Exames e Tratamentos • Índice de Exames

Electromiografia

O que é?

O estudo electromiográfico é uma técnica que avalia a estrutura e função do sistema nervoso periférico. Este compreende dois grandes componentes: o nervo periférico e o músculo, relacionados entre si através da junção neuromuscular.

Qual a preparação para este exame?

Não é exigida nenhuma preparação especial, previa ao exame.

São explicados, ao doente, os procedimentos técnicos que serão desenvolvidos no decurso do exame.

Durante o exame o doente deve manter-se calmo, colaborante, sendo possível, em qualquer momento, a interrupção do exame, por vontade expressa do doente.

Como é realizado o exame?

A técnica do estudo electromiográfico compreende duas partes distintas, mas complementares: a primeira baseia-se na capacidade de estimulação eléctrica percutânea dos nervos periféricos; e a segunda na avaliação da actividade eléctrica do músculo, em repouso e na contracção voluntária, através da inserção muscular de um pequeno elétreodo-agulha.

Através destes dois processos, consegue-se, em primeiro lugar, avaliar a qualidade de condução de um impulso eléctrico de um nervo, motor ou sensitivo, num determinado segmento do seu percurso, no membro superior ou inferior; e em segundo lugar determinar a função do músculo, normal ou anormal e neste último caso, se secundário a doença nervosa periférica ou a doença primariamente muscular.

Quando estará pronto o resultado?

O exame fica pronto para entrega cerca de quatro dias úteis após a sua realização.

Quais os impedimentos / limitações para a realização deste exame?

Não há contra-indicações absolutas à realização do exame. Contudo, não é aconselhável a realização do exame com a presença de edemas acentuados ao nível dos membros nem associado à toma de anti-coagulantes.

Unidades onde está disponível: