O CHSF • Destaques

CHSF disponibiliza tratamento para Incontinência Urinária

A Incontinência Urinária (I.U.) define-se como qualquer perda involuntária de urina.

Pode distinguir-se em três tipos: Incontinência Urinária de Esforço (quando se realizam esforços como levantar pesos, rir ou espirrar e em casos mais graves o simples caminhar); Incontinência Urinária de Urgência (quando se verifica uma súbita vontade de urinar); ou ainda incontinência urinária mista (existem perdas com o aumento da pressão abdominal e também se verifica urgência). Por menos frequentes que sejam os episódios ocasionais de perda de urina, estes originam alterações significativas na qualidade de vida da mulher e do homem, provocando situações de desconforto, e originando, assim, um problema social e/ou higiénico.

Uma das causas principais, refere-se ao enfraquecimento dos músculos do pavimento pélvico (MPP). Estes músculos são responsáveis pelo suporte dos órgãos pélvicos e pelo controlo da micção.

A Unidade de Leiria do CHSF disponibiliza um tratamento, realizado através de sessões de Fisioterapia na área da Uroginecologia, para prevenir ou minimizar estas situações.

Estas sessões consistem, essencialmente, no tratamento e prevenção das disfunções da Musculatura do Pavimento Pélvico, dentro das quais se destaca, principalmente, a Incontinência Urinária, incontinência fecal, prolapso dos órgãos pélvicos (quando a vagina, bexiga, uretra, recto, intestino saem da sua posição normal por fraqueza dos tecidos de suporte da região pélvica), dor e disfunções sexuais.

O tratamento é composto por sessões individuais, realizadas por uma Fisioterapeuta com especialização na área, que, utilizando procedimentos indolores e com recurso a exercícios de propriocepção e fortalecimento, por meio da electroterapia, biofeedback e trabalho manual, reeduca a postura do utente e fortalece os MPP. Também o aconselhamento e esclarecimento para alterações do comportamento e hábitos de vida é essencial no sentido de prevenir ou minimizar situações de incontinência.

Na primeira sessão, através de um breve inquérito e avaliação dos utentes, a Fisioterapeuta avalia o grau de incontinência e traça o plano de tratamento bem como a duração prevista.

Estes tratamentos são indicados para todo o tipo de mulheres, em qualquer idade e/ou momentos das suas vidas (desde a gravidez à menopausa); praticantes de desportos de alto impacto e homens que tenham sido submetidos a prostatectomias.