Hopkins, Baltimore MD; OSHU Hospital, Portland OR; Larrabee Center, Seattle WA; e estagiou 6 meses no Brasil: Hospital das Clinicas e Clinica Jurado, Sao Paulo; Clinica Wilson Dewes, Rio Grande do Sul.

Delegado Nacional Português da Academia Europeia de Cirurgia Plástica Facial desde 2008.

Participa regularmente em conferências e palestras no âmbito da Cirurgia Plástica Facial a nível nacional e internacional.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Ricardo Araujo, Dr.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Silva Guimarães, Dr.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Sergio Livraghi, Dr.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Serafim Carvalho, Dr.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Sandra Ribeiro, Dra.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Sandra Freire, Dra.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Rui Perdigoto, Prof.Dr.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Daniela Madama, Dra.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Roque Loureiro, Dr.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Regina Marcelino, Dra.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Raquel Cardoso, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Pedro Trancoso, Dr.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Paulo Temido, Dr.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Paulo Coelho, Dr.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Paula Pinheiro, Dra.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Orlando Santos, Dr.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Nuno Quintal, Dr.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Nelida Borges, Dra.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Nélia Bento, Dra.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Natalia Machado, Dra.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Miguel Coelho, Dr.

Doenças da Tiróide, Hérnias da parede abdominal, inguinais, umbilicais e incisionais, Doenças da Vesícula Biliar, Proctologia – Fissura e Fístula anal, Hemorroides e Prolapso, Varizes dos Membros.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Martinha Henrique, Dra.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Marques Resende, Dr.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Mario Reis, Dr.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Mario Galveias, Dr.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Maria Teresa Brito Camara, Dra.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Maria José Dias, Dra.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Maria João Rebola, Dra.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Margarida Cruz, Dra.

Margarida-Cruz_Reumatologista

Licenciou-se em Medicina na Faculdade de Medicina de Lisboa com 23 anos, no ano lectivo de 1994/95, com média de 15,6 valores. Obteve a classificação de 81% no exame de acesso à especialidade que realizou em 1997, tendo ficado colocada no 77º lugar entre 678 candidatos.

Realizou o Internato Complementar na Unidade de Reumatologia do Hospital de Egas Moniz, em Lisboa, entre Janeiro de 1998 e Dezembro de 2003.

Foi responsável pela coordenação inicial do funcionamento do Hospital de Dia na Unidade de Reumatologia do Hospital de Egas Moniz e pelo seguimento protocolado de doentes com artrite reumatóide medicados com agentes biotecnológicos, entre 2000 e 2003.

Foi responsável pela implementação da ecografia do aparelho locomotor na mesma Unidade, e pela sua realização assídua.

Fez exame para obtenção do grau de especialista em Fevereiro de 2003, tendo sido classificada com 19,4 valores. Concorreu, no 1º de dois lugares, a uma das duas vagas nacionais de Assistente eventual de Reumatologia em 2003, tendo escolhido e preenchido a vaga no Hospital Distrital de Faro.

Trabalhou entre Setembro de 2003 e Setembro de 2005 no Hospital Distrital de Faro. Foi responsável pela elaboração do projecto de instalação de uma Unidade de Reumatologia nesse Hospital, tendo concretizado o funcionamento regular do mesmo ao fim de um mês. Foi responsável pela realização de consultas externas de Reumatologia, pelo seguimento de doentes em internamento, pela observação e seguimento protocolado de doentes tratados em regime de Hospital de Dia, pela observação de doentes em outros Serviços e pela realização de técnicas reumatológicas diagnósticas e terapêuticas e de ecografias do aparelho locomotor.

Foi classificada no 1º de quatro lugares em 2004 no concurso interno de provimento de um lugar de Assistente de Reumatologia do quadro de pessoal do Centro Hospitalar das Caldas da Rainha, com 18,86 valores, o qual ocupou.

É responsável pelo Serviço de Reumatologia do Centro Hospitalar Oeste Norte – Caldas da Rainha desde Setembro de 2005.

Esteve presente em 100 reuniões científicas e cursos, nacionais e internacionais, tendo participado activamente com a apresentação de trabalhos em 46 delas.

Foi primeira autora de 19 artigos e co-autora de 11 artigos publicados em revistas científicas, nacionais e internacionais; elaborou 2 capítulos de um livro de bolso sobre Reumatologia.

Coordenou e participou na elaboração de kits pedagógicos num projecto da Direcção Geral de Saúde orientada para a formação em Medicina Familiar sobre terapêutica das doenças reumáticas. É primeira autora de 31 e co-autora de 33 trabalhos publicados sob a forma de resumo.

Fez uma pós-graduação em acupunctura médica na Faculdade de Ciências Médicas de Lisboa, reconhecida pela Ordem dos Médicos, com a classificação de 19 valores e foi instrutora no segundo curso dessa pós-graduação. Colabora como investigadora associada em vários projectos de investigação e protocolos clínicos.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Luís Teles, Dr.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Luís Cruz Ferreira, Dr.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

José Tomas, Dr.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

José Pedrosa, Dr.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

José Mousinho, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

José Barbosa, Dr.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Jorge Alçada, Dr.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Joaquim Mira, Dr.

Diretor Clínico do Centro Hospitalar de S. Francisco, S.A.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

João Pignatelli, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

João Morgado, Dr.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

João Filipe da Silva, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

João Dinis, Dr.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Jacinto Loureiro, Dr.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Hugo Oliveira, Dr.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Helena Vasconcelos, Dra.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Filipe Henriques, Dr.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Fernando Travassos, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Fernando Girão, Dr.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Fernanda Brum, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Ernesto Moura, Dr.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Erlander Baeta, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Elisabete Valente, Dra.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Dulce Pais Gomes, Dra.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Cristina Fernandes, Dra.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Conceição Gonçalves, Dra.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Clotilde Lérias, Dra.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Tiago Caldeira Santos, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Vitoria Guiote, Dra.

 

 

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Carlos Sofia, Prof. Dr.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Carlos Pinho, Dr.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Carlos Loureiro, Dr.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Carla Silva Rodrigues, Dra.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

CA Seguros

CASEGUROS

www.ca-seguros.pt

Confirme com o nosso call center se:
. o seu sistema de saúde cobre a totalidade desta especialidade ou se existem excepções;
. se o médico pretendido está incluido no acordo;
. se a unidade de saúde onde pretende a consulta ou exame está incluída no acordo.

SAMS SIB

sibanca

www.sibanca.pt

Confirme com o nosso call center se:
. o seu sistema de saúde cobre a totalidade desta especialidade ou se existem excepções;
. se o médico pretendido está incluido no acordo;
. se a unidade de saúde onde pretende a consulta ou exame está incluída no acordo.

Bruno Rodrigues, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Brito Câmara, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

António Sá, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

António Poças, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

António Peliz, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

António Cabeço, Dr.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Ana Sofia Palmela, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Ana Roseiro, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Ana Inácio, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Ana Guerra, Dra.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Frederico Gomes, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Américo Silva, Dr.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Alexandre Antunes, Dr.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Acordos gerais:

Confirme com o nosso call center se:
. o seu sistema de saúde cobre a totalidade desta especialidade ou se existem excepções;
. se o médico pretendido está incluido no acordo;
. se a unidade de saúde onde pretende a consulta ou exame está incluída no acordo.

Alexandra Xavier, Dra.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Alda Helena Pimenta, Dra.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Alcinda David, Dra.

Especialista de Neurologia, Especialidade de EEG/ Neurofisiologia Clínica, “Somnologist”, Mestre em Medicina do Sono, Assistente Hospitalar Graduada com o Grau de Consultor em Neurologia e Ciclo de Estudos Especiais de Neurofisiologia Clínica.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Agua Dias, Dr.


Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Urografia

Veja a Preparação necessária para a realização deste exame

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Clister Opaco

Veja a preparação necessária para a realização deste exame.

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

António Lacerda Sales, Dr.

Ortopedia

Licenciado em medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra, tem no seu currículo a realização de uma cirurgia pioneira em Portugal ao nível da articulação radiocárpica com a colocação de Prótese do Punho (Universal Total Wrist 2), com indicação primária para doentes com patologia reumatismal sendo ainda o responsável pela introdução de uma técnica pioneira na patologia de Canal Cárpico.

Na área da medicina privada tem-se direccionado no sentido da Medicina Desportiva, diferenciado o seu trabalho na área da patologia do joelho iniciando a realização de próteses totais do joelho assistidas por computador, passando depois a ser utilizada como técnica regular.

Em 2006 iniciou a Artroscopia do Ombro para tratamento de  instabilidades da articulação e tendo no ano seguinte iniciado a Artroscopia do Tornozelo assim como tratamentos relativos a patologias dessa articulação. Tem ainda participado em diversas cirurgias tanto em Portugal como nos Estados Unidos.

Além da sua actividade profissional, tem realizado investigação de novos materiais para cirurgia tendinosa e para fracturas da extremidade distal do rádio assim como tem desenvolvido actividade docente. Colabora com a imprensa regional e nacional, como a revista “Visão” e publicou ainda o livro “Guia Prático do Desportista em Situação de Lesão”.

Especialidades:

Unidades onde está disponível:

Recursos Humanos

Envio de Candidatura

As candidaturas devem ser enviadas directamente para o e-mail recursos.humanos@chsf.pt , indicando o Nome, Email, Área de Candidatura, uma breve apresentação e Anexar CV (doc, pdf).

Sempre que tiver dúvidas pode consultar-nos por email ou junto do nosso call-center. Teremos muito prazer em ajudar.

TAC’s sem preparação

Coluna cervical

Coluna dorsal

Coluna lombo-sagrada

Coluna sacro-coccigea

Charneira cranio-vertebral

Seios peri-nasais

Dental-scan

Articulações têmporo-mandibular

Articulações sacro-iliacas

Membros

Uro-TAC

Deverá permanecer em jejum nas 6 horas que antecedem a realização do exame.

Os objectos metálicos podem interferir com as imagens, pelo que deverá retirar piercings colocados na parte do corpo a examinar.

Deverá fazer-se acompanhar pelos exames anteriores já realizados, relacionados com a situação a analisar.

Se ainda tiver dúvidas pode consultar-nos por email ou junto do nosso contact-center.

Angio-TAC Abdominal

Deverá permanecer em jejum nas 6 horas que antecedem a realização do exame.

Os objectos metálicos podem interferir com as imagens, pelo que deverá retirar piercings colocados na parte do corpo a examinar.

Deverá fazer-se acompanhar pelos exames anteriores já realizados, relacionados com a situação a analisar.

Se ainda tiver dúvidas pode consultar-nos por email ou junto do nosso contact-center.

TAC Pélvico

Deverá permanecer em jejum nas 6 horas que antecedem a realização do exame.

Os objectos metálicos podem interferir com as imagens, pelo que deverá retirar piercings colocados na parte do corpo a examinar.

Deverá fazer-se acompanhar pelos exames anteriores já realizados, relacionados com a situação a analisar.

Se ainda tiver dúvidas pode consultar-nos por email ou junto do nosso contact-center.

TAC Tórax

Deverá permanecer em jejum nas 6 horas que antecedem a realização do exame.

Os objectos metálicos podem interferir com as imagens, pelo que deverá retirar piercings colocados na parte do corpo a examinar.

Deverá fazer-se acompanhar pelos exames anteriores já realizados, relacionados com a situação a analisar.

Se ainda tiver dúvidas pode consultar-nos por email ou junto do nosso contact-center.

TAC Renal

Deverá permanecer em jejum nas 6 horas que antecedem a realização do exame.

Os objectos metálicos podem interferir com as imagens, pelo que deverá retirar piercings colocados na parte do corpo a examinar.

Se ainda tiver dúvidas pode consultar-nos por email ou junto do nosso contact-center.

TAC Abdomen

Deverá permanecer em jejum nas 6 horas que antecedem a realização do exame.

Os objectos metálicos podem interferir com as imagens, pelo que deverá retirar piercings colocados na parte do corpo a examinar.

Deverá fazer-se acompanhar pelos exames anteriores já realizados, relacionados com a situação a analisar.

Se ainda tiver dúvidas pode consultar-nos por email ou junto do nosso contact-center.

TAC Pescoço

Deverá permanecer em jejum nas 6 horas que antecedem a realização do exame.

Os objectos metálicos podem interferir com as imagens, pelo que deverá retirar piercings colocados na parte do corpo a examinar.

Deverá fazer-se acompanhar pelos exames anteriores já realizados, relacionados com a situação a analisar.

Se ainda tiver dúvidas pode consultar-nos por email ou junto do nosso contact-center.

Angio-TAC Carotídeo

Deverá permanecer em jejum nas 4 horas que antecedem a realização do exame.

Os objectos metálicos podem interferir com as imagens, pelo que deverá retirar piercings colocados na parte do corpo a examinar.

Deverá fazer-se acompanhar pelos exames anteriores já realizados, relacionados com a situação a analisar.

Se ainda tiver dúvidas pode consultar-nos por email ou junto do nosso contact-center.

Angio-TAC Cerebral

Deverá permanecer em jejum nas 4 horas que antecedem a realização do exame.

Os objectos metálicos podem interferir com as imagens, pelo que deverá retirar brincos e piercings colocados na parte do corpo a examinar.

Deverá fazer-se acompanhar pelos exames anteriores já realizados, relacionados com a situação a analisar.

Se ainda tiver dúvidas pode consultar-nos por email ou junto do nosso contact-center.

TAC Órbitas

Deverá permanecer em jejum nas 4 horas que antecedem a realização do exame.

Os objectos metálicos podem interferir com as imagens, pelo que deverá retirar piercings colocados na parte do corpo a examinar.

Deverá fazer-se acompanhar pelos exames anteriores já realizados, relacionados com a situação a analisar.

Se ainda tiver dúvidas pode consultar-nos por email ou junto do nosso contact-center.

TAC Sela Turca

Deverá permanecer em jejum nas 4 horas que antecedem a realização do exame.

Os objectos metálicos podem interferir com as imagens, pelo que deverá retirar piercings colocados na parte do corpo a examinar.

Deverá fazer-se acompanhar pelos exames anteriores já realizados, relacionados com a situação a analisar.

Se ainda tiver dúvidas pode consultar-nos por email ou junto do nosso contact-center.

TAC Ouvidos

Deverá permanecer em jejum nas 4 horas que antecedem a realização do exame.

Os objectos metálicos podem interferir com as imagens, pelo que deverá retirar brincos e piercings colocados na parte do corpo a examinar.

Deverá fazer-se acompanhar pelos exames anteriores já realizados, relacionados com a situação a analisar.

Se ainda tiver dúvidas pode consultar-nos por email ou junto do nosso contact-center.

TAC Ângulo Ponto Cerebeloso

Deverá permanecer em jejum nas 4 horas que antecedem a realização do exame.

Os objectos metálicos podem interferir com as imagens, pelo que deverá retirar piercings colocados na parte do corpo a examinar.

Deverá fazer-se acompanhar pelos exames anteriores já realizados, relacionados com a situação a analisar.

Se ainda tiver dúvidas pode consultar-nos por email ou junto do nosso contact-center.

Tac Crânio

Deverá permanecer em jejum nas 4 horas que antecedem a realização do exame.

Os objectos metálicos podem interferir com as imagens, pelo que deverá retirar piercings colocados na parte do corpo a examinar.

Deverá fazer-se acompanhar pelos exames anteriores já realizados, relacionados com a situação a analisar.

Se ainda tiver dúvidas pode consultar-nos por email ou junto do nosso contact-center.

Unidade de Alcobaça

Unidade de Pombal

Unidade de Leiria

Unidade de Pombal

Unidade de Alcobaça

Unidade de Leiria

Clister Opaco

Deverá fazer dieta sem resíduos nos dois dias que antecedem o exame (não comer legumes, saladas, frutas, feijão, favas, ervilhas, grão de bico).

Como preparar Klean-prep ou Fortrans?

Dissolver o conteúdo de uma saqueta KLEAN-PREP ou FORTRANS num litro de água.

Como tomar Klean-prep ou Fortrans?

Não tome alimentos sólidos pelo menos 2 horas antes de iniciar a toma de KLEAN-PREP ou FORTRANS e até à hora do exame.

Começar a tomar KLEAN-PREP ou FORTRANS por volta das 19.00h do dia anterior à realização do exame e ingerir a totalidade da solução preparada até 3 horas antes da realização do exame.

Depois de beber cerca de 2 litros (2 saquetas) vai começar a evacuação. Se tal não acontecer deve parar a preparação e contactar o seu médico.

Deve tomar entre 3 a 4 litros da solução (equivalendo a 3 / 4 saquetas). A preparação para o exame fica completa quando evacuar água limpa.

Não deve ingerir qualquer alimento durante e após a toma de KLEAN-PREP ou FORTRANS e até ao momento do exame. Apenas pode tomar água, chá / Iced Tea.

Deverá fazer-se acompanhar pelos exames anteriores já realizados, relacionados com a situação a analisar.

Urografia

Deverá fazer dieta sem resíduos nos dois dias que antecedem o exame (não comer legumes, saladas, frutas, feijão, favas, ervilhas, grão de bico).

Nos três dias anteriores ao exame toma um comprimido de LORATADINA RATIOPHARM ao almoço. Adquirir, na farmácia KLEAN-PREP ou FORTRANS e tomar segundo as instruções:

Como preparar Klean-prep ou Fortrans?

Dissolver o conteúdo de uma saqueta KLEAN-PREP ou FORTRANS num litro de água.

Como tomar Klean-prep ou Fortrans?

Não tome alimentos sólidos pelo menos 2 horas antes de iniciar a toma de KLEAN-PREP ou FORTRANS e até à hora do exame.

Começar a tomar KLEAN-PREP ou FORTRANS por volta das 19.00h do dia anterior à realização do exame e ingerir a totalidade da solução preparada até 3 horas antes da realização do exame.

Depois de beber cerca de 2 litros (2 saquetas) vai começar a evacuação. Se tal não acontecer deve parar a preparação e contactar o seu médico.

Deve tomar entre 3 a 4 litros da solução (equivalendo a 3 / 4 saquetas). A preparação para o exame fica completa quando evacuar água limpa.

Não deve ingerir qualquer alimento durante e após a toma de KLEAN-PREP ou FORTRANS e até ao momento do exame. Apenas pode tomar água, chá / Iced Tea.

Deverá fazer-se acompanhar pelos exames anteriores já realizados, relacionados com a situação a analisar.

Marcação de Consultas

Aqui pode efectuar uma pré-marcação de uma consulta ou de um exame, sempre sujeitos a confirmação por parte do Centro Hospitalar de S. Francisco.

Logo que o seu pedido seja recepcionado, entraremos em contacto consigo para informá-lo sobre todos os detalhes do seu agendamento.

Não se esqueça, por isso, de indicar os seus contactos preferenciais.

Se tem muita urgência nesta marcação opte por entrar em contacto com o nosso contact center.

Agradecemos a sua preferência!

Faça aqui o seu pedido de marcação de consulta ou exame:

  • 01.Marcação de consulta ou exame

    Deseja marcar uma consulta ou um exame?

    Escolha o tipo de marcação: Obrigatório

    EspecialidadeObrigatório

    MédicoObrigatório

    Seguimento da consulta Obrigatório


    Limpar Filtro de pesquisa

    Tipo de Exame Obrigatório

    Quais os exames que deseja marcar?

    Unidade de Saúde

    Seleccione o tipo de marcação para lhe podermos mostrar as opções
    Escolha uma ou mais unidades de saúde
    • Alcobaça
    • Leiria
    • Pombal

    Ao fazer as suas opções, o formulário irá dar-lhe em tempo real quais os resultados que se adequam à sua pesquisa.

    Por exemplo, se seleccionar a Unidade de Saúde de Pombal, o campo de “Médico/a” apenas irá mostrar os médicos disponíveis na Unidade escolhida por sí.

  • 02.Data da marcação

    Indique uma data e o período da sua preferência para esta marcação, sujeito a confirmação e dependendo da disponibilidade das agendas do CHSF.

  • 03.Data da marcação

    Nome completo Obrigatório


    Data de Nascimento Obrigatório

    de de

    EmailObrigatório


    Contacto TelefónicoObrigatório


    Sub-Sistema ou Seguro de Saúde



    Notas ou comentários

Leiria

A origem do Centro Hospitalar de S. Francisco remonta a 1970, quando a actividade se limitava ao Ginásio de Leiria – Centro de Recuperação e Reabilitação, Lda: uma empresa que se dedicava à prestação de cuidados de saúde, no domínio da medicina física e de reabilitação.

A transformação desta empresa numa Unidade prestadora de cuidados de saúde globais – com internamento, bloco operatório, consultas externas S. de Imagiologia, S. de Medicina Física e de Reabilitação e outros m.c.d.t. – levaram, em 1989, à alteração da natureza jurídica da Sociedade bem como da sua denominação – passando a ser designada por Centro Hospitalar de S. Francisco, S.A. Esta etapa corporizou a um novo período na história desta instituição.

A abertura, em Agosto de 2007, do denominado Edifício Poente, reafirmou o objectivo de crescimento e de melhoria contínua da qualidade de serviço e das instalações, permitindo, não só melhorar as condições hoteleiras em que se processa o atendimento ao público, bem como a segmentação dos clientes, proporcionando a cada um o atendimento e tratamento de acordo com as suas necessidades.

A unidade de saúde de Leiria dispõe de consultas de especialidades médicas e cirúrgicas; um moderno S. de Medicina Física e Reabilitação; diversos meios complementares de diagnóstico e terapêutica; Bloco Operatório e Internamento e um Serviço de Atendimento Permanente.

Veja aqui o mapa de acesso, os horários e os contactos da unidade de Leiria, bem como as especialidades e exames disponíveis.

Densitometria Óssea

O que é?

A Densitometria Óssea é um exame que permite detectar o grau de osteoporose, através da medição da massa óssea em diferentes partes do esqueleto.

Como é realizado o exame?

Este exame é rápido e simples: o doente deita-se confortavelmente sobre uma mesa, enquanto o aparelho percorre uma ou mais áreas, geralmente as regiões mais susceptíveis a fracturarem, como as vértebras ou a anca.

Preparação?

A Densitometria Óssea não exige nenhuma preparação específica. Contudo, existem algumas recomendações a seguir:

  • Evitar o uso de roupas que tenha botões, fecho-eclair ou fivelas de metal, nas áreas a examinar (anca, bacia e coluna).
  • Se tomar suplementos de cálcio deverá suspender a sua toma nas 24 horas prévias à realização do exame.
  • Deverá trazer consigo a última densitometria realizada.

Impedimentos?

Este exame é indolor, não invasivo e que não apresenta qualquer risco. Contudo, como emite radiação, embora de baixa dose, é contra-indicado em mulheres grávidas.

Quando estará pronto o exame?

Normalmente o exame fica disponível cerca de uma semana após a sua realização.

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Monitorização fetal

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Impedancimetria

Pode realizar este exame nas unidades de [Leiria, Pombal].

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Timpanograma pesquisa de reflexos acústicos

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Timpanograma

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Acufenometria

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Audiograma vocal

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Audiograma tonal simples

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Tomografia ocular coerente

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Queratoscopia

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Angiografia

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Campimetria Goldmann

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Campimetria computorizada

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Estudo fusão

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Estudo equilibrio motor

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Tratamento ortótica

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Retinografia

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Cortina de Hess

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Ecografia prostática

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Urofluxometria

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Cistografia

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Volume residual

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Difusão

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Mecânica ventilatória com prova de broncodilatação

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Mecânica ventilatória simples

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Topografia EEG computarizada

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Electroencefalograma com prova de sono infantil

É realizado em crianças dos 0 aos 12, inclusivé e tem duração aproximada de 1h30m a 2h, dependendo da colaboração da criança.

Preparação

Deve lavar a cabeça no dia anterior à realização do exame, apenas com champô.

Na noite anterior à realização do exame deverá dormir o mínimo possível, (no máximo quatro horas). Tente deitar-se tarde e levantar-se cedo, de forma a adormecer facilmente aquando da realização do exame.

No dia do exame toma o pequeno-almoço – não pode realizar o exame em jejum e, se for o caso, a medicação habitual.

Não pode colocar laca, gel, cera ou outros produtos no cabelo ou couro cabeludo.

Deverá fazer-se acompanhar pela listagem de medicação que toma habitualmente.

As crianças seguem a mesma preparação que os adultos, devendo haver uma preocupação reforçada para não adormecerem durante a viagem até à realização do exame.

Impedimentos:

Sem impedimentos.

Quando está pronto o exame:

Habitualmente o exame fica disponível entre 8 a 10 dias úteis, após a sua realização.

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Electroencefalograma infantil

Deve lavar a cabeça no dia anterior à realização do exame, apenas com champô.

No dia do exame toma o pequeno-almoço – não pode realizar o exame em jejum e, se for o caso, a medicação habitual.

Não pode colocar laca, gel, cera ou outros produtos no cabelo ou couro cabeludo.

Deverá fazer-se acompanhar pela listagem de medicação que toma habitualmente.

Traga também exames realizados anteriormente para ajudar na recolha dos dados.

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Electroencefalograma prolongado de vigilia em adultos

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Electroencefalograma com prova de sono em adultos

É realizado em adultos, após os 13 anos inclusive e tem duração aproximada de 1h.

Preparação

Deve lavar a cabeça no dia anterior à realização do exame, apenas com champô.

Na noite anterior à realização do exame deverá dormir o mínimo possível, (no máximo quatro horas). Tente deitar-se tarde e levantar-se cedo, de forma a adormecer facilmente aquando da realização do exame.

No dia do exame toma o pequeno-almoço – não pode realizar o exame em jejum e, se for o caso, a medicação habitual.

Não pode colocar laca, gel, cera ou outros produtos no cabelo ou couro cabeludo.

Deverá fazer-se acompanhar pela listagem de medicação que toma habitualmente.

As crianças seguem a mesma preparação que os adultos, devendo haver uma preocupação reforçada para não adormecerem durante a viagem até à realização do exame.

Impedimentos:

Sem impedimentos.

Quando está pronto o exame:

Habitualmente o exame fica disponível entre 8 a 10 dias úteis, após a sua realização.

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Electroencefalograma – traçado de rotina

Deve lavar a cabeça no dia anterior à realização do exame, apenas com champô.

Não pode colocar laca, gel, cera ou outros produtos no cabelo ou couro cabeludo.

No dia do exame deve tomar as refeições habituais.

Se, no mesmo dia tiver que realizar algum exame em que tenha de permanecer em jejum, deverá comer antes de realizar o electroencefalograma. Não pode realizar o electroencefalograma em jejum.

Caso tome habitualmente alguma medicação, deverá continuar a fazê-lo.

Deverá fazer-se acompanhar pela listagem de medicação que toma habitualmente.

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Electroencefalograma – traçado diurno com provas de activação

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Teste de latência múltipla do sono

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Traçado do sono em ambulatório

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Registo poligrafico do sono nocturno convencional

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Histerosalpingografia

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Polipectomia cervical

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Colposcopia

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Anuscopia

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Fibrosigmoidoscopia

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Colonoscopia

O que é?

A colonoscopia é um exame que permite a observação directa do cólon (intestino grosso). É realizado através da introdução dum endoscópio flexível pelo ânus. Desse modo será possível detectar quaisquer lesões do intestino grosso. Se necessário, serão recolhidos pequenos fragmentos para exame (biópsias) – este procedimento é indolor.

Como irá decorrer a colonoscopia?

O exame realiza-se numa sala preparada para o efeito. Terá oportunidade de esclarecer as suas dúvidas com o médico.
Por favor, transmita-lhe se sofre de alergias a qualquer tipo de medicamentos. Deverá retirar os seus óculos ou lentes de contacto.

Será deitado confortávelmente numa cama apropriada, devendo permanecer relaxado. Far-se-á a introdução do colonoscópio através do ânus, após colocação de um anestésico local, com progressão através do intestino. Poderá sentir algumas cólicas devido ao ar introduzido no intestino, mas geralmente bem toleradas.

Este exame, em geral, demora entre 15 a 60 minutos.

E depois do exame realizado?

Poderá retomar as suas actividades normais.

O exame tem riscos?

As complicações decorrentes do exame são muito raras. No entanto, se após o exame notar algo de anormal (dores abdominais, saída de sangue vivo pelo ânus, vómitos intensos ou febre) não hesite em contactar o seu médico ou o serviço de urgência do hospital mais próximo.

Qual a preparação para este exame?

As preparações para este exame variam consoante a unidade de saúde onde são realizados. Consulte a página sobre preparações.

Clique aqui para download ou impressão do consentimento informado para o exame colonoscopia no CHSF unidade de Pombal.

 

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Acordos gerais:

Confirme com o nosso call center se:
. o seu sistema de saúde cobre a totalidade desta especialidade ou se existem excepções;
. se o médico pretendido está incluido no acordo;
. se a unidade de saúde onde pretende a consulta ou exame está incluída no acordo.

Mapa

O que é e para que serve?

O MAPA é o registo em 24 horas, durante a actividade diária normal, do seu perfil tensional. Destina-se a melhor caracterizar os seus valores de tensão arterial através de medições sistemáticas e mais isentas de influências externas, correlacionando-os com eventuais sintomas que possa sentir. É a única forma de avaliar o comportamento da sua tensão arterial durante a noite.

É necessária alguma preparação?

Não é necessária qualquer preparação. Deve levar roupas largas de preferência com botões à frente o que facilitará a aplicação do equipamento assim como o seu transporte durante o dia.

Como é feito?

A ligação é efectuada por um técnico especializado. É colocada uma braçadeira num dos seus membros superiores ligada através de um fino tubo plástico a um registador que será transportado à cintura numa bolsa apropriada.

É fornecido um diário para preenchimento e durante as 24 horas deve fazer a sua vida normal seguindo as instruções dadas pelo técnico. É importante que quando sentir a braçadeira a apertar não mexa o braço até terminar a medição.

As medições são programadas de 20 em 20 minutos durante o dia e de 30 em 30 minutos durante a noite.

Após as 24 horas deve voltar à clínica para lhe ser retirado o equipamento. O registo será analisado pelo técnico com o auxilio de um programa de computador e revisto pelo médico cardiologista.

Quanto tempo demora?

Demora aproximadamente 10 a 15 minutos a colocar o registador e menos de 5
minutos a removê-lo. O relatório no entanto só estará pronto após alguns dias pois o registo gravado das 24h terá que ser analisado cuidadosamente.

Envolve algum risco?

É um exame completamente seguro sem qualquer risco. Em alguns doentes a braçadeira pode por vezes apertar mais forte ou mais que uma vez seguida no caso de não conseguir determinar a tensão arterial e deixar um ligeiro hematoma.

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Holter

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Eco-Döppler cardíaco

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Ecocardiograma

O que é e para que serve?

O ecocardiograma utiliza ultra-sons para examinar o coração. Obtêm-se imagens em uma dimensão (ecocardiograma modo M), em duas dimensões (ecocardiograma bidimensional ou 2D) que permitem avaliar o tamanho, espessura e movimento das diversas estruturas
cardíacas.

O doppler utiliza igualmente ultra-sons mas avalia a direcção e velocidade do fluxo sanguíneo dentro do coração; esta informação é visualizada sob a forma de gráficos (doppler espectral pulsado e continuo) ou a cores (doppler codificado a cores).

Se tiver traga electrocardiograma e radiografia do tórax recentes assim
como algum ecocardiograma que tenha efectuado anteriormente.

É necessária alguma preparação?

Não é necessária qualquer preparação para este exame.

Como é feito?

O exame é executado com o examinando na posição de deitado, virado para o lado esquerdo.

É usada uma sonda que emite e recebe os ultra-sons. Obtêm-se várias imagens do coração com a colocação da sonda no tórax e em alguns casos no pescoço ou abdómen. É utilizado um gel na pele que se destina a facilitar a transmissão dos ultra-sons Pode ter que mudar de posição, respirar lentamente ou mesmo suspender a respiração. Estas manobras destinam-se a obter imagens de melhor qualidade que são registadas em papel  fotográfico/CD.

Quanto tempo demora?

O tempo de execução do exame é variável, cerca de 15 a 30 minutos. Em casos mais complicados o exame pode tornar-se mais moroso. É dada imediatamente uma informação preliminar e o relatório é entregue pouco depois.

Envolve algum risco?

É um procedimento de diagnóstico, sem riscos.

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Acordos gerais:

Confirme com o nosso call center se:
. o seu sistema de saúde cobre a totalidade desta especialidade ou se existem excepções;
. se o médico pretendido está incluido no acordo;
. se a unidade de saúde onde pretende a consulta ou exame está incluída no acordo.

Electrocardiograma com prova de esforço

O que é e para que serve?

Este exame destina-se a submeter o seu organismo ao stress do exercício físico, de maneira a evidenciar sinais ou sintomas não existentes ou minimamente existentes em repouso. Deve trazer o nome dos medicamentos que está a tomar actualmente assim como alguma Prova de Esforço que já tenha efectuado.

É necessária alguma preparação?

Não é necessária qualquer preparação. Deve levar roupas largas e sapatos confortáveis para poder andar (e nalguns casos correr, dependendo do examinando) à vontade. Não deve ir em jejum. Para as senhoras recomenda-se que não levem vestidos.

Como é feito?

O exame é efectuado por um técnico especializado e sob supervisão de um médico cardiologista. Após uma explicação resumida, o tórax é desengordurado com álcool podendo ser necessário rapar alguns pêlos nos homens.

Os eléctrodos são aplicados e subirá para um tapete rolante. Seguidamente os eléctrodos são ligados através de fios a uma estação de trabalho computorizada. É colocada uma braçadeira para medição da pressão arterial e inicia-se o exame.

Depois, de 3 em 3 minutos, aumentará a velocidade e inclinação do tapete segundo um protocolo programado, sempre com visualização e registo do electrocardiograma e com medição da pressão arterial.

O exame será parado quando são atingidos os objectivos pretendidos, se surgirem alterações nos parâmetros analisados que determinem a sua interrupção ou a pedido do examinando no caso por exemplo de fadiga acentuada ou de dor na(s) perna(s) que impossibilite(m) prosseguir a marcha.

Quanto tempo demora?

Depende sobretudo da capacidade de esforço físico do examinando. Deve contar com 30 a 45 minutos para a realização deste exame. O relatório é entregue pouco depois.

Envolve algum risco?

O risco deste exame existe mas é pequeno, sendo comparável ao de qualquer esforço mais vigoroso. Por isso, como precaução, estão disponíveis todos os meios médicos para tratar eventuais complicações.

Unidades onde está disponível:

Acordos gerais:

Confirme com o nosso call center se:
. o seu sistema de saúde cobre a totalidade desta especialidade ou se existem excepções;
. se o médico pretendido está incluido no acordo;
. se a unidade de saúde onde pretende a consulta ou exame está incluída no acordo.

Electrocardiograma

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Acordos gerais:

Confirme com o nosso call center se:
. o seu sistema de saúde cobre a totalidade desta especialidade ou se existem excepções;
. se o médico pretendido está incluido no acordo;
. se a unidade de saúde onde pretende a consulta ou exame está incluída no acordo.

Espirometria simples

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Provas funcionais

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Testes cutâneos

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Ressonância magnética

O que é a Ressonância Magnética?

No Centro Hospilar S. Francisco os exames de Ressonância Magnética efectuam-se num aparelho de 1 Tesla, Harmony, Siemens.

A Ressonância Magnética é uma técnica de imagem diagnóstica que usa um campo magnético e ondas de radiofrequência que permitem a visualização dos órgãos internos do corpo humano.

As imagens obtidas possibilitam a detecção ou exclusão de diferentes patologias e a eventual caracterização das lesões visualizadas. É um exame não invasivo, não doloroso e sem utilização das radiações X.

Ressonâncias Magnéticas mais frequentemente realizadas

Cerebrais e da coluna vertebral
A Ressonância Magnética é aplicada muito frequentemente no estudo do cérebro (tumores, doenças degenerativas) e na coluna vertebral (hérnias e tumores).

Sistema musculoesquelético

A Ressonância Magnética tem um papel muito importante na avaliação do aparelho locomotor, no estudo das diferentes articulações, mais frequentemente do joelho e ombro, no diagnóstico das lesões intraarticulares, por vezes de origem desportiva.

Efectuam-se ressonâncias a todas as estruturas ósseas, tendo indicação no diagnóstico e estadiamento das lesões tumorais ósseas e dos tecidos moles, bem como nos processos infecciosos.

Abdomen e Pelvis
A Ressonância Magnética é fundamental na caracterização das lesões nodulares do fígado, efectuando-se também  nas lesões das vias biliares, do pâncreas, baço, rins e supra-renais.  Na escavação pélvica, para além da caracterização de algumas massas tumorais dos ovários e útero, é a técnica mais indicada no estadiamento dos tumores uterinos (colo e endométrio) e do recto.

Mama
Na mama a Ressonância Magnética tem indicação na determinação da extensão local das neoplasias, com elevada sensibilidade na detecção de cancro da mama, e é o melhor método na avaliação das roturas das próteses mamárias.

Sistema vascular
A Ressonância Magnética permite a visualização das artérias e veias sem a necessidade de administração de contraste. É possível a realização de angiografias (com ou sem contraste, dependendo da área a estudar), com possibilidade de detecção de estenoses, oclusão, aneurismas e outras lesões.

Tórax
No tórax a Ressonância Magnética tem indicação no estudo de tumores do mediastino.

O exame de Ressonância Magnética

Durante o exame, um técnico posicionará o doente na mesa, consoante a zona anatómica a estudar, explicando-lhe o necessário para uma colaboração perfeita pela parte do doente, nomeadamente quanto à imobilização importante nestes exames e ao tipo de respiração pretendida.

Por vezes administra-se contraste numa veia do braço, para uma melhor visualização dos tecidos, detecção e caracterização das lesões. Os casos de reacções alérgicas são muito raros.

O exame pode durar entre 15 a 60 minutos, consoante a parte do corpo a ser avaliada e o doente é observado pelo técnico  durante a sua realização.

Quando o aparelho está a funcionar, ouvir-se-á algum ruído que surge quando se está a obter as imagens.

Preparações

Resultados

No fim do exame  o médico analisa as imagens, conjugando com os outros exames complementares de diagnóstico ou com outros exames anteriores de Ressonância Magnética previamente efectuados pelo doente e fará o relatório com o diagnóstico.

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

TAC

O que é?

A TAC é uma técnica de imagem que utiliza a interacção entre a radiação ionizante (raios X) e os tecidos de forma a obter imagens do corpo humano com grande definição anatómica.

Como é realizado?

A imobilidade postural e o conforto são importantes para assegurar a qualidade das imagens. Por isso o posicionamento é efectuado habitualmente em decúbito dorsal numa mesa móvel, com suporte para a cabeça, que se desloca durante o exame ao longo de um túnel aberto.

É um exame rápido, silencioso e indolor que dura em média 5 a 10 minutos.

Pode ser feito sem administração do agente de contrate ou após a injecção, numa veia da flexura, do agente de contraste. Este produto circula momentaneamente nas veias e artérias do seu corpo que assim ficam visíveis para fins de diagnóstico. É também indicado para reforçar o contraste entre tecidos normais e doentes.

Logo após a injecção, é natural que sinta uma sensação de calor que resulta da passagem do produto de contraste no sistema vascular. Esta reacção é transitória e bem suportada. Em casos raros surgem reacções alérgicas ao agente de contraste, habitualmente ligeiras. Só em situações muito raras podem necessitar de cuidados médicos urgentes.

Dependendo do tipo de exame a efectuar poder-lhe-á ser pedido que beba o agente de contraste, o que permite estudar o estômago, intestino delgado e cólon. Para o estudo do cólon, o agente de contraste pode ser administrado por clister o que causa flatulência.

Se desejar fazer uma TC simples, sem o agente de contraste, deve informar o médico ou o pessoal técnico no momento do exame. O médico estará ao seu dispor para esclarecimentos adicionais.

Impedimentos

É importante que informe o médico ou o pessoal técnico no caso de sofrer de doenças alérgicas ou alergias, particularmente ao agente de contraste. É igualmente importante referir se está grávida ou a amamentar ou se tem alguma doença do foro renal, cardíaco, respiratório, da tiróide ou se sofre de diabetes mellitus. Esta informação é importante uma vez que pode contra-indicar a realização do exame (gravidez) ou condicionar o modo como o é efectuado.

Quando estará pronto o exame

Normalmente o relatório fica pronto no próprio dia do exame.

Tipos de TAC e Preparação

Alguns tipos de TAC obrigam a uma preparação prévia específica.

Em geral dê atenção aos objectos metálicos que poderão interferir com as imagens. Recomendamos, por isso, que retire brincos e piercing’s antes de vir realizar o exame.

Angio-TAC Abdominal

Angio-TAC Carotídeo

Angio-TAC Cerebral

TAC Abdómen

TAC Ângulo Ponto Cerebeloso

TAC Crânio

TAC Órbitas

TAC Ouvidos

TAC Pélvico

TAC Pescoço

TAC Renal

TAC Sela Turca

TAC Tórax

Uro-TAC

TAC Coluna Cervical

TAC Coluna Dorsal

TAC Coluna Lombo-Sagrada

TAC Coluna Sacro-Coccigea

TAC Charneira Crânio-Vertebral

TAC Seios Peri-Nasais

TAC Dental-Scan

TAC Articulações Têmporo-Mandibular

TAC Articulações Sacro-Iliacas

TAC Membros

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Acordos gerais:

Confirme com o nosso call center se:
. o seu sistema de saúde cobre a totalidade desta especialidade ou se existem excepções;
. se o médico pretendido está incluido no acordo;
. se a unidade de saúde onde pretende a consulta ou exame está incluída no acordo.

Osteodensitometria

Ver Densitometria Óssea

Unidades onde está disponível:

Acordos gerais:

Confirme com o nosso call center se:
. o seu sistema de saúde cobre a totalidade desta especialidade ou se existem excepções;
. se o médico pretendido está incluido no acordo;
. se a unidade de saúde onde pretende a consulta ou exame está incluída no acordo.

Mamografia

O que é?

A mamografia é um exame radiológico que permite o estudo das glândulas mamárias. É o exame mais importante na prevenção do cancro da mama.
Esta técnica de imagem, permite a detecção de lesões malignas em estados iniciais (quando estas ainda não são palpáveis pelo exame médico ou pelo auto-exame feito pela mulher) e consequentemente com maior possibilidade de cura.

Como é realizado o exame?

A mamografia, como outros exames radiológicos, utiliza a radiação x. O aparelho utilizado para a realização das mamografias designa-se por mamógrafo.

Para a realização do exame ser-lhe-á solicitado que se dispa da cintura para cima, incluindo qualquer jóia que esteja ao pescoço e que vista uma bata fornecida pela Assistente.

Seguidamente a técnica irá posiciona-la junto ao mamógrafo, comprimindo a mama entre duas placas.

Esta compressão permite imobilizar e achatar a mama, reduzindo, desta forma a exposição aos raios-x, possibilitando, também, a obtenção de uma melhor imagem.

Preparação

Não é necessária qualquer preparação prévia, contudo, de forma a reduzir o desconforto aquando da compressão da mama, sugere-se a marcação do exame para a semana após o período menstrual.

É, ainda, recomendado que não se utilize pó-de-talco ou desodorizante no dia da realização do exame.

Limitações

A única contra-indicação da mamografia é a gravidez.
Podem existir dificuldades técnicas, principalmente condicionadas por deficiências físicas que impeçam um correcto posicionamento da utente.

Quando estará pronto o exame?

Normalmente a Mamografia fica pronta no próprio dia da realização do exame. Contudo, se assim não for possível, será avisado pela nossa Assistente.

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Acordos gerais:

Confirme com o nosso call center se:
. o seu sistema de saúde cobre a totalidade desta especialidade ou se existem excepções;
. se o médico pretendido está incluido no acordo;
. se a unidade de saúde onde pretende a consulta ou exame está incluída no acordo.

Eco-Döppler

O que é?

É o estudo ecografico associado à técnica Döppler. Consiste no estudo do sistema vascular: artérias carotídeas e vertebrais; artérias e veias dos membros inferiores; artérias renais. Este exame permite registar a velocidade e o sentido do sangue num determinado ponto de um vaso sanguíneo.

Como é realizado o exame?

Depois da aplicação de gel que se destina a facilitar a transmissão dos ultra-sons, obtêm-se várias imagens através de uma sonda que emite e recebe os ultra-sons.

O Eco-Döppler é um exame indolor e não invasivo, que demora em média 20 a 40 minutos.

Este exame tem largas aplicações no sistema circulatório, arterial e venoso, tanto a nível do abdómen, como dos vasos do pescoço e dos vasos dos membros superiores e inferiores, com particular relevância nos estudos do fluxo carotídeo, do fluxo arterial dos membros inferiores e vasos abdominais, e no estudo das insuficiências venosas dos membros inferiores.

Preparação?

O Eco-Döppler é um exame, indolor, não invasivo e que não necessita qualquer preparação à excepção do Eco-Döppler abdominal em que se aconselha um jejum de 5 horas.

Impedimentos?

Este exame é indolor, não invasivo e que não apresenta qualquer risco. É completamente segura a sua realização.

Quando estará pronto o exame?

Normalmente o Eco-Döppler fica pronta no próprio dia da realização do exame. Contudo, se assim não for possível será avisado pela nossa Assistente.

Tipos de Eco-doppler:

  • Eco-Döppler Carotídeo e Vertebral
  • Eco-Döppler Venoso dos Membros Inferiores
  • Eco-Döppler Arterial dos Membros Inferiores
  • Eco-Döppler Escrotal
  • Eco-Döppler Endovaginal
  • Eco-Döppler Artérias Renais
  • Eco-Döppler Hepático

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Acordos gerais:

Confirme com o nosso call center se:
. o seu sistema de saúde cobre a totalidade desta especialidade ou se existem excepções;
. se o médico pretendido está incluido no acordo;
. se a unidade de saúde onde pretende a consulta ou exame está incluída no acordo.

Radiologia Especial

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Acordos gerais:

Confirme com o nosso call center se:
. o seu sistema de saúde cobre a totalidade desta especialidade ou se existem excepções;
. se o médico pretendido está incluido no acordo;
. se a unidade de saúde onde pretende a consulta ou exame está incluída no acordo.

Radiologia Convencional (Raio X)

Pode realizar este exame nas unidades de [Leiria, Alcobaça].

Para mais informações ou para marcar um exame deste tipo fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Acordos gerais:

Confirme com o nosso call center se:
. o seu sistema de saúde cobre a totalidade desta especialidade ou se existem excepções;
. se o médico pretendido está incluido no acordo;
. se a unidade de saúde onde pretende a consulta ou exame está incluída no acordo.

Electromiografia

O que é?

O estudo electromiográfico é uma técnica que avalia a estrutura e função do sistema nervoso periférico. Este compreende dois grandes componentes: o nervo periférico e o músculo, relacionados entre si através da junção neuromuscular.

Qual a preparação para este exame?

Não é exigida nenhuma preparação especial, previa ao exame.

São explicados, ao doente, os procedimentos técnicos que serão desenvolvidos no decurso do exame.

Durante o exame o doente deve manter-se calmo, colaborante, sendo possível, em qualquer momento, a interrupção do exame, por vontade expressa do doente.

Como é realizado o exame?

A técnica do estudo electromiográfico compreende duas partes distintas, mas complementares: a primeira baseia-se na capacidade de estimulação eléctrica percutânea dos nervos periféricos; e a segunda na avaliação da actividade eléctrica do músculo, em repouso e na contracção voluntária, através da inserção muscular de um pequeno elétreodo-agulha.

Através destes dois processos, consegue-se, em primeiro lugar, avaliar a qualidade de condução de um impulso eléctrico de um nervo, motor ou sensitivo, num determinado segmento do seu percurso, no membro superior ou inferior; e em segundo lugar determinar a função do músculo, normal ou anormal e neste último caso, se secundário a doença nervosa periférica ou a doença primariamente muscular.

Quando estará pronto o resultado?

O exame fica pronto para entrega cerca de quatro dias úteis após a sua realização.

Quais os impedimentos / limitações para a realização deste exame?

Não há contra-indicações absolutas à realização do exame. Contudo, não é aconselhável a realização do exame com a presença de edemas acentuados ao nível dos membros nem associado à toma de anti-coagulantes.

Unidades onde está disponível:

Pré-parto

pre_parto

O que é?

O Curso de preparação para o parto consiste na preparação física e psicológica da grávida e acompanhante, baseada no treino para o auto controlo da dor durante o trabalho de parto.

É neste contexto e com o objectivo de dar resposta a muitas das necessidades dos pais, que surgem os cursos de Preparação para o Parto. Nestas sessões, para além da aquisição de conhecimentos, o clima é geralmente propício ao esclarecimento de dúvidas.

A cinesioterapia da gravidez e a cinesioterapia correctiva postural, são o principal objectivo destas aulas.

Cinesioterapia significa movimento e  efectivamente durante as aulas práticas é o que fazemos, um conjunto de exercícios que fortalecem os músculos relacionados com a gravidez e parto, assim como exercícios que ajudam a grávida a corrigir posturas inadequadas, mantendo uma mecânica corporal correcta. Para além disto a grávida aprende um conjunto de técnicas de relaxamento, respiração e comportamentos a adoptar durante o trabalho de parto, sempre de acordo com técnicas de cinesioterapia.

Objectivos específicos da preparação pré-parto:

  • Conhecer as alterações fisiológicas decorrentes do estado de gravidez;
  • Aprender a lidar de forma saudável com os desconfortos típicos da gravidez, como as dores nas costas, as caímbras, os edemas, as hemorróidas, as varizes, as perdas involuntárias de urina, etc;
  • Conhecer a mecânica corporal correcta;
  • Conhecer os mecanismos de trabalho parto;
  • Conhecer os diferentes tipos de parto;
  • Identificar sinais de parto e sinais de alerta, apreendendo a atitude a adoptar perante cada um deles;
  • Aprender técnicas de relaxamento, instrumento muito importante tanto durante a gravidez como durante o trabalho de parto;
  • Adequar a respiração ao período de dilatação e expulsão, garantindo a rentabilização do consumo de oxigénio pela mãe e para o feto;
  • Aprender como e quando utilizar a força na fase da expulsão;
  • Conhecer o processo fisiológico da amamentação e vantagens do aleitamento materno;
  • Adquirir os conhecimentos necessários para resolver os principais problemas decorrentes da amamentação, como as gretas, o engorgitamento mamário causado pelo excesso de leite;
  • Aprender a prestar os primeiros cuidados ao recém-nascido, como o banho, o cordão, a muda da fralda, etc;
  • Conhecer as vantagens da massagem do bebé;
  • Melhorar a forma física da futura mãe;
  • Prevenir a depressão no pós-parto.

Inscrição no curso

A inscrição para o Curso de Preparação Pré-parto deverá ser realizada por volta das 28 semanas de gestação e após validação da inscrição a grávida é integrada no grupo de trabalho (não sendo necessário aguardar pelo inicio de um novo curso). A inscrição é realizada junto das recepcionistas do Serviço de Medicina Física e de Reabilitação.

Estas aulas têm a duração de 45 minutos e são ministradas de segunda a quinta-feira.

Existe acordo/ protocolo para diversos sub-sistemas de saúde.

Para mais informação consulte o blog Parto a Sorrir ou o e-mail susana.cordeiro@chsf.pt

Documentação do Curso

Para as inscritas no curso, disponibilizamos uma área de documentação, de acesso restrito, mas cheia de leituras úteis para a gravidez.

Acordos gerais:

Confirme com o nosso call center se:
. o seu sistema de saúde cobre a totalidade desta especialidade ou se existem excepções;
. se o médico pretendido está incluido no acordo;
. se a unidade de saúde onde pretende a consulta ou exame está incluída no acordo.

Associadas

O Centro Hospitalar de S. Francisco detém participações relevantes numa empresa vocacionada para a segurança, higiene e medicina do trabalho, a Censosf, e em duas unidades prestadoras de serviços de imagiologia: a Imalis e a Imagran.

Para as visitas

No Centro Hospitalar de S. Francisco acreditamos que as visitas são essenciais para a recuperação dos nossos utentes e um contributo importante para o seu bem-estar.

A visita aos utentes pode ser realizada, todos os dias, entre as 10 e as 22 horas, salvo indicação médica em contrário.

Confirme o número do quarto do seu familiar ou amigo, junto da recepção principal (piso zero do Ed. Sede) ou junto das Secretárias de Unidade (piso 1 do Ed. Sede).

Se não puder visitar pessoalmente o utente internado, poderá contacta-lo através do telefone 244 819 300, indicando à recepcionista o nome do doente e o número do quarto.

Tenha presente que os doentes internados precisam de descanso e sossego e que as visitas numerosas e muito prolongadas poderão tornar-se cansativas.

Por favor, durante a sua visita seja cuidadoso, calmo e respeitador. No internamento encontram-se doentes que não devem e não querem ser incomodados.

Alcobaça

A unidade de Saúde de Alcobaça entrou em funcionamento no ano de 2001.
A abertura desta unidade de saúde representou o primeiro passo na concretização do plano estratégico de expansão do Centro Hospitalar de S. Francisco para uma “vertente regional”.

Esta unidade de saúde oferece cuidados de saúde na área do ambulatório, nomeadamente através de serviços de enfermagem, consultas de diversas especialidades médicas Dispõe, ainda, de um Sector de Medicina Física e de Reabilitação  e um Sector de Imagiologia.

Tal como a “casa mãe” a unidade de Saúde de Alcobaça rege-se pela procura constante da prestação de cuidados de saúde globais, personalizados, humanizados, atempados e com grande capacidade técnico-científica.

Veja aqui o mapa de acesso, os horários e os contactos da unidade de Alcobaça, bem como as especialidades e os exames disponíveis.

Pombal

Mantendo-se fiel aos objectivos de crescimento e de melhoria contínua da qualidade do serviço e das instalações, o Centro Hospitalar de S. Francisco inaugurou em 2006 a unidade de Saúde em Pombal.

Esta unidade oferece, num único espaço, consultas de especialidades médicas, serviços de enfermagem, um serviço de Medicina Física e de Reabilitação , meios complementares de diagnóstico e terapêutica de diversas especialidades médicas, bem como um serviço de Atendimento Permanente.

Tal como a “casa mãe” a unidade de Saúde de Pombal rege-se pela procura constante da prestação de cuidados de saúde globais, personalizados, humanizados, atempados e com grande capacidade técnico-científica.

Veja aqui o mapa de acesso, os horários e os contactos da unidade de Pombal, bem como as especialidades e os exames disponíveis.

Ecografias sem preparação

Ecografia:

Mamária

Escrotal

Renal ou supra-renal

Tiroide

Glândulas salivares

Pescoço

Partes moles

Osteoarticular

Ecografia Obstétrica

Endovaginal

Obstétrica morfológica

Obstétrica

Eco-Döppler

Membros superiores

Membros inferiores

Carotídeo

Vascular colorido

Testicular

Vertebral

Se ainda tiver dúvidas pode consultar-nos por email ou junto do nosso contact-center.

Ecografia Prostática

Deverá beber 1.5lt de água, uma hora antes da realização do exame.

Deverá fazer-se acompanhar pelos exames anteriores já realizados, relacionados com a situação a analisar.

Se ainda tiver dúvidas pode consultar-nos por email ou junto do nosso contact-center.

Ecografia Vesical

Deverá beber 1.5lt de água, uma hora antes da realização do exame.

Deverá fazer-se acompanhar pelos exames anteriores já realizados, relacionados com a situação a analisar.

Se ainda tiver dúvidas pode consultar-nos por email ou junto do nosso contact-center.

Ecografia Pélvica

Deverá beber 1.5lt de água, uma hora antes da realização do exame.

Deverá fazer-se acompanhar pelos exames anteriores já realizados, relacionados com a situação a analisar.

Se ainda tiver dúvidas pode consultar-nos por email ou junto do nosso contact-center.

Ecografia Ginecológica

Beber 1,5 litro de água 1 hora antes da realização do exame.

Deverá fazer-se acompanhar pelos exames anteriores já realizados, relacionados com a situação a analisar.

Se ainda tiver dúvidas pode consultar-nos por email ou junto do nosso contact-center.

Ecografia Vesicular

. 6 horas de jejum de alimentos sólidos

. Pode beber água

Se ainda tiver dúvidas pode consultar-nos por email ou junto do nosso contact-center.

Ecografia Pancreática

Deverá permanecer em jejum nas 6 horas que antecedem a realização do exame.

Deverá fazer-se acompanhar pelos exames anteriores já realizados, relacionados com a situação a analisar.

Se ainda tiver dúvidas pode consultar-nos por email ou junto do nosso contact-center.

Ecografia Hepato-Biliar

Deverá permanecer em jejum nas 6 horas que antecedem a realização do exame.

Deverá fazer-se acompanhar pelos exames anteriores já realizados, relacionados com a situação a analisar.

Se ainda tiver dúvidas pode consultar-nos por email ou junto do nosso contact-center.

Ecografia

O que é?

Também denominada por ecotomografia ou ultrassonografia a ecografia é uma técnica de diagnóstico que utiliza ondas sonoras de alta-frequência (ultrassons) para produzir imagens dos diferentes tecidos humanos.

Trata-se de uma técnica de diagnóstico inócua, sem riscos conhecidos. Permite a visualização de movimentos e das funções “in vivo” nos órgãos humanos identificando a sua dimensão e uniformidade.

Como é realizado o exame?

O doente é posicionado na marquesa sendo-lhe aplicado um gel transparente na área anatómica a estudar, uma vez que a transmissão das ondas sonoras é mais fácil sobre meios sólidos ou líquidos.

O médico faz um “varrimento” com a sonda, observando, em tempo real as imagens captadas, registando as de maior interesse.

Trata-se de um procedimento indolor, relativamente rápido e nada invasivo.

Tipos de ecografia e preparação

Algumas ecografias obrigam a uma preparação prévia.

Quando estará pronto o exame?

Normalmente a Ecografia fica pronta no próprio dia da realização do exame. Contudo, se assim não for possível será avisado pela nossa Assistente.

Sempre que tiver dúvidas pode consultar-nos por email ou junto do nosso call-center. Teremos muito prazer em ajudar.

Unidades onde está disponível:

Acordos gerais:

Confirme com o nosso call center se:
. o seu sistema de saúde cobre a totalidade desta especialidade ou se existem excepções;
. se o médico pretendido está incluido no acordo;
. se a unidade de saúde onde pretende a consulta ou exame está incluída no acordo.

Urologia

Conteúdo em desenvolvimento. Para mais informações fale com o nosso contact-center.

Corpo Clínico:

Unidades onde está disponível:

Reumatologia

O que é?

A Reumatologia é a especialidade médica dedicada ao diagnóstico, tratamento, estudo e investigação das doenças reumáticas.

O Reumatologista é o especialista a quem a ordem dos Médicos reconhece a competência, o conhecimento (teórico e prático) e a experiência para diagnosticar, tratar e prevenir as doenças reumáticas.

O que trata?

As doenças reumáticas constituem um grupo com mais de uma centena de entidades, com vários subtipos, que podem ser definidas como “doenças e alterações funcionais do sistema músculo-esquelético de causa não traumática”.

Incluem doenças inflamatórias (artrite reumatóide, artropatias microcristalinas e espondilartropatias, por exemplo), doenças sistémicas (lúpus eritematoso, esclerose sistémica, síndrome de Sjogren e vasculites, por exemplo), doenças degenerativas (osteoartrose), doenças metabólicas (osteoporose e osteomalácea, por exemplo), doenças peri-articulares (tendinites e bursites, por exemplo) e síndromes dolorosas generalizadas (fibromialgia, por exemplo).

São doenças que podem ser agudas, recorrentes ou crónicas, atingindo indivíduos de todas as idades e sendo causa frequente de incapacidade. Quando não diagnosticadas ou tratadas atempada e correctamente, podem causar graves e desnecessárias repercussões físicas, psicológicas, familiares, sociais e económicas.
As doenças reumáticas são, nos países desenvolvidos, em que Portugal se inclui, o grupo de doenças mais frequente na raça humana.

No nosso país constituem a primeira causa de consulta médica, a principal causa de invalidez, o primeiro motivo de absentismo ao trabalho, a primeira causa de reforma antecipada por doença e estão entre as principais responsáveis pelos gastos com a saúde, quer directos (consultas, medicamentos, reabilitação, etc.), quer indirectos.

Que meios utiliza?

A Reumatologia tem frequentemente necessidade de usar alguns meios complementares de diagnóstico para diagnosticar e acompanhar a evolução e a resposta ao tratamento das doenças reumáticas, nomeadamente análises e radiografias, mas também outros, como a TAC, a Ressonância Magnética ou a Ecografia.

No âmbito da consulta de Reumatologia a acupunctura contemporânea (ou seja, planeada e executada segundo o raciocínio científico e tendo em conta o funcionamento neuromuscular e do sistema nervoso autonómico) é utilizada como tratamento adjuvante em diversas patologias: dor miofascial (contracturas, dor muscular politópica), osteoartrose, algoneurodistrofia, fibromialgia e outras situações de dor crónica (lombalgia ou cervicalgia, por exemplo).

No Centro Hospitalar de S. Francisco existe uma consulta de Reumatologia exclusiva de adultos (ou adolescentes com mais de 15 anos).

Corpo Clínico:

Unidades onde está disponível:

Psiquiatria

Conteúdo em desenvolvimento. Para mais informações fale com o nosso contact-center.

Corpo Clínico:

Unidades onde está disponível:

Psicologia

Conteúdo em desenvolvimento. Para mais informações fale com o nosso contact-center.

Corpo Clínico:

Unidades onde está disponível:

Pneumologia

O que é?

A Pneumologia é a especialidade médica das doenças do aparelho respiratório (pulmão e trato respiratório), no que respeita à sua prevenção, estudo diagnóstico e tratamento.

As doenças do aparelho respiratório são muitos frequentes, com tendência a aumentar, sendo responsáveis por perda de qualidade de vida, abstenção laboral, custos económicos importantes. São actualmente a 3ª causa de morte em Portugal.

Os Principais factores de risco são o tabagismo e a poluição atmosférica.

O que trata?

Os sintomas mais frequentes em patologia respiratória são a tosse com ou sem expectoração, a dificuldade em respirar e a pieira, a dor torácica. Alarmante é a expectoração com sangue. Associam-se frequentemente sintomas gerais como febre, sudação nocturna e calafrios, perda de peso, falta de apetite. São também muito frequentes o ressonar acompanhado de paragens respiratórias durante o sono, com ou sem sonolência excessiva diurna.

São exemplos de doenças do foro pneumológico:

  • Alergias respiratórias
  • Asma Brônquica
  • Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (Bronquite Crónica e Enfisema Pulmonar)
  • Doenças respiratórias profissionais
  • Doenças do interstício pulmonar – sarcoidose, alvolite alérgica extrínseca….
  • Patologia Respiratória do Sono – nomeadamente a S. Apneia Obstrutiva do Sono
  • Doenças da Pleura
  • Tumores do Pulmão
  • Sequelas de traumatismos torácicos
  • Infecções Respiratórias /Pneumonias – mais frequentes em doentes debilitados, diabéticos, insuficientes renais… Podem também surgir como complicações da gripe, quer da sazonal quer da pandémica (gripe A – H1N1).

Caso surjam sintomas de gripe – febre, dores no corpo, corrimento nasal, tosse, dores de garganta, sintomas de gastroenterite, deve contactar inicialmente a Linha Saúde 24 – 808 24 24 24.

Informe-se junto do seu médico assistente se está incluído/a nos grupos de risco, nomeadamente para saber se tem indicação para Vacinação.

Que meios utiliza?

A Consulta de Pneumologia desenvolve-se com o recurso a exames auxiliares da especialidade:

Corpo Clínico:

Unidades onde está disponível:

Patologia do sono

Conteúdo em desenvolvimento. Para mais informações fale com o nosso contact-center.

Corpo Clínico:

Unidades onde está disponível:

Patologia do Fígado

Conteúdo em desenvolvimento. Para mais informações fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Otorrinolaringologia

O que é?

A otorrinolaringologia (ORL) é a especialidade médica que se dedica ao diagnóstico e tratamento médico e cirúrgico das doenças relacionadas com os ouvidos, nariz, garganta, e patologias associadas (surdez infantil, surdez do adulto, vertigem, zumbidos, rouquidão, alterações de fala, renite alérgica entre outras).

Corpo Clínico:

Unidades onde está disponível:

Ortopedia

O que é?

A orto-traumatologia é a ciência que trata doenças do sistema músculo-esquelético, designadamente, ossos, músculo, tendões, ligamentos e outras estruturas afins.

O que trata?

Esta especialidade dedica-se ao tratamento de fracturas ósseas bem como as lesões ligamentares, tendinosas e musculares.

Deverá consultar a especialidade de orto-traumatologia todo o utente que apresente queixas referentes a ossos e articulações bem como lesões traumáticas agudas (ruptura de ligamentos), tendinites, rupturas musculares, etc.

As dores articulares ao nível da coluna e doenças degenerativas (artroses) das diversas articulações, poderão também encontrar uma resposta na especialidade de orto-traumatologia.

Que meios utiliza?

Os Meios de Diagnóstico mais utilizados nesta especialidade são:

Corpo Clínico:

Unidades onde está disponível:

Ortodôncia

Conteúdo em desenvolvimento. Para mais informações fale com o nosso contact-center.

Unidades onde está disponível:

Oftalmologia

O que é?

Oftalmologia é a especialidade que trata todas as patologia relacionadas com o olho.

O que trata?

O Centro Hospitalar de S. Francisco dispõe de Consultas de Oftalmologia Geral e de sub-especialidades:

  • Refracção
  • Glaucoma
  • Patologia retiniana
  • Oculoplástica e orbita
  • Contactologia

Esta Unidade de Saúde dispõe, também, desta especialidade direccionada para públicos específicos:

  • Consultas de oftalmologia pediátrica
  • Consulta de sinistrados e traumatologia

Exames de diagnóstico

  • Angiografia retiniana
  • Tomografia óptica de coerência
  • Campimetria computorizada
  • Ecografia oftálmica A e B
  • Estudo da motilidade ocular

Tratamentos Laser

  • Diabetes
  • Glaucoma
  • Outra patologia retiniana
  • Tratamento da degenerescência Macular da Idade

Área Cirúrgica

  • Cirurgia da catarata
  • Cirurgia do Glaucoma
  • Cirurgia oculoplástica

Corpo Clínico:

Unidades onde está disponível:

Nutrição

O que é?

Na consulta desta especialidade o Nutricionista, ao aconselhar uma alimentação saudável, pretende esclarecer as pessoas para que estas escolham os alimentos que contribuem para o bom funcionamento do seu organismo facilitando ou mesmo, tornando possível, o tratamento de numerosas doenças, tais como as obesidades, a diabetes, entre outras.

Outro aspecto importante prende-se com o papel preventivo da alimentação no que diz respeito à probabilidade de ocorrência de numerosas doenças, já que uma alimentação carenciada em determinados nutrientes afecta a capacidade de defesa do organismo.

Uma alimentação equilibrada deve ser adequada às necessidades próprias de cada um, agradável e geradora de convívio.

O que trata?

A nossa qualidade de vida, o aspecto que temos e a forma como nos sentimos são directamente influenciados pelos nutrientes contidos nos alimentos que ingerimos. No entanto, os alimentos podem ter várias funções, para além de nutrir o organismo, como por exemplo, servir para expressar cultura, gostos pessoais, amor e carinho, conviver, castigar ou recompensar, iniciar e manter relações pessoais e de trabalho, etc.

Uma alimentação desequilibrada e excessiva, em conjunto com o tabagismo, a falta de exercício físico, o alcoolismo e o stress têm conduzido ao aumento acentuado de doenças crónicas e degenerativas (cardio-vasculares, cancro, hipertensão arterial, diabetes mellitus não-insulino-dependente, ácido úrico elevado, etc.), sendo as principais causas de mortalidade, doença e incapacidade permanente, tal como tem sido demonstrado no decurso de vários estudos de investigação.
A realização de dietas de emagrecimento sem a ajuda de um profissional de saúde competente pode ter consequências desastrosas.

Áreas de intervenção da consulta de nutrição:

  • Educação alimentar
  • Obesidade: infantil, juvenil e do adulto.
  • Alimentação nas alterações nos níveis de colesterol e triglicéridos no sangue
  • Obstipação
  • Diabetes mellitus tipo 2 (não insulinodependente)
  • Ácido úrico elevado – hiperuricémia
  • Alimentação na Gravidez
  • Alimentação no Aleitamento
  • Alimentação na Infância e Adolescência
  • Alimentação e Desporto… entre muitas outras situações a nível da Nutrição Clínica.
  • Formação em Alimentação e Nutrição Humana e Higiene e Segurança Alimentar
  • Elaboração de Ementas

Na consulta de Nutrição do Centro Hospitalar do S. Francisco raramente se faz uso de substâncias com efeito farmacológico, ou seja, a alimentação e a introdução de hábitos alimentares e de exercício permitem corrigir o problema existente.

Corpo Clínico:

Unidades onde está disponível:

Neurologia

Conteúdo em desenvolvimento. Para mais informações fale com o nosso contact-center.

Corpo Clínico:

Unidades onde está disponível:

Neurocirurgia

Conteúdo em desenvolvimento. Para mais informações fale com o nosso contact-center.

Corpo Clínico:

Unidades onde está disponível:

Medicina Interna

Conteúdo em desenvolvimento. Para mais informações fale com o nosso contact-center.

Corpo Clínico:

Unidades onde está disponível:

Ginecologia Obstetrícia

Conteúdo em desenvolvimento. Para mais informações fale com o nosso contact-center.

Corpo Clínico:

Unidades onde está disponível:

Fisiatria

Corpo Clínico:

Unidades onde está disponível:

Medicina Dentária

Conteúdo em desenvolvimento. Para mais informações fale com o nosso contact-center.

Corpo Clínico:

Unidades onde está disponível:

Dermatologia

Conteúdo em desenvolvimento. Para mais informações fale com o nosso contact-center.

Corpo Clínico:

Unidades onde está disponível:

Clínica Geral

Conteúdo em desenvolvimento. Para mais informações fale com o nosso contact-center.

Corpo Clínico:

Unidades onde está disponível:

Cirurgia Plástica

Conteúdo em desenvolvimento. Para mais informações fale com o nosso contact-center.

Corpo Clínico:

Unidades onde está disponível:

Cirurgia Maxilo-Facial

Conteúdo em desenvolvimento. Para mais informações fale com o nosso contact-center.

Corpo Clínico:

Unidades onde está disponível:

Cirurgia Geral

O que é?

A Cirurgia Geral é a especialidades cirúrgica que se ocupa das patologias cujo tratamento ou prevenção podem ou devem requerer o recurso à cirurgia.

O que trata?

Neste leque pode incluir-se a cirurgia digestiva, da parede abdominal, a cirurgia endócrina, da mama, do fígado, vias biliares e pâncreas, partes moles, cabeça, pescoço e pele.

De entre as doenças mais comuns, a ser tratadas por um Cirurgião Geral, incluem-se as lesões comuns da pele (sinais, quistos, etc.), as doenças da região anal (hemorróidas, fissuras, fístulas), as doenças mamárias, os nódulos da tiróide, as doenças da vesícula biliar (“pedra”), as hérnias inguinais, as varizes dos membros inferiores e as patologias do tubo digestivo (úlceras, intestino grosso, estômago, etc.).

Que meios utiliza?

Corpo Clínico:

Unidades onde está disponível:

Cardiologia

Trata-se de uma especialidade médica que se dedica à prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças do coração e grandes vasos sanguíneos torácicos.

As doenças do coração são diversas; podem ser agrupadas segundo vários critérios, estando muitas vezes interligadas ou coexistirem em simultâneo.

As mais frequentes, e de uma forma simplificada, são:

  • Doenças que afectam primariamente o músculo Cardíaco ou miocardiopatias
  • Doenças que afectam primariamente as válvulas cardíacas ou valvulopatias
  • Doenças que afectam as artérias coronárias, responsáveis pela irrigação do músculo cardíaco: doença coronária, frequentemente placas de aterosclerose, que se manifestam como angina de peito ou enfarte do miocárdio
  • Doenças que afectam o sistema eléctrico cardíaco de geração e condução do estímulo nervoso para o funcionamento cardíaco como “bomba” de ejecção: arritmias cardíacas.

Existem doenças que não são exclusivas do coração mas que o podem afectar (exs: amiloidose, lúpus, sarcoidose, hemocromatose).

A doença coronária ou Doença Cardiovascular (DCV) constitui a principal causa de morte nos países desenvolvidos. Sabe-se hoje que uma intervenção atempada, nomeadamente com o controle dos chamados factores de risco CV, comprovadamente diminui a mortalidade e doença (morbilidade) por DCV.

Os principais factores de risco CV são a Hipertensão arterial (HTA), Hábitos tabágicos, Diabetes e Dislipidemia (níveis sanguíneos elevados de Colesterol ou Triglicerídeos).

A Cardiologia trata estes problemas para prevenir as manifestações da DCV (angina de peito ou enfarte do miocárdio).

Exames complementares de diagnóstico não invasivos mais frequentes

Corpo Clínico:

Unidades onde está disponível:

Acordos gerais:

Confirme com o nosso call center se:
. o seu sistema de saúde cobre a totalidade desta especialidade ou se existem excepções;
. se o médico pretendido está incluido no acordo;
. se a unidade de saúde onde pretende a consulta ou exame está incluída no acordo.

Imuno-Alergologia

A Imuno-Alergologia é a especialidade médica que lida com todas as alergias, desde a criança ao idoso. Estas podem manifestar-se a nível nasal (espirros, corrimento, obstrução), ocular (lacrimejo, comichão), respiratório (falta de ar, tosse seca, cansaço) e cutâneo (erupções recorrentes com comichão associada). Muito importantes são ainda as alergias alimentares, a medicamentos e à picada de abelha/vespa, as quais podem ser graves e evoluir de erupções cutâneas para falta de ar, perda de consciência, sendo fatais em casos extremos. Efectuam-se testes cutâneos de alergia, sempre que se justifique, havendo a possibilidade nalguns casos de efectuar dessensibilização – “vacinas para as alergias”, as quais podem efectivamente diminuir a alergia, com melhoria franca dos sintomas.

Corpo Clínico:

Unidades onde está disponível:

Funcionamento do internamento

O Internamento do Centro Hospitalar de S. Francisco, dispõe de cinquenta camas, distribuídas por três tipos de quartos:

  • Quarto Privado,
  • Quarto semi-privado;
  • Enfermaria

Todas as camas estão equipadas com comandos de chamada de pessoal de enfermagem, um sistema de rede de gases medicinais e vácuo. Todos os quartos e enfermarias dispõem de casa de banho privativo e estão equipadas com ar condicionado, televisão a cores (por satélite), som ambiente com três canais, telefone com acesso directo à rede, iluminação de cabeceira e iluminação de emergência.

No caso de ser internado em quarto individual, pode usufruir de um acompanhante permanentemente. Informe-se, por favor, junto das Secretárias de Unidade.

Refeições

Aquando da sua admissão no internamento, será providenciada, junto do refeitório, a alimentação adequada à sua situação clínica.

Excepto em situações específicas, as sugestões da ementa são diariamente apresentadas ao utente internado, podendo escolher a opção que mais lhe agradar.

As refeições são servidas no seguinte horário:

  • Pequeno-almoço – a partir das 8.30h
  • Almoço – a partira das 12.30h
  • Lanche – a partir das 16.30h
  • Jantar – a partir das 19.30h
  • Ceia – a partir das 21.30h

Alta Hospitalar

A sua Alta Hospitalar ser-lhe-á comunicada pelo seu médico assistente. Esclareça, com ele, todas as dúvidas relativas ao seu tratamento e agendamento de pensos e ou consultas.
Certifique-se que tem na sua posse todos os documentos necessários.
Confirme, com as Secretárias de Unidade, a situação relativa ao pagamento da sua estada.

Visitas

Desde que não haja indicação médica do contrário, poderá receber visitas, todos os dias, entre as 10h00 e as 22h00.

Serviços disponíveis

No Centro Hospitalar de S. Francisco estão disponíveis:

Bar

Piso Zero do Ed. Nascente

Segunda a sexta-feira, entre as 8h00 e as 21h00,
Sábado, entre as 8h00 e as 20h00 e aos
Domingos e Feriados entre as 9h00 e as 15h00.

Cabeleireiro e Esteticista

No Piso Zero do Ed. Nascente.

Caixa Multibanco

No Piso Zero do Ed. Nascente.

Preparação / Admissão

No Centro Hospitalar de S. Francisco, o Internamento é feito mediante marcação prévia, onde lhe será indicada a hora e dia para a sua admissão.

A recepção é feita no Piso 1 do Ed. Nascente, junto às Secretárias de Unidade.
Aí, será aberto o seu processo de Internamento, sendo, para tal, necessários os seguintes documentos:

  • Bilhete de Identidade
  • Cartão do número de contribuinte
  • Cartão de Saúde do seu Sub-Sistema de Saúde.

Ser-lhe-á, ainda, solicitada uma caução, cujo valor será descontado na factura final. No caso do valor da caução ser superior ao da factura, a diferença ser-lhe-á devolvida.

Caso seja portador de um Seguro de Saúde confirme, por favor, a autorização prévia da sua companhia de seguros.

Admissão para o internamento

Para além dos documentos já referenciados deverá, também, trazer consigo:

  • Exames médicos realizados;
  • Listagem da medicação que toma habitualmente;
  • Objectos Pessoais (Pijama / Camisa de dormir; Chinelos; Produtos de higiene pessoal – escova de dentes, dentífrico, champô, escova / pente).

O que não deve trazer:

  • Objectos de valor;
  • Jóias
  • Dinheiro.

Todos os quartos dispõem de um cofre, cuja utilização está sujeita à entrega de uma caução Informe-se, por favor, junto das Secretárias de Unidade.

Se o motivo de internamento for uma cirurgia deverá vir em jejum rigoroso (incluindo não beber água), desde a noite anterior.

Horários

Unidade de Leiria:

8.00h às 24.00h – todos os dias

Unidade de Alcobaça:

8.30h às 20.00h (Segunda a Sexta-feira)

8.30h às 13.00h (Sábado)

Unidade de Pombal:

8.30h às 21.00h (Segunda a Sexta-feira)

8.30h às 13.00h (Sábado)

Contact Center:

8.30h às 20.00h (Segunda a Sexta-feira)

8.30h às 13.30h (Sábado)

Contactos

Leiria

Quinta do Cabeço – 2404-012 Leiria
T: +351 244 819 300
F: +351 244 819 380
leiria@chsf.pt

Alcobaça

Quinta da Cova da Onça – Lote 34, 6/7 – 2460-059 Alcobaça
T: +351 262 580 050
F: +351 262 580 059
alcobaca@chsf.pt

Pombal

Rua Prof. Dr. Carlos Alberto Mota Pinto – Ed. Alto cabaço, R/C – 3100-492 Pombal
T: +351 236 200 230
F: +351 236 200 231

pombal@chsf.pt

Onde estamos

O CHSF engloba, actualmente, um conjunto de unidades prestadoras de cuidados, constituídas pela “casa-mãe”, sediada em Leiria e por Unidades de Ambulatório em Alcobaça e Pombal.

Em Leiria:

39º 44’ 55.75’’N  8º 48’ 56.64’’ O

Ver no Google Maps
mapa-leiria

Em Alcobaça:

39º 32’ 59.30’’N  8º58’22.00’’O

Ver no Google Maps
mapa-alcobaca

Em Pombal:

39º 55’ 17.20’’N  8º 37’ 43.99’’O

Ver no Google Maps
mapa-pombal

Ecografia Abdominal

Deverá permanecer em jejum nas 6 horas que antecedem a realização do exame.

Deverá fazer-se acompanhar pelos exames anteriores já realizados, relacionados com a situação a analisar.

Se ainda tiver dúvidas pode consultar-nos por email ou junto do nosso contact-center.

Sobre Nós

O Centro Hospitalar de S. Francisco (CHSF) é uma unidade de saúde privada, prestadora de cuidados de saúde globais, integrando uma oferta ao nível de consultas externas de diversas especialidades médico-cirurgicas apoiadas por modernos meios complementares de diagnóstico e tratamento.

Sedeado em Leiria, iniciou a sua actividade em Leiria, em 1970, com a prestação de cuidados de saúde no domínio da medicina física e reabilitação. Em 1992, a entrada em funcionamento do Bloco Operatório e Internamento, corporizou a um novo período na história desta instituição.

Iniciou-se, a partir de então, um período de afirmação, crescente e constante, do Centro Hospitalar de S. Francisco, S.A., como uma unidade de Saúde de referência num contexto Regional.

O CHSF engloba, actualmente, um conjunto de unidades prestadoras de cuidados, constituídas pela “casa-mãe”, sediada em Leiria e por Unidades de Ambulatório em Alcobaça e Pombal.

Detém, ainda, participações relevantes numa empresa vocacionada para a segurança, higiene e medicina do trabalho (CENSOSF – Centro de Saúde Ocupacional de S. Francisco, SA) e em duas unidades prestadoras de serviços de imagiologia – IMALIS e IMAGRAN

Missão:

A missão do Centro Hospitalar de S. Francisco é “disponibilizar cuidados de saúde globais, de elevada qualidade, que permitam tornar o Centro Hospitalar de S. Francisco numa unidade de referência e num projecto de excelência no panorama da saúde privada em Portugal”

Valores:

  • Os valores do Centro Hospitalar de S. Francisco são:
  • Respeito pela pessoa;
  • Espírito de equipa;
  • Capacidade técnico-científica;
  • Seriedade dos processos;
  • Rentabilidade economico-financeira

Visão:

“O Centro Hospitalar de S. Francisco S.A., é uma instituição de referência que presta cuidados de saúde globais, de forma personalizada, humanizada e atempada e com grande capacidade técnico-científica.

O Centro Hospitalar de S. Francisco, S.A. orienta a sua actuação direccionando-a:

  • Utentes particulares;
  • Compradores de serviços (Serviço Nacional de Saúde; Subsistemas de Saúde; Companhias de Seguros; Empresas…)
  • Médicos
  • Buscando a permanente fidelização.

O Centro Hospitalar de S. Francisco, S.A. é um espaço de saúde rentável, que proporciona um elevado grau de satisfação e confiança aos seus clientes, colaboradores e accionistas.

O Centro Hospitalar de S. Francisco, S.A. tem uma organização orientada para o cliente, flexível, desburocratizada, com definição de funções e normas de procedimento dinâmicas.